Barreirense forte vence jornada cruzada frente ao Sampaense

… ao Porto para a taça, todos esperavam uma resposta afirmativa por parte dos beirões.

O jogo teve nos seus primeiros minutos um equilíbrio evidente, sendo igualmente visível que o Sampaense teria de penar muito para ultrapassar o gigante norte-americano que se fixava nas áreas, mesmo em baixo do cesto. Com o avançar do tempo o Barreirense foi cavando uma vantagem mais expressiva e venceu este período por 22-33.

O segundo período foi menos eficaz para ambas a formações que viram o seu jogo atacante empobrecer, mas notório foi novamente o desacerto do jogo exterior da equipa da casa que conseguiu uma média abaixo dos 25% nas tentativas de 3 pontos. O Sampaense conseguiu uma ligeira reacção e o jogo foi para intervalo com 32-47 no marcador.

Nas bancadas o público marcou presença e, independentemente do rumo do marcador, apoiou a sua equipa durante o decorrer de toda a partida.

Após o intervalo o jogo voltou mais equilibrado, mas a postura fisicamente muito forte dos postes do Barreirense foi sem dúvida o maior entrave para uma recuperação total por parte da equipa da casa. Sempre que o Sampaense esboçava uma reacção, logo a seguir cometia um erro ofensivo que anulava a tentativa de mudar o rumo do jogo. A partida vai para o último período com o resultado de 45-64 e no pavilhão ainda se acreditava numa reviravolta nos números finais.

Mas os últimos 10 minutos não trouxeram novidades. Embora a equipa beirã tenha feito um parcial mais adequado à sua qualidade, 27-20, este deveu-se em muito ao tempo que Bruce Brown esteve fora de jogo devido ao acumular de faltas. Registou-se também a estreia de Juan Wyatt que, ainda fisicamente debilitado devido à dura viagem, mostrou bons pormenores e pareceu vir a ser bom reforço para as cores Sampaenses.

O jogo terminou com a vitória do Barreirense por 72-84 e regista a segunda derrota consecutiva frente a equipas da LPB.

O MVP da partida foi Jorge Sing com 24 pontos e 6 ressaltos. No Sampaense estiveram em igual destaque Kendell Craig com 16 pontos e Juan Wyatt com 11 pontos.

No Barreirense evidenciaram-se Chadwick Kenzie com 21 pontos, Bruce Brown com 20 pontos e Pedro Pinto com 13 pontos.

Por: pnv

LEIA TAMBÉM

O Bava da Bola

Um tal Bava, Zeinal de primeiro nome, foi presidente executivo durante anos da PT. Em …

Aquela máquina…

Dois golos de Cristiano Ronaldo e um de André Silva asseguraram a vitória de Portugal …