Câmara e IEFP criam emprego a mais de 50 pessoas até ao Natal

Mais de 100 pessoas vão passar, ao longo desta semana, pelo processo de selecção que está a ser desencadeado pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital no âmbito das candidaturas que apresentou junto do IEFP.

Numa altura em que o desemprego atingiu níveis preocupantes em Oliveira do Hospital, a autarquia oliveirense pretende garantir, em conjunto com o IEFP, a empregabilidade de um número considerável de pessoas, entre os beneficiários do subsídio de desemprego e do Rendimento Social de Inserção e também de pessoas que frequentaram a formação Novas Oportunidades na área da Acção Educativa.

Para além da Câmara Municipal, a medida abrange também as 21 Juntas de Freguesia do concelho, que deverão admitir pessoas consoante as suas reais necessidades. “Não vamos integrar pessoas para não fazerem nada”, referiu ao correiodabeiraserra.com, Francisco Rodrigues, responsável pelo processo de selecção.

“Tudo depende do perfil psicológico e comportamental dos candidatos”, continuou, frisando também que para além de pretender assegurar a ocupação das pessoas, a Câmara espera “um retorno útil” da sua prestação.

Sem condições para adiantar o número exacto de pessoas que vai ser admitido, Francisco Rodrigues – admite que seja ultrapassada a casa das cinco dezenas –  disse com certezas, que a decisão final deverá ser tomada já na próxima semana e que os trabalhadores seleccionados iniciam funções ainda no mês de Dezembro.

A este diário digital, o director do Centro de Emprego de Arganil destacou a rapidez com que a Câmara Municipal agilizou todo o processo junto do IEFP. Para Paulo Teles Marques, a medida é positiva na medida em que vai “trazer algum ânimo” aos oliveirenses que, nos últimos tempos, têm sido afectados com o drama do desemprego. 

LEIA TAMBÉM

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …

PSA anuncia produção de carros de lazer na fábrica de Mangualde

Depois de ameaçar encerrar a produção em Portugal, o grupo francês PSA aumenta a pressão …