Organizado pelo Clube Arte e Sport de Serpins, o interessante Campeonato Nacional de Trial tem a sua jornada intermédia no próximo Domingo, em Tábua. Nas zonas de obstáculos beirãs a luta pela vitória promete ser cerrada, com André Garcia e Pedro Sousa na primeira linha de candidatos ao triunfo.

Campeonato nacional de Trial, este domingo em Tábua

Imagem vazia padrãoEm prova vão estar cerca de três dezenas de pilotos, que vão competir na “Pedra da Sé”, um monte fronteiro ao Mondego, onde a pedra constitui matéria-prima essencial para as oito zonas de obstáculos, a cumprir em quatro voltas consecutivas, a partir das 13h00.

Este ano o Campeonato está a despertar interesse acrescido, muito “por culpa” da maior abertura na discussão dos lugares cimeiros. Após três jornadas o crónico campeão, André Garcia, está na frente, mas apenas com 1 ponto de avanço sobre o jovem Pedro Sousa.

Aliás, este último tem o desempenho global penalizado pelo resultado menos positivo na ronda de abertura (um 4.º lugar), pois de resto já ganhou duas provas, contra uma vitória de Garcia. E como Pedro Maia e João Ribeiro também revelam assinalável consistência exibicional, a luta tem sido muito intensa na frente do pelotão.

Os despiques na classe de Consagrados concentram naturalmente as atenções, mas o Troféu de Promoção merece igualmente referência pela competitividade, pois em três provas registaram-se outros tantos vencedores diferentes. Portanto, em Tábua – na quarta das sete provas da competição – “suspense” é palavra de ordem quanto a resultados.

LEIA TAMBÉM

O Bava da Bola

Um tal Bava, Zeinal de primeiro nome, foi presidente executivo durante anos da PT. Em …

Aquela máquina…

Dois golos de Cristiano Ronaldo e um de André Silva asseguraram a vitória de Portugal …