Câmara de Oliveira do Hospital aprova voto de pesar pela morte de empresário e Alexandrino pretende homenageá-lo no feriado municipal do próximo ano

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital aprovou hoje dois votos de pesar. Um deles pela recente morte súbita do jovem Pedro Lopes, de 15 anos. Outro pelo falecimento, na última segunda-feira, do empresário António Manuel da Fonseca, vítima de doença prolongada. O presidente da autarquia José Carlos Alexandrino avançou também com a intenção de que o empresário seja um dos nomes a homenagear no feriado municipal do próximo ano.

“Não por ser meu amigo, não por ser sogro do deputado Luís Lagos, mas sim por ter sido um grande empresário deste concelho”, justificou o autarca, sublinhando que este será um dos nomes que irá colocar à apreciação de todas as forças políticas para ser devidamente consagrado.

Com 69 anos, António Manuel Fonseca, recorde-se, era um empresário reconhecido em Oliveira do Hospital na área da construção civil, ocupando actualmente o cargo de presidente do Conselho de Administração da empresa Fonseca & Fonseca. Conhecido popularmente como “Neca Areias”, António Manuel Fonseca foi uma figura que se distinguiu, não só pela actividade empresarial, mas também pela sua dedicação ao associativismo. Foi mesmo presidente da direcção do Futebol Clube de Oliveira do Hospital entre 1998 e o ano 2000, emblema do qual se mantinha sócio activo. António Manuel Fonseca era ainda sogro do eleito do CDS/PP na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, Luís Lagos.

LEIA TAMBÉM

Dois mortos e quatro feridos em acidente no IP3 em Santa Comba Dão

Um acidente no IP3 provocou duas vítimas mortais e quatro feridos, dois em estado grave. …

GNR deteve alegados traficantes de droga nos acessos a uma “Rave” em Oliveira do Hospital

Pastor de 90 anos continua desaparecido em Seia

Um pastor de 90 anos que está desaparecido na pequena localidade de Valezim no concelho de …