Câmara Municipal de Oliveira do Hospital promove reunião com empresários para apresentação de medidas de apoio às empresas afectadas pelos incêndios

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) promove na próxima quinta-feira, às 18h00, na Casa da Cultura César Oliveira, uma reunião alargada a todos os empresários do concelho que tenham tido prejuízos em consequência dos incêndios. Esta reunião, que contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, da Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ana Abrunhosa, e do Director do Centro Distrital da Segurança Social de Coimbra, Ramiro Miranda, tem como finalidade a apresentação imediata de um conjunto de medidas de apoio para o sector empresarial afectado pela tragédia dos incêndios.

“A CMOH tem estado em contacto permanente com as empresas que ficaram parcial ou totalmente destruídas pelos incêndios, com vista a que o tecido empresarial regresse o mais rápido possível à normalidade”, refere o município uma nota publicada no site da autarquia, adiantando que o Presidente da CMOH, José Carlos Alexandrino, tem estado em contacto diário com o Governo e outras entidades estatais, por forma a promover de forma célere a recuperação das empresas, procurando igualmente encontrar soluções que permitam minimizar a situação fragilizada em que ficaram muitos trabalhadores e as suas famílias.

As empresas que ficaram privadas da sua actividade (total ou parcialmente) têm à sua disposição o Serviço de Atendimento no Gabinete de Desenvolvimento Económico e Social da Câmara Municipal (Tel. 238605258/925779925), que está vocacionado para prestar todo o tipo de informações, nomeadamente ao nível das questões relacionadas com os trabalhadores, Segurança Social e Autoridade Tributária.

Foto: Virgílio Salvador

LEIA TAMBÉM

Dois detidos em flagrante em Tábua por cultivo de cannabis

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã deteve, ontem, dois homens com …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …