Câmara de Oliveira contrariou governo e pagou subsídio de férias

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital já processou o subsídio de férias aos 223 funcionários públicos. O pagamento foi efetuado na segunda-feira, 17 de junho.

À semelhança do que aconteceu em várias autarquias do país, também a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital se antecipou à promulgação da lei dos subsídios de férias pelo Presidente da República e procedeu ao pagamento dos subsídios aos 223 funcionários públicos.

“Pedi aos serviços para processarem o subsídio”, anunciou ao final da tarde da última sexta-feira o presidente da Câmara Municipal, justificando a medida com o facto de a autarquia “ter dinheiro” para poder pagar os subsídios de férias, por esta altura, tão esperados pelos funcionários. “Vamo-nos antecipar à lei”, referiu ainda José Carlos Alexandrino que, na passada segunda-feira, dia 17 de junho, viu cumprida aquela ordem de pagamento.

Com esta decisão, José Carlos Alexandrino pretendeu, acima de tudo, minimizar as “angústias” que nos últimos tempos invadem os funcionários públicos.

Refira-se que o Presidente da República aprovou nesta quarta-feira o diploma que regula a reposição dos subsídios de férias para 2013 e que permite ao Governo remeter para Novembro o pagamento do subsídio de férias aos funcionários públicos e reformados com rendimentos acima de 1100 Euros.

Até agora, a lei em vigor, obrigava ao pagamento dos subsídios a todos os funcionários e reformados em junho e julho e foi com base nessa lei que muitas câmaras, entre as quais a de Oliveira do Hospital, decidiram pagar a totalidade do subsídio de férias já este mês.

LEIA TAMBÉM

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve em Coimbra autor de crimes de homicídio, na forma tentada e de roubo

A Polícia Judiciária deteve um homem pela presumível prática de um crime de homicídio, na …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Filho preso por suspeitas de ter matado mãe com martelo em Viseu

O homem de 37 anos suspeito de ter matado a mãe em Santarinho, no concelho …

  • Joaquim C.

    Se este ano não fosse ano de eleições, também iriam contrariar o governo? Mesmo que desses 233 empregados da câmara façam parte os empregados das juntas de freguesia, são mesmo necessários 233 empregados?

  • Guerra Junqueiro

    Sr. Presidente;

    Além de si, restantes vereadores, cargos superiores, há assim tanta gente a receber mais de 1100€?
    Pelos vistos, quis foi o seu subsidio.
    Grande artista.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro