Boletim vira “jornal” de informação municipal

“Está já disponível nos “quatro cantos do mundo” a edição online do Jornal de Informação Municipal do Município de Oliveira do Hospital, que chegará também aos oliveirenses, nos próximos dias, através de uma versão impressa”.

Assim escreveu, ontem à tarde, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino na sua página de facebook habitualmente usada pelo edil para dar conta das novidades municipais e iniciativas em que participa um pouco por todo o concelho.

A causar surpresa está o facto de o presidente da Câmara Municipal dar como certa a criação de um jornal que vem dar seguimento à publicação designada por “Boletim Municipal”. Na edição nº 7 da publicação, o município continua a disponibilizar informação relativa às iniciativas da autarquia, sendo que no primeiro número após eleições autárquicas dá conta da composição final da Câmara e Assembleia Municipal.

No “jornal” de informação municipal, o presidente da Câmara continua a assinar o editoral que nesta quadra surge sob a forma “Mensagem de Natal e Ano Novo”.

Apesar de pouco mudar no tipo de conteúdo apresentado, a publicação surge aos munícipes num novo figurino, muito semelhante aos jornais da comunicação social. Com um total de 20 páginas, o primeiro número da nova publicação vai ser apresentado aos oliveirenses em “papel de jornal” e com paginação condizente a um jornal dito normal. Fotografias legendadas e abertura de texto com capitular são algumas das diferenças encontradas.

Propriedade do município, o jornal de informação municipal continua com direção a cargo do presidente da Câmara que volta a surpreender com o número de exemplares impressos. Se na edição nº 6 do boletim, a autarquia optou por imprimir cinco mil exemplares, no “jornal de informação municipal” a ordem para impressão foi de nove mil exemplares. Uma medida facilmente justificada com o facto de a autarquia fazer transportar para o volume de tiragem a poupança conseguida com a substituição do “papel de revista” para “papel de jornal”.

À semelhança do que vinha acontecendo a produção dos conteúdos do “jornal de informação” tem a assinatura do Gabinete de Apoio à Presidência que conta com os préstimos de pessoal com experiência na área da comunicação social. O fundador e ex diretor deste jornal local foi a mais recente admissão feita pela autarquia no seio daquela equipa.

Com a passagem para a edição da publicação em formato de jornal, a autarquia oliveirense optou por atribuir o trabalho de impressão à FIG – Indústrias Gráficas de Coimbra. Até aqui o boletim tinha impressão a cargo da empresa sedeada na Zona Industrial, a Grafibeira.

Totalmente a cores, o jornal de informação municipal de Oliveira do Hospital deverá manter a periodicidade trimestral. Tal como anunciado pelo presidente da autarquia na sua página do facebook, a publicação deverá chegar, por estes dias, em plena quadra natalícia, à casa de cada um dos oliveirenses. Até agora desconhece-se o investimento da autarquia na nova publicação.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

  • Erasmo de roterdao

    “O poder só sobe à cabeça quando encontra vazio para se instalar” Votámos para presidente de Câmara ou para director da “Caras”? Primeiro as pessoas é pão, ou propaganda? Estamos a começar mal…

  • opraeles

    As voltas que o Mundo dá….O Barreto, de defensor da moral e dos bons costumes passou a “ministro da propaganda” do Alex. Isto está podre…que não podem admitir pessoal, como é que ele ali anda?