Câmara de Arganil organiza I Fórum do Regionalismo

…no salão nobre dos Paços do Município, dia 14 de Agosto, o “I Fórum do Regionalismo”.

Numa nota de imprensa enviada ao correiodabeiraserra.com a CMA salienta que este fórum “tem por objectivo, através das vivências dos veteranos e dos menos veteranos, fazer uma retrospectiva do que foi e do que é actualmente o Movimento Regionalista, agora também com o enriquecimento da participação e organização das mulheres”.

A mesma nota refere que “a implantação do chamado Regionalismo, particularmente no Concelho de Arganil, quiçá na Comarca de Arganil, foi a partir da década de 20 uma força que serviu para unir e reunir os naturais de cada freguesia, de cada aldeia, no sentido de desenvolverem mecanismos que lhes permitisse realizar acções tendentes a melhorar a qualidade de vida das suas populações”.

Segundo a CMA “foi com este espírito de entreajuda que o Regionalismo, que irradiava os seus tentáculos a partir de Lisboa, teve papel preponderante, onde cada bolsa, por vezes bem minguada, se abria para colaborar, quer fosse para a abertura de caminhos, fazer abastecimentos de água com colocação de fontanários, quer para a instalação de telefones e electricidade, quer na construção de casas de convívio e mais recentemente na construção de praias fluviais, etc.”

Este evento, que conta com a participação de Manuela Ferreira Leite – a presidente da Assembleia Municipal de Arganil – e de diversos oradores convidados, tem também o objectivo de “perspectivar o futuro, em função das novas apostas e exigências operadas, mormente nas áreas social e lazer, tendo em mente a vivência de um passado rico e enriquecedor de atitudes e de experiências que se registaram ao longo de décadas”.

O Fórum decorre entre as 9h00 h e as 16h00, com a abordagem centrada na mesma temática: o regionalismo. “Que futuro para o regionalismo”; “Qual o contributo do regionalismo no século XX” ou “O papel das mulheres no regionalismo”, são alguns dos temas que estarão em debate.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …