Brás Garcia de Mascarenhas forma pessoal não docente sobre a adolescência

Com o objectivo de promover uma melhor interacção e comunicação com os adolescentes em ambiente escolar, o Agrupamento de Escolas está a apostar na formação do seu pessoal não docente.

Para o efeito já realizou, nos dias 28 e 29 de Dezembro, a acção “O desenvolvimento na adolescência: Papel dos auxiliares na relação adolescente-escola”, desenvolvida pelo Serviço de Psicologia.

O Agrupamento de Escolas justifica a medida com a constatação de que “a relação com o pessoal não docente se reveste de extrema importância, na medida em que várias vezes se assume como esteio de muitos adolescentes”.

Quanto à primeira acção, a escola faz um balanço positivo, verificando que “a participação e a atitude interessada de todos tornou a acção num espaço de partilha e troca de diferentes saberes”. Para o director Luís Ângelo, a iniciativa “foi um importante contributo para a melhoria da dinâmica escolar do agrupamento”.

LEIA TAMBÉM

Alunos da ESTGOH consideram “Oliveira do Hospital uma cidade acolhedora”

ESTGOH atrai 110 alunos na primeira fase de acesso ao ensino superior, curso de Gestão das Bioindústrias sem grande adesão

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) preencheu 110 das …

Amianto vai ser retirado da Escola Secundária de Oliveira do Hospital, oposição critica “timing”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou ontem que assinou um contrato de adjudicação …