Caloiros da ESTGOH apresentaram-se hoje à cidade (veja vídeo)

 

Ainda que participado por um número bem mais reduzido de novos estudantes, o batismo e desfile do caloiro ficou, esta tarde, marcado pela obediência dos caloiros e as ordens dos doutores.

Com o barulho das muitas latas a funcionar como som de fundo, os caloiros da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) assistiram à colocação do grelo aos colegas do 2º ano e, partiram do Largo Ribeiro do Amaral para a tradicional latada invadindo as principais artérias da cidade.

De penico na mão, latas nos pés e apito na boca, os futuros doutores, vestidos a rigor, entoavam alto “ESTGOH é nossa e há-de ser” e, entre um banho de vinagre e uma dentada nos muitos nabos ainda eram obrigados a partir ovos na cabeça dos colegas dianteiros.

E nem o posto da GNR escapou a uma manifestação estridente provocada pela batida dos penicos nos muros que limitam o edifício daquela força de segurança.

De pé ou deitados, foi visível um pouco de tudo no desfile do caloiro, onde alguns metros até foram percorridos com os alunos a rebolarem-se pelo chão.

Com as ordens a partir da comissão de praxes da Associação de Estudantes da ESTGOH, os novos alunos seguiam sob o olhar atento dos colegas doutores que, no trajeto, os iam presenteando com piri-piri, polpa de tomate, farinha e outras iguarias.

O desfile do caloiro está integrado na Semana do Caloiro da ESTGOH que ontem iniciou no Pavilhão Serafim Marques, em S. Paio de Gramaços.

Para esta quinta-feira está reservada uma noite de tunas que tem início às 22h00. O grupo Inop’s chega às 00h30, seguindo-se a animação com DJs. A semana do caloiro 2011 tem Blind Zero como cabeça de cartaz. A banda sobe ao palco no sábado, 12 de novembro.

LEIA TAMBÉM

Mistério do consumo de mais de 1300 litros de água por dia em casa desabitada em Andorinha continua e proprietários ainda não sabem se vão ter ou não de pagar

Câmara Municipal de Oliveira do Hospital facturou menos 40 mil euros de água para não onerar vítimas dos incêndios

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital facturou no último mês de Outubro menos 38.133 …

Voluntários da Ordem de Malta visitam vítimas dos incêndios em Oliveira do Hospital e ouvem críticas à actuação das autoridades e autarquia

Logo à entrada da Quinta da Porfía, Seixo da Beira, Oliveira do Hospital, os sinais …