Câmara quer distribuir fruta pelo primeiro ciclo

A vereadora do pelouro da Educação da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou, anteontem, que a autarquia decidiu aderir ao projecto de âmbito europeu, que consiste na distribuição gratuita de uma peça de fruta, pelo menos duas vezes por semana, aos alunos do primeiro ciclo.

“O objectivo é incutir hábitos de alimentação saudável junto dos nossos alunos”, explicou Graça Silva, adiantando que ainda não está decidido o número de dias em que a fruta será distribuída pelas crianças.

A medida anunciada valeu o reparo imediato de Mário Alves, que considerou que a mesma “não vai surtir efeito” nos moldes em que está a ser preparada.

“Acho que a Câmara deveria assumir os restantes dias”, afirmou o vereador do PSD, opondo-se a “um programa intercalado e parcial”.

Defensor da distribuição de fruta em cada um dos dias da semana, Alves criticou o excesso de doces que é consumido pelos alunos do concelho. “Os bares das escolas deveriam ter fruta a preço de custo para incentivar os jovens ao consumo”, referiu.

Conhecedor da realidade escolar, o presidente da Câmara Municipal saiu em defesa das escolas, verificando que as mesmas “estão sensibilizadas para isso”. José Carlos Alexandrino não colocou, contudo, de parte a sugestão de Alves, de a fruta poder ser distribuída todos os dias. “Podemos fazer esse enquadramento”, frisou.

LEIA TAMBÉM

Alunos da ESTGOH consideram “Oliveira do Hospital uma cidade acolhedora”

ESTGOH atrai 110 alunos na primeira fase de acesso ao ensino superior, curso de Gestão das Bioindústrias sem grande adesão

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) preencheu 110 das …

Amianto vai ser retirado da Escola Secundária de Oliveira do Hospital, oposição critica “timing”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou ontem que assinou um contrato de adjudicação …