Câmara de Seia adere ao Compromisso de Pagamento Pontual

A Câmara Municipal de Seia aderiu ao projecto ‘Compromisso Pagamento Pontual’, uma iniciativa da Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE) que prevê o pagamento no prazo acordado aos fornecedores. O Município pretende com esta adesão responder “afirmativamente a este movimento de responsabilidade social na promoção de uma cultura de pagamento pontual e da competitividade da economia portuguesa”, o que, acreditam, ajudará a atrair investimento.

“A inexistência de uma cultura de pagamento no prazo acordado aos fornecedores constitui um estrangulamento para o desenvolvimento das empresas e para o crescimento da economia. Esta realidade tem um impacto devastador, sendo visível no número de falências que origina, no desemprego que cria e na concorrência desleal que provoca”, refere uma nota da autarquia, a qual considera ainda que é vital a generalização deste procedimento. “Irá contribuir para o crescimento económico de todo o País. Importa agora continuar este caminho e fazer do pagamento pontual a regra em vez ser a excepção”, justifica.

A autarquia liderada pelo socialista Carlos Filipe Camelo sublinha também que este é  “mais um passo” para transformar aquele concelho como um território atractivo para a actividade empresarial “e onde os negócios florescem num ambiente de grande confiança entre partes”.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …