Cabeça Aldeia Natal em Seia: a mais genuína e sustentável Festa de Natal do país arranca amanhã

A aldeia de Cabeça, no concelho de Seia, vai transformar-se, a partir de amanhã e até ao próximo dia 6 de Janeiro, pelo quarto ano consecutivo em “Aldeia Natal”. O objectivo é oferecer aos visitantes uma proposta diferente, inspirada nos valores da quadra e longe do consumismo dos grandes centros.

A pequena aldeia do concelho de Seia, na Serra da Estrela, com 190 habitantes, promete “uma festa inspirada nos valores do Natal onde se vivência, de forma simples e autêntica, a magia desta época, num conceito bem distante do consumismo exacerbado”, refere a organização promovida pela Comissão de Baldios de Cabeça e pela Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha, com o apoio do Município de Seia e da União das Freguesias de Vide e Cabeça.

“Uma aldeia genuína. Por mãos de gente genuína” é a proposta de Natal daquela que se assume como sendo a “mais sustentável aldeia de montanha do país”. A elaboração dos enfeites natalícios nas ruas da aldeia são todos feitos exclusivamente com recurso aos elementos naturais da montanha, como resultado de limpezas e desbastes florestais, e aos desperdícios de lã das fábricas têxteis da serra da Estrela.

As luzes de Natal, à semelhança do que é a iluminação pública, são com tecnologia LED. Nas pitorescas ruas da aldeia, refere a organização, o visitante “encontra uma decoração criativa e ecológica, onde não faltam presépios, estrelas, candelabros e grinaldas naturais, feitas pelos habitantes da aldeia, que cobrem as fachadas e a imponente árvore de Natal ecológica”.

A organização considera que a iniciativa assenta num conceito “distante do consumismo dos espaços comerciais e dos grandes eventos de recriação natalícia”. “É uma aldeia genuína em que os habitantes abrem as portas das suas casas, transformando a aldeia e as suas ruas num verdadeiro mercado de Natal”, sublinham.

Na localidade transformada em “Aldeia Natal” podem ser adquiridos enfeites natalícios que, além de naturais, “são feitos com o carinho e a paixão dos habitantes da aldeia”. “E porque estamos em plena Serra da Estrela, não poderiam faltar as iguarias de Natal imprescindíveis à mesa de qualquer família portuguesa: o queijo Serra de Estrela, o requeijão de Seia, as compotas, os frutos secos e até os chocolates inspirados nos aromas da montanha”, sublinham os promotores do evento natalício.

O programa de animação inclui contos infantis, oficinas temáticas, músicas de Natal, exposições de fotografia e presépios ecológicos, entre outras propostas. Pela primeira vez existe também a “aldeia dos pequenitos”, um espaço criado pelos habitantes de Cabeça para “fazer as delícias dos mais novos”.

LEIA TAMBÉM

PSA Mangualde interrompe produção devido aos incêndios

A fábrica da Citroën, do grupo PSA, em Mangualde, interrompeu a produção devido aos incêndios …

Mais de uma centena de famílias desalojadas em Oliveira do Hospital aponta o presidente da Câmara

Mais de uma centena de pessoas ficaram desalojadas no concelho de Oliveira do Hospital por …