BLC3 reconhecida com nono lugar em competição europeia realizada em Turim

A BLC3, de Oliveira do Hospital, foi distinguida no mês passado em Turim com o nono lugar no Top University Business Incubator que classificou as dez melhores incubadoras de empresas associadas ao meio universitário da Europa. Este ranking, refere a BLC3, avalia as incubadoras de empresas ligado ao meio universitário e é instituído pela UBI Global e pela I3P – Incubadora de Empresas Inovadoras do Politécnico de Turim.

Esta distinção, segundo um comunicado da BLC3, resulta da análise de um conjunto de indicadores de desempenho das incubadoras europeias participantes e das respetivas das empresas incubadas conduzida pela UBI Global, uma consultora global especializada na avaliação e benchmarking de incubadoras de empresas e aceleradores de negócio. A instituição de Oliveira do Hospital, apoiada por uma rede privilegiada de ligações ao meio universitário e, em particular, à Universidade de Coimbra, Universidade do Minho, Universidade da Beira Interior, Universidade Nova de Lisboa e Universidade Católica Portuguesa, destacou-se entre as 117 incubadoras europeias em concurso.

Neste momento, segundo os responsáveis da BLC3, a instituição tem a decorrer 18 projectos e empresas incubadas no Centro de Oliveira do Hospital, em áreas tão diferentes como os bens e serviços em biotecnologia, teleassistência e telemonitorização da saúde, comunicação social multimédia, saúde oral, soluções de manutenção preditiva de motores, tecnologias de comunicação, produtos alimentares inovadores com matérias-primas regionais, investigação científica e biotecnológica associada ao desenvolvimento de produtos inovadores em micologia, energia, novos materiais, arquitetura bioclimática e regeneração urbana sustentável, modalidades emergentes na área dos desportos náuticos e formação para atletas de alta competição em desportos motorizados.

LEIA TAMBÉM

Caça praticamente proibida no concelho de Oliveira do Hospital até Maio de 2018

A caça está proibida até 31 de Maio de 2018 nas zonas consumidas pelos fogos, …

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

  • Torim, como alguns lhe chamam

    Estão a ver para onde vai este dinheiro. Passeatas até Turim com tudo incluído.
    Para quê? Não mandavam para cá o atestado, se isto é graças ás universidades que participam na BLC3, e que não sabemos o que nos custam a nós, pois ou muito me engano ou andamos a pagar mestrados e doutoramentos a conhecidos e desconhecidos.

    A-4) BLC3 – PLATAFORMA PARA O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO INTERIOR
    CENTRO ———————————————————————————————————–
    D.A.G.F.
    ——–O Presidente da Câmara propôs à Câmara Municipal que atribua à BLC3 – Plataforma
    para o Desenvolvimento da Região Interior Centro, um subsídio no montante de 30.000,00 €
    (trinta mil euros), para fazer face a despesas gerais de funcionamento, resultantes dos respetivos
    estatutos, correspondente aos meses de julho, agosto e setembro de 2015, mediante assinatura de
    protocolo nos termos do disposto no Regulamento Municipal para a Concessão de Subsídios,
    aprovado por deliberação da Câmara Municipal de 1 de março 2011. ————————————–
    ——–A Câmara Municipal nos termos do disposto na alínea u) do n.º 1 do art.º 33.º da Lei
    n.º 75/2013, de 12 de setembro, deliberou, por maioria, com os votos favoráveis dos senhores
    vereadores José Francisco Rolo, Graça Silva, Nuno Ribeiro, João Ramalhete e Teresa Dias e
    do Presidente da Câmara e o voto contra do vereador João Brito, aprovar a presente
    proposta. ————————————————————————————————————

    • Adjunto de ordens

      “O funcionamento resultante dos respectivos estatutos é que me dá a volta”.Já tinha visto muitas justificações mas esta..! Pessoal, vão alterar os estatutos de maneira a que a Câmara pague as despesas…isto nem para rir dá..! É mau de mais…

  • Politicalex

    Se com capitais sem fins lucrativos foi assim, agora com abertura de 49% aos privados o que não irá ser..! Da próxima, fica em primeiro lugar.. e o resto é conversa de “ressabiados”… Acho que chegou a teoria Paulo Maluf…

  • Vereador CBS

    O que este Concelho deve ao CBS. Finalmente, mudanças de jeito na CMOH. Compras e festas passaram para quem sabe da poda e respeita os dinheiros públicos. Já não era sem tempo…SE houver Expo tenho a certeza que vai ser muito melhor e muito mais barata…Finalmente entregaram a quem sabe fazer festas sem dinheiro… à moda antiga…

    • Adeus mãezinha

      Será verdade? Então correram com os génios das festas? Não me digam que deixaram aquilo nas lonas?
      O Alex depois de tantos ensinamentos, lá aprende à força, pena é que já não consiga acabar o mandato para continuar nos festejos.
      Podiam entregar isso à BLC3, já tratou de tanta coisa, até das águas, embora nunca se tenha visto o relatório que custou perto de 60 mil.

  • Académico de Coimbra

    Universidade de Coimbra, Universidade do Minho, Universidade da Beira Interior, Universidade Nova de Lisboa e Universidade Católica Portuguesa.

    Com estas universidades todas do País, só ficaram em nono? Limpem as mãos a uma parede.
    Com 300 mil por ano fora o que a burra mamou, só ficaram em nono? Limpem as mãos a uma parede.
    Sabem quanto recebem as que estão à frente? Vão ver e depois vejam à vergonha que se chegou.
    Isto é paupérrimo, deviam era esconder, mas como os Oliveirenses são tapados e admitem tudo, comem isso com batatas.
    Deve se bonito para a Universidade de Coimbra saber que ficou em nono, que vergonha em nono.

    • Académico de Coimbra

      Está aqui a classificação para que possam saber com quem a Universidade de Coimbra está a concorrer.
      Que vergonha para a Universidade de Coimbra, andar a levar banhadas destas.

      1. SETsquared – Universities of Bath, Bristol, Exeter, Southampton, Surrey; United Kingdom

      2. PoliHub Startup District & Incubator – Polytechnic University of Milan; Italy

      3. INiTS Universitäres Gründerservice Wien – Vienna University of Technology, University of Vienna; Austria

      4. YES!Delft – Delft University of Technology; Netherlands

      5. Uppsala Innovation Centre – Uppsala University, Swedish University of Agricultural Sciences; Sweden

      6. UtrechtInc – Utrecht University, University Medical Center Utrecht, University of Applied Sciences Utrecht; Netherlands

      7. Business-Incubator of National Research University Higher School of Economics – National Research University, Higher School of Economics; Russia

      8. ITU SEED (ITU CEKIRDEK) – Istanbul Technical University; Turkey

      9. BLC3 Incubadora – University of Coimbra, University of Minho, School of Technology and Management of Oliveira do Hospital, University of Beira Interior, University Nova Lisbon, Catholic University of Portugal; Portugal

      10. Parque Tecnológico de la Salud de Granada (PTS Granada) – University of Granada; Spain

  • Guerra Junqueiro

    Caro João Nunes, conhece a Incubadora Holandesa YES!Delft, é uma das duas daquele país a constar no top ten que tanto evoca. Está em 4º como deve saber.
    Tem 5 anos é suportada exclusivamente pela “conhecidíssima” Universidade de Tecnologia de Delft, já criou mais de 1040 empregos directos, tem neste momento 161 empresas incubadas e dos 130 mil euros de investimento, já recuperaram mais de 97.700€. Está tudo online, pode observar e comparar com a BLC3.
    Até as contas podem ver. A eles, os meu parabéns.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

    • lol

      Tem piada… o Lopes com tanto dinheiro e anda a pedinchar…
      Ah ah ah!!
      E nem paga aos dois funcionários que tem, que têm que ir trabalhar para outros lados!

      • Centro de emprego ALEX

        Foi-te pedir dinheiro?
        Emprestas-te? Será que se arranja algum lá na incubadora? Punha lá a incubar a árvore das patacas, podia ser que pegasse.
        Andais aflitos. Deixem para lá que o dinheiro aparece, e depois vai ser um tratada.

        • primeirafila

          Paguem ao Lopes o que lhe devem tenham vergonha na cara! Ajudou tantos a sair do buraco e agora falam mal do homem.

          • Fariseu

            É que é mesmo assim!
            Já lá diz o provérbio:
            ” Se queres perder um amigo, empresta-lhe dinheiro”….

          • Brigada anti-xuxa

            Os xuxas acham que o país é deles, e que o dinheiro é deles.
            Segundo eles, o povo deve alegremente levar-lhes dinheiro, ou então fechar os olhos enquanto eles tratam de se servirem e servirem os amigos com o saco de todos.

          • António Lopes

            Agradeço mas, esses senhores que no anonimato, gostam de se meter comigo, que se divirtam depressa que o prazo está a acabar..! Deixem-nos comigo…. que eu trato deles… com carinho…o programa até já está detalhado…Com sorte ainda é servido antes do Natal…A titulo de resposta :Quem não pede não o ouve Deus…Bem sabem alguns quanto ganharam em pedir…Como já aqui li, foi verdade…lá foi o dinheiro e os “amigos”…

          • Prefiro inimigos

            Pagou para perder esses amigos.
            Acredite que foi um grande negócio. Amigos desses, é pagar para os ver pelas costas.

      • Bruxelíssimo

        Certíssimo.
        E os putos que foram a Bruxelas? Já vieram? Também foram a Turim?
        Há quantos anos é que estes tipos andam a indrominar o pessoal?
        Daria vontade de rir….
        Não fosse o facto de, a partir destes trampolins, um destes dias, termos de tratar estes imbecis por senhores…à boa maneira do antigamente.

      • Leitão

        Não.
        O melhor, agora, é saber que há almoços marcados na Mealhada..e que se desmarcam…
        Esta “ganda” família Xuxa é assim.
        Andam sempre em almoços.
        Então o ganda deputado europeu, nem sei como se chama, não anda , por aí, a marcar almoços com os contestatários ao Costa?
        Andamos nós, por aqui, a debitar letras sobre BLC3, quando a verdadeira questão são os almoços?
        Porque é que a ganda família Xuxa anda sempre envolvida em almoços?
        Porque é que o ganda deputado europeu, quando o socratino-mor era dono disto tudo, e Portugal resvalava para o abismo, não promoveu almoços críticos ao socratino-mor? Porque é que o ganda deputado europeu, do qual nem o nome lembro, não se inquietou, na sua enorme sabedoria e mundivisão, em tempo certo, promover este enorme movimento cívico de contestação ao socratino-mor? Melhor teria feito ao Pêesse…
        Andava tudo calado, c’um carago. A coisa a resvalar, mas andava tudo a mamar.
        Ninguém tugia nem mugia.
        Ele, o socratino-mor, era o maior…aquele que mais distribuía…aquele que, críticas, nem sequer, em pesadelos, ouvia.
        Andava tudo caladinho, à espera dos sorrisos do padrinho…e dos negócios, jobs, a jorrar.
        Agora, vejam lá, nem a procissão, sequer,marcada está, e já anda o ganda deputado uropeu a marcar almoços…de contestação…
        Mas não haverá, por lá, quem lhe atire com um pano encharcado em….nas trombas?
        – É que, quem se anda a rir, que nem um doidinho, agora, é o Cavaco…e o “Berloque de esquerda”.

    • Apoio ao Guerra

      Guerra amigo o povo está contigo.
      Rebenta com estes aldrabões.
      Pergunta a esses gajos quem é que vai pagar a viagem a Londres para os prémios do próximo dia 25 deste mês? O Alex que mande mais 30 mil para as viagens e acomodações do conselho de administração. O concurso vai ser mundial, não podem ficar mal instalados nem andarem tratados a McDonalds. Se 30 mil não chegarem, manda mais 10 mil.
      O povo paga tudo e ainda lhes beijam os pés.
      Mostra tudo.

  • Guerra Junqueiro

    Caro João Nunes, esta ficou em 5º: Como na BLC3 é tudo em inglês (espero que não seja técnicosocratico), aqui vai:

    “Growth companies within Uppsala Innovation Centre increased their turnover to USD 51,6 million in 2014. This positive trend allowed them to increase their workforce. In 2014, 601 people were engaged in UIC companies, compared to 552 during the previous year.
    Uppsala Innovation Centre’s public return on investment (ROI) was 13,1 in 2014. ROI is the ratio of money gained on an investment relative to the amount of public money invested in UIC. In this case, the public funding UIC received during 2014 was re-gained 13,1-fold through the taxes the incubator companies paid back to society.

    Moreover:

    Investments in UIC companies during 2014 equalled USD 49,3 million. Of this amount, USD 43,7 million were venture capital and USD 5,7 million contributions and loans.
    USD 246 million have been invested in UIC companies since 2004.
    Every year, UIC admits about 70-80 companies and projects to its business development programs.”

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

  • Esta é que devia aparecer

    Com tanto dinheiro que para aí mandam, ainda não lhe ofereceram um fato.
    Mas parece que lhe estão a tirar as medidas.

  • Inveja

    Interessante.
    Li o “ultimatum” enviado, e assinado, sem data, com dois parágrafos, por este senhor, ao Beira Serra.
    Recordo-me de, como há muito não dava conta, ter reparado , naqueles dois parágrafos, nos imensos pontapés na gramática dados…
    Agora, perante esta (arte)facto, devidamente documentado, também em fotografia, tenho que reconhecer que, afinal, o rapaz está melhor mostrando o recado, não em atrofia, que em Turim, por obra da loja – não acredito que mão haja, da Opus Dei (?), se ficou a saber aquilo que se não sabia: corte institucional com o Beira Serra, sim, agravado com “a continuidade do processo de difamação em tribunal”…mas que, em Itália, não! Somos mais “valorizados” e reconhecidos na ” Uropa” que na nossa terra…que cá, neste nosso torrão, qualquer coisa que ainda façamos, julgamos nós, apenas tem o mesmo resultado daquele de quem atira pérolas a porcos.
    Sim: nós somos superiores…(imbecis que, se alguma noção da História tivessem, já tinham percebido que Hitler e o nazi-faschismo as mesmas doutrinas professaram)
    É verdade: o “piqueno” fica muito melhor nas fotografias do que na escrita. Com medalha ao peito.
    Não foi para o papa Francisco ver. Foi para o Correio da Beira Serra saber. Apesar do bloqueio….e processo de má língua .
    A seguir é em Londres?
    Tanta medalha…
    “Antigamente, penduravam-se os ladrões em cruzes. Agora, penduram-se cruzes em ladrões”…
    Não sei que terá sido o verdadeiro autor desta, aspada, constatação.
    Contudo, tenho que reconhecer que ela se tornará, com o decorrer dos tempos e das acções dos homens, apesar deste “piqueno”, intemporal.

  • Que tristeza

    O João que entregue a condecoração à Helena Freitas, para ele mostrar aos colegas da Universidade de Coimbra e que lhes diga que até os Turcos ficaram à nossa frente.
    Já estou a ouvir os colegas a darem-lhe os parabéns e que pode usar aquilo para limpar o “ferreira gomes”.