Câmara Municipal de Oliveira do Hospital troca subsídios pontuais para eventos das juntas de freguesias por 10 mil euros fixos anuais

A partir do próximo ano, a autarquia de Oliveira do Hospital vai deixar de atribuir subsídios pontuais às freguesias, para realização, entre outros, de eventos, aquisição de viaturas ou transporte, substituindo-os por uma verba anual fixa de 10 mil euros cada autarquia do concelho. Com esta medida, que conta com um orçamento de 160 mil euros, o presidente José Carlos Alexandrino pretende uma maior descentralização e evitar que se vão atribuindo ao longo do ano subsídios para os diversos eventos que as juntas levam a cabo. Recorde-se que na ultima Assembleia Municipal foram aprovados 18 500 euros para várias iniciativas, o que deixou, pelo menos o presidente da União das Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira, quase com lágrimas nos olhos, por apenas ser contemplado com 1500 euros para o seu festival de sopas, enquanto outros colegas recolhiam bastante mais. “Estou muito triste. Só posso dizer isso, estou muito triste”, lamentou na altura Licínio Neves.

Com as novas regras, a Câmara Municipal atribuirá apenas uma verba fixa no valor de 10 mil euros a cada Freguesia. Como contrapartida acaba com os subsídios, seja para eventos, aquisição de viaturas ou transporte para passeios. “Trata-se da maior descentralização já levada a cabo nesta Câmara. Os presidentes de junta passam a saber desde o início com aquilo que contam. Com o dinheiro cada um faz o que quer. Pode fazer uma festa, um passeio ou comprar um avião”, explicou o presidente da autarquia que criou ainda uma comissão para aprimorar esta repartição de verbas devido à união que ocorreu entre freguesias.

A aprovação dos recentes subsídios não deixou de receber alguns reparos. Um dos elementos que considerou estas verbas exageradas quando comparadas com outras prioridades do município foi António Lopes. O homem que foi eleito para liderar a Assembleia Municipal diz não entender as prioridades da autarquia oliveirense quando se compara estes montantes com aqueles que são destinados aos alunos mais carenciados. “Não sou contra as festas. O que eu digo é que tem de haver prioridades. Não podemos dar 13.200 euros para as famílias comprarem livros para as crianças que vão para as escolas e depois aprovar 18500 euros para festas. Tem de haver prioridades. Se calhar não são as festas que estão a levar muito, as crianças é que estão a receber pouco”, explicou António Lopes.

Este eleito, na altura, também se mostrou apreensivo com as verbas com os músicos que cobram quase dez vezes mais na EXPOH que em outros festivais do concelho. Deu o exemplo de Quim Barreiros que cobrou 10 mil euros para actuar na mais recente edição da EXPOH, num programa de televisão afirmou cobrar cerca de 5 mil euros, e, depois, realizou uma actuação a Seixo da Beira por apenas 1500 euros. O próprio presidente da Junta de Freguesia confirmou estes valores. “Foram pagos 1500 ao Quim Barreiros e 1750 à Adelaide Ferreira. Está tudo clarinho”, frisou na altura Carlos Batista.

José Carlos Alexandrino diz nada ter a ver com o facto de Quim Barreiros apenas levar aquele montante em Seixo da Beira. “Não o consigo contratar por essa verba para a EXPOH”, justificou-se, acrescentando que alguns dos músicos que actuaram na Exposição comprometeram-se a fazer espectáculos gratuitos no concelho. “O Zé Cid vem actuar gratuitamente a favor dos Bombeiros de Oliveira do Hospital e o Quim Barreiros virá fazer o mesmo em relação aos bombeiros voluntários de Lagares”, explicou o autarca que atribuiu “estes bons negócios” à sua influência. “Houve bons negócios? Se houve bons negócios deve-se a uma coisa: à relação de proximidade deste vosso presidente com algumas pessoas”, rematou. A isto, António Lopes disse conhecer outra um local em que a Câmara também contrata os artistas para as festas da cidade e depois eles vão lá gratuitamente cantar pelo Natal para os velhinhos.

LEIA TAMBÉM

João Brito atónito com “campanha eleitoral a favor do PS” por parte da Câmara ao aprovar hoje mais 10 subsídios a instituições

O vereador do PSD João Brito está atónito com aquilo que classifica de falta de …

CNE dá provimento a denúncias do PSD e pede explicações a José Carlos Alexandrino sob alegadas práticas que violam lei eleitoral

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) deu provimento a uma queixa apresentada pela concelhia do …

  • bancada

    Mas que vaidoso .Que influência tinha ele quando veio para a Câmara? Agora conheceu uma gentita, já se julga um reizito. Tenha um pouco de decoro.

  • Guerra Junqueiro

    Faltou dizer que o Edil deixou de ver os presidentes de junta com um chapéu a pedir esmola. Só não percebi o que é que fez o Licínio, que para além de esticar o chapéu quase chorava como uma criança. E o que fez Carlos Castanheira pelas castanhas? Pois é, esse presidente disse para quem quis ouvir que entregava as chaves da junta, pois precisava dos tais 4000€ bem para além da festa das castanhas, o que é lógico, pois uma freguesia daquelas tem cinco funcionários, ora a 800€ por mês com todas as despesas, são 56 mil euros por ano. Este pode chorar e continuar levar dois chapéus que assim não resolve o problema, que sendo verdade ter herdado, nada ainda fizeram para resolver.
    Enfim, não são verdade de la Palice, mas são mentiras de Alexandrino.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

  • Olhós Artistas!!!

    O nosso presidente a gerir artistas, agora, é o maior. Aliás, é o maior em tudo. No tempo do Mário Alves, que alinhava menos nestas festanças, o Alex já tinha esta “doença”. Mandou vir a Daniela Mercury e a festa deu prejuízo. Muito..! Deus sabe como e quem teve que resolver. Sim , já naquele tempo ele gostava de festas mas com o dinheiro dos outros. Agora, é a fartazana. São todas um bom investimento e são todas baratas…para ele são…Para nós é pagar e duro…

  • Politicalex

    Este pessoal do PS são mesmo uns cromos. Hoje uma algazarra porque a ministra e bem, mandou aguardar pela eventual cobrança de 150 milhões. Em que foi o País prejudicado? Então e os 650 milhões que escondeu, o PS, das PPPs, que o tribunal de contas detectou, muito tempo depois..? Esqueceram-se..? Outra boa foi o Costa a pedir clemência à esquerda, para não atacar o PS. Tadinho..! Até parece que, no governo, é diferente dos outros. Alguém viu o PS, na rua, a contestar as medidas do governo? São cá uns cromos..! Se as eleições demorassem mais uma semana ainda chegavam aos 20%. Hoje já bateram nos 33%..! Quero-me rir, lá pelas 22 horas de Domingo.O Seguro não perdeu uma. E teve a maior vitória autárquica..! Este, à primeira, leva logo uma banhada…

    • Bancário

      Engraçado é ninguém falar no Constâncio, esse socialista que esteve à frente do banco de Portugal e saiu para vice do Banco Europeu antes de se dar a crise que bem sabia existir e para ele contribuiu.
      O que fizeram com o lixo tóxico da CGD? Levou-o o Sócrates para o BPN e ninguém diz nada.
      Se chegarem aos 30% podem ir por uma velinha na Cova da Iria.

      • República

        Esta é boa!
        Então, afinal, – e porque estamos próximos de eleger uma “nova” Assembleia da República, com “deputados novinhos em folha” – quem é que , no nosso estado democrático, tem a competência de tudo fiscalizar?
        Não é a Assembleia da República? Que andaram a fazer, pois então, as diversas maiorias de deputados durante estes últimos 20 anos? A “encher a mula” e a carteira, pois claro!
        E os presidentes da República, – Sampaio incluído! – que fizeram?
        Banco de Portugal, CMVM, – e toda a cambada – andaram a troco de muito dinheiro…
        O país e os portugueses?
        Na verdadeira acção política destes aldrabões, apenas para “voto”.
        Depois, é só negócios.

    • República

      O PS, na rua, ou em algum outro lado, a contestar? O quê?
      Então se foram os governos do PS aqueles que, na rua, foram mais contestados, alguém, no seu perfeito juízo, acha que os “Xuxas” gostam de se manifestar contra alguma coisa? Ainda por cima, nas ruas?
      Nada disso! É só ver por onde andam agora, muitos deles, armados em doutrinadores…gabinetes, câmaras, executivos, empresas, escolas, etc, etc…
      Todos eles, em nome da “democracia -leia-se , interesses – deles próprios”.
      Verdadeiros fariseus. Agora, à espera da “gamela” dos vinte e tal mil milhões do próximo quadro comunitário…para eles…e para os amigos.
      Sempre assim foi, assim é, e, com PS , sempre assim será: ao “ataque”, na “gamela” .É que os boys andam esfomeados…e , alguns, com muitas “pedras nos sapatos”!

  • Politicalex

    Se o Batista consegue contratar por 1 500 e o Presidente não consegue, se calhar, está na hora de pensar no Batista para presidente da Câmara..!

    • Movimento castrador de Alex’s

      O Batista é muito mais capaz do que o Alex,
      As pessoas é que ainda não viram o zero que é o Alexandrino.
      O Batista a beber uns copos, faz menos asneiras que o Alex no seu melhor estilo.

      • Grande Batista

        Batista à presidência.
        O Alex vai treinar o Vasco da Gama.
        O vinho é por conta da casa.

        • Aldeia de Punhete

          Batista a quê? A presidente?
          O Batista é um pauzinho mandado Alexandrino. Aqui em Aldeia toda a gente sabe que manda mais o Tó da Tina do que o Batista. Quando é preciso alguma coisa é com ele que falam, por isso é que o Batista não gosta dele. Tem inveja.

  • Politicalex

    SEgundo a sondagem de ontem o PS já vai em 28,6%..! Cada dia que passa o tombo aumenta…O golpismo está a ter o “prémio” que merece…

    • Rlicaepúb

      As sondagens fabricam-se!
      As sondagens servem , apenas, para para manipular a opinião pública…e convencer os “incautos/incautos” a votar em quem acham que vai vencer as eleições porque, estes, gostam de votar em quem ganha e não em quem perde…para poderem, sempre, andar nas caravanas a buzinar “vitórias”.
      A seguir, porque a coisa sempre deu para o torto, nunca votaram nos “ganhadores”! – grande consciência cívica, social e política; e conheço tantos.
      Contudo, aquilo que mais me espanta – apesar da capa”científica” com que são apresentadas estas “marteladas” sondagens, com grandes empresas na sua origem (negócios) – é que ainda haja imbecis, analfabetos, camelos que, sabendo que o verdadeiro voto é secreto, se dignem, mesmo que anonimamente (?), a indicar o seu voto. É aí que nascem as sondagens: no analfabetismo político, na imbecilidade de se considerar importante apenas por lhe ligarem…para saber onde vota.
      E as empresas “científicas” que trabalham com estes imbecis, deveriam ser proibidas de, sequer, ter telefones.

      • António Lopes

        Para não ser incauto nem manipulado é que voto sempre nos que não formam governo…Dá para “malhar” e “ter sempre razão”..! Uma chatice… Quando elas agradam, são uma maravilha.É como os árbitros .Quando a nossa equipa ganha arbitram sempre bem…Quando perde arbitram sempre mal….E o facciosismo..?

  • António Lopes

    Mais uma vez se acabou o prazo para me responderem, mais uma vez não o fizeram.Depois, não percebem porque perdem eleições.Como estamos a encerrar a campanha, não quero dar pretexto,até porque estamos em eleições nacionais.Segunda -Feira voltamos ao assunto, desta vez com os documentos..!

    Boa reflexão e melhor voto.Não virem a “espingarda para os pés”.Não votem contra os vossos interesses. Depois, não passem a vida a lamentar-se e a desculpar-se com os outros. Votar é um dever cívico.Pelo voto podem passar as melhores decisões.
    Há quarenta anos que somos governados pelos mesmos, com os resultados que se conhecem. Acreditar que, desta vez, nos vão resolver o problema, já é vontade de querer ser enganado.
    Por mim, no mesmo de sempre, porque, esses, nunca me enganaram e os encontro, sempre, na frente da luta por melhores condições.

    • República

      Prazo?
      O que é isso?
      Então há prazos, neste (adiado) país ? – e a prazo?
      Recordo-lhe, não por ironia, um dos velhos ditos populares de grande sabedoria…em vésperas do 105º aniversário da República:
      -“As leis não se fizeram para os reis.”

  • António Lopes

    “Um Povo sem memória não merece ser Povo”

    Decidiu, Sua Excelência, o Senhor Presidente da Republica, não se fazer
    representar nas comemorações do 5 De Outubro,tido e comemorado como o
    dia da implantação da Republica.

    Decidiu o actual Governo da Republica, suprimir este dia, dos dias feriados Nacionais.

    Tais decisões não são só de lamentar.Estas decisões têm que merecer o mais profundo dos nossos repúdios.

    É que, em quatro e cinco de Outubro de 1143, realizou-se. com a
    presença do Cardeal Guido de Vico,em representação do Papa , a
    conferência de Zamora,sendo a data de 5 de Outubro considerada como a
    data da independência, de facto, de Portugal..Ora, não se respeitar e
    não se comemorar o significado maior destas duas datas, que coincidiram
    no mesmo dia é, quanto a mim, uma manifesta e inqualificável falta de
    senso comum e de patriotismo, que Português algum pode tolerar, e muito
    menos não repudiar.

    Disse de facto, porque de direito, Portugal é
    um País independente, reconhecido pelo Papa Alexandre III,, o imperador
    do Mundo Católico,com poderes para o acto, no dia 23 de Maio de 1179,
    outra data de que nem se houve falar..!

    E dizia Camões: ” Feliz a Pátria que tais filhos tem”..! Nem todos…

    • Falso profeta

      Não tem a Pátria, mas tem ele, bem afilhados.
      Sob o seu alto patrocínio, prepara-se para, nesse dia, encenar a entrega do governo aos seus protegidos….
      Já anda todo contente. Nem dorme…

      • António Lopes

        Isso , já é mais complicado.Sem a vontade soberana hoje manifestada em urna, é impossível.Por isso o voto é importante.É a arma do Povo.E quem o Povo escolher, seja quem for, por certo governará.A constituição é clarissima…

        • Falso profeta

          Nem mais…
          Desinfeliz povo que, nos seus, 75% empobreceram, 450 000 jovens emigraram – ou migram?- e continua nesta senda…
          Já andava todo contente…
          Hoje, até bolo-rei deve comer.

  • António Lopes

    Nem quero acreditar..! Ouvi um “boato” de que o PS só ganhou em Lagares? Fui confirmar ao site oficial e , afinal, foi mesmo verdade..! Tanta manifestação contra o PSD. O PSD até nem ataca o executivo camarário, e têm um resultado destes..?
    Correram com o António José Seguro, que só tinha vitórias , por ter uma vitória pequenina.”Uma vitória de Pirro”. Agora que o Costa teve uma derrota estrondosa e teve mais 0,92%, que essa “vitória pequenina”, vai ficar muitos dias com a “chave” do Rato..?
    A política do poder a qualquer preço e do oportunismo, normalmente, acaba assim…

    • Cadeirão

      O grande derrotado da noite foi o PCP.
      Passou a ser a quarta força partidária no Parlamento.
      Afinal o discurso da K7 não convence ninguém.
      Á medida que os mais idosos do PCP vão morrendo, assim vai definhado o PCP.
      Com este resultado será que vamos ter caras novas na liderança Comunista?
      Afinal há muita gente que anda nisto só para se sentar na “grande” cadeira.

      • António Lopes

        Onde é que leu esses resultados? Nos que eu consultei,que são os oficiais, o PCP ou CDU, como queira, subiu um deputado e teve mais 2467 votos.Não cresceu muito.Mas, definhar, não me apercebi.Se soubesse alguma coisa disto e de marxismo leninismo, saberia que o PC sabe que pelo voto nunca será governo.Porque o voto molda-se.E para se moldar, como para tudo na vida, é preciso dinheiro.Ora, esse, não abunda por aquelas bandas.Os cidadãos que o Partido Comunista pretende representar, salvo uma ou outra rara excepção que é comunista mas o PCP não representa, são pobres.Infelizmente, os Portugueses, preferem resignar-se e emigrar que lutar e defender os seus interesses.Enquanto assim for basta que apareçam umas caras larocas e o pessoal esquece-se da renda da casa,do emprego, da educação dos filhos.Depois, com uma dose de bola, fica o resto resolvido.E enquanto for assim, não há muitos “cadeirões” para comunistas..! Isso nem seria grave. Grave é que isso acontece e com os resultados que se conhecem…A liderança do PCP é das mais novas do espectro político.A liderança efectiva do PCP é exercida por cerca de 160 pessoas.O Comité Central.

      • Falso profeta

        É impressionante a capacidade da televisão criar e promover partidos…mitos.
        O “Berloque de esquerda” – e sabemos qual é o papel que desempenha na sociedade portuguesa – , durante estes últimos 4 anos, fraccionou-se…
        Milagre: com a promoção, diária, das suas “crianças terríveis”, conseguiu obter o resultado que teve.
        Graças, apenas, à televisão.

  • bancada

    Então o Alex não vai limpar as lágrimas a Costa? Que vá e lhe diga que vá embora,porque quem o vai substituir é ele. Não quer alto poleiro?

  • portacoelhone

    Então o grande vencedor não foi o povo ?Partidos ?
    Oh cambarrrrilha de comentadores e politicos . Que eu saiba quem ganhou teve 43% e chama-se abstenção .Ou não percebem que estes 43% são gente que pensa e sabe que a porca da politica e os porcos politicos enganam diáriamente, se governam a si ,aos amigos e afilhados dos partidos . Perderam todos e agora vem aqui defender vitorias . Todos ganharam . Vigaristas . Os que por aqui comentam , os politiquitos estalinistas dessa territa sem futuro e com mediocres e oportunistas à frente de tudo o que é poder ,provindos dos partidos politicos deviam era ser depurtados todos para a Coreia do Norte numa fragata . Quando lá chegassem podiam fazer mais uma festarola e umas marchas e concursos de canções , para ver se ganhava a canção “fora com os bandidos”

    • António Lopes

      Pois… O líder da abstenção já foi chamado para formar governo..! Com 43 % dá maioria absoluta…E o ar superior como eles dizem alarvidades..!

    • bancada

      Então os que levaram um coelho para Coimbra, já o esfolaram? Os esfolados foram eles e o que estava em 1º lugar da foto que fique de quarentena ou vá para o Peso Pesado para perder uns bons quilinhos, e que deixe de deixar de mamar na teta da Câmara e da Arcial..