Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital já tem novos corpos sociais

Depois de vários anos de intervenção da Caixa Central, o novo Conselho de Administração (CA) da Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital tomou posse na última quinta-feira. Armando Lopes, um dos rostos da fase de intervenção, será o presidente do CA, enquanto o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, continuará a liderar a Assembleia Geral.

“A Caixa foi devolvida novamente aos sócios, depois de problemas que se passaram e de um processo muito doloroso, com uma intervenção”, referiu José Carlos Alexandrino em declarações à Centrotv, nas quais aproveitou para agradecer o trabalho desenvolvido, durante a intervenção da Caixa Central, por parte de Armando Lopes e Jorge Machado. “Fizeram um trabalho excelente de gestão em tempos difíceis. Devemos aprender com alguns erros do passado”, sublinhou, referindo que a nova equipa é diversificada, contando com sócios fundadores e outros mais jovens. “Acredito muito no trabalho que se vai fazer a partir de hoje”, rematou.

O Presidente do CA, Armando Lopes, também em declarações à Centrotv, apontou como um dos objectivos da sua equipa intensificar a relação com as empresas e os particulares. “Queremos fazer crescer ainda mais a Caixa, que como os indicadores indicam está a crescer”, explicou, sublinhando que a instituição existe para ajudar ao desenvolvimento económico do concelho. “Estamos aqui para ajudar no desenvolvimento económico do concelho. Queremos que seja o banco do concelho, como já é”, rematou.

LEIA TAMBÉM

Coligação liderada pelo CDS preocupada com empreitada da retirada do amianto das escolas de Oliveira do Hospital

A Coligação Construir o Futuro (CDS-PP / MPT / PPM) está “preocupada e apreensiva” com …

EM OLIVEIRA DO HOSPITAL APROVEITAMENTOS ELEITORALISTAS DO PS E SEUS PRINCIPAIS AUTARCAS-CANDIDATOS MANCHAM JÁ A DEMOCRATICIDADE DO PRÓXIMO ACTO ELEITORAL A 1 DE OUTUBRO ! Autor: João Dinis, Jano

Estamos a assistir a um frenesim eleitoralista por parte de “facção” do PS local envolvida …