Brigada de Minas e Armadilhas deteve hoje um homem de 53 anos, na Lajeosa

Esta informação foi confirmada ao correiodabeiraserra.com por um elemento das Relações Públicas da  Brigada Territorial Nº 5 da GNR de Coimbra, que revelou ainda que o detido já tinha sido presente ao Tribunal Judicial de Tábua, de onde saiu em liberdade para aguardar julgamento com a aplicação da medida de coacção de “termo de identidade e residência”.

Esta detenção, que contou com a colaboração da GNR de Oliveira do Hospital, resultou de uma investigação levada a cabo pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR da Lousã. Segundo referiu a este diário digital uma fonte policial, em causa estava uma situação com “bastante perigosidade”, já que o material explosivo se encontrava armazenado “num meio habitacional”.

Uma outra fonte contactada pelo CBS online, afirmou que o indíviduo em causa “trabalhava habitualmente com materiais explosivos destinados essencialmente à abertura de poços”.

LEIA TAMBÉM

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …

LMAN promove “peregrinação” ao Santuário de Nossa senhora das Preces em Vale de Maceira

A Liga de Melhoramentos Desporto e Cultura de Aldeia de Nogueira (LMAN) vai realizar no …