Biblioteca Municipal serve “Um Chá com… Natália Correia”

A Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital, o Rotary Club de Oliveira do Hospital e a Universidade Sénior irão promover, no próximo dia 22 de março pelas 15h00, mais uma edição da iniciativa denominada “Um Chá com…” que será dedicada a Natália Correia.

“Um Chá com… Natália Correia” será dinamizado no auditório da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital onde será prestado um tributo a este vulto literário de referência no nosso país, assumindo-se este encontro, nas palavras da organização, “como uma evocação intemporal de Natália Correia”.

Natália de Oliveira Correia, escritora e poetisa, nasceu na ilha de S. Miguel, Açores a 13 de setembro de 1923 e faleceu em Lisboa em 16 de março de 1993. Ainda criança veio estudar para Lisboa onde, muito jovem, se lançou na carreira literária.

Exerceu a sua atividade criadora em campos tão diversos como o ensaio, o romance, o teatro ou a investigação literária. É sobretudo na poesia que o seu talento de escritora vanguardista e independente de quaisquer agrupamentos poéticos ganha plena expressão, assegurando-lhe um lugar de destaque entre os grandes vultos da literária contemporânea. Figura destacada da resistência ao fascismo, teve vários livros apreendidos pela censura, e foi eleita deputada à Assembleia da República em 1979.

Traduzida em várias línguas foi distinguida em 1987 com o Prémio Fleur de Laure atribuído à melhor poetisa dos países românicos. Da sua vasta obra destaca-se na poesia: Rio de Nuvens (1947), O Vinho e a Lira (1966), Mátria (1968) ou Os Sonetos Românticos (1990); na ficção: A Madona (1968), Onde Está o Menino Jesus (1987); no teatro: O Progresso de Édipo (1957), Erros Meus, Má Fortuna, Amor Ardente (1981); e o diário: Não Percas a Rosa (1978). São da sua responsabilidade a Antologia da Poesia Erótica e Satírica (1966) e a coletânea O Surrealismo na Poesia Portuguesa (1973).

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …