Câmara de Oliveira do Hospital incentiva alunos do Concelho com bolsas de estudo

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital determinou na reunião da autarquia a abertura do concurso para atribuição de bolsas de estudo. Os alunos residentes no concelho, que frequentam estabelecimentos de ensino superior público, podem candidatar-se entre 20 de Outubro e 7 de Novembro, junto dos serviços administrativos da Câmara Municipal.

As bolsas previstas pelo actual regulamento visam apoiar a continuação dos estudos a alunos economicamente carenciados que, apesar do aproveitamento escolar, por falta de meios, se vêem impossibilitados de o fazer. Além disso existe a atribuição de bolsas por aproveitamento escolar excepcional a estudantes a frequentar estabelecimentos de ensino superior.

A bolsa de estudo por insuficiência económica é uma prestação pecuniária equivalente a 40 por cento da retribuição mínima mensal garantida em vigor, para comparticipação nos encargos decorrentes da frequência do ensino superior pelos/as estudantes economicamente desfavorecidos do Concelho de Oliveira do Hospital. De referir que constitui condição preferencial a frequência de ensino superior na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH), estando salvaguardo 25 por cento do orçamento (50 mil euros) para os candidatos que frequentam o ensino superior nesta escola.

O apoio de estudo por mérito excepcional é uma prestação pecuniária, para comparticipação nos encargos decorrentes da frequência do ensino superior pelos/as estudantes do Concelho de Oliveira do Hospital. A bolsa por mérito excepcional tem o valor mensal de cem euros e serão atribuídas, anualmente, seis dessas bolsas: três para estudantes que irão frequentar o 1º ano do ensino superior e três para estudantes já a frequentar o ensino superior.

LEIA TAMBÉM

Atropelamento mortal em Candosa, concelho de Tábua

Mulher morreu hoje em Oliveira do Hospital vítima de atropelamento na EN17 junto ao Lidl

Uma mulher, com 60 anos, morreu ao final da manhã de hoje na sequência de …

João Paulo Albuquerque acusa PS por não concluir IC6, pelo menos, até 2030

João Paulo Albuquerque considera que o IC6 não é uma prioridade, mas sim uma necessidade …

  • Politicalex

    Abençoada crítica..! Os protocolos de descentralização para as juntas, do apoio à família, foram aprovados na AM, no mesmo dia. As taxas já andam a dar confusão. O regulamento das bolsas de estudo diz que é para começarem a ser pagas no 1ºperíodo.,que vai até meados de Dezembro. Contudo, o ano passado foram gastos 50 mil euros em bolsas. Na feira do queijo cerca de 70 mil. A feira do queijo é o nosso futuro..! A selecção dos bolseiros tem regras. Contudo , diz-se muita coisa. Este ano vamos estar particularmente atentos.i Isto é “tudo pelas pessoas”… A cobrar, rapidamente. A apoiar,pouco e com calma…

  • Combate

    Isto está a ficar mesmo complicado. Ervedal, Lagares, e Ponte das
    Três Entradas não pagam. Oliveira paga, a primária, 5 euros. Nogueira
    paga 6,5 euros!!! Dizem-me que o euro e meio é para um assunto que até
    me recuso a divulgar sem confirmar com mais pessoas.
    A Assembleia de
    Freguesia votou contra. Puseram alguém a contactar os pais para pagarem
    voluntariamente. As pessoas, com receio, algumas estão apagar..! Ao que
    isto chegou..?
    Já se comenta. Isto é o “TUDO PELAS PESSOAS QUE PAGAM”