Organizado pelo Clube Seita, o Enduro está de regresso no próximo fim-de-semana, em Oliveira do Hospital. Uma jornada que este ano tem duplo estatuto, pois é válida para os Campeonatos Nacional e da Europa. Cento e vinte pilotos estão inscritos para enfrentar os selectivos trilhos da região. As gentes de Oliveira do Hospital estão bastante familiarizadas com o Enduro, mesmo ao mais alto nível, pois no passado já o pelotão do “Mundial” passou por esta cidade beirã.

Campeonatos da Europa e Nacional de Enduro em Oliveira do Hospital já têm 120 pilotos inscritos

Imagem vazia padrãoAgora, é tempo de acolher os participantes no Campeonato continental, além dos pilotos portugueses que disputam a competição caseira, nas classes “Elite” e “Nacional”. Até ontem, dia 6 de Maio, estavam já inscritos noventa concorrentes estrangeiros e três dezenas de lusitanos, prontos para a função.

O percurso, integralmente traçado no Concelho de Oliveira do Hospital, tem 50 Km de extensão e desenvolve-se para Norte da cidade. Os concorrentes vão efectuar quatro voltas diárias a esse trajecto, no qual avultam os três troços especiais, cronometrados em cada passagem.

Assim, o “Cross Test” (com 4,5 Km) e o “Enduro Test” (5,2 Km) situam-se muito perto entre si, junto ao novo “Recinto de Feiras” de Oliveira do Hospital – ainda dentro da cidade, facilitando a deslocação do público para esses importantes pontos onde a acção acontece.

Quanto à “Extreme” (com 1,2 Km), encontra-se junto ao cruzamento de Travancinha, ao Km 112 da EN 230. Por outro lado, o “paddock” e o secretariado serão instalados no Recinto de Feiras, também local de partidas e chegadas.

Em termos de Campeonato da Europa, esta vai ser a segunda das quatro jornadas inscritas na competição. A primeira disputou-se em Itália, com um “homem da casa” – Alessandro Zanni – a ganhar os dois dias de prova, sempre secundado pelo francês Jordan Curvalle. No plano interno a ronda beirã será a quarta, de seis jornadas do Campeonato Nacional.

Imagem vazia padrãoOs prognósticos apontam para despiques cerrados entre os principais intervenientes, face ao equilíbrio reinante nas pautas classificativas. No Campeonato Absoluto apenas 9 pontos separam o primeiro do quarto classificados, pelo que Felipe Zanol, Paulo Felícia, Gonçalo Reis e Mário Patrão avançam de “faca nos dentes” para Oliveira do Hospital.

Por outro lado, Felícia e Reis estão empatados no comando da classe Elite 1, enquanto Zanol só tem 7 pontos sobre Patrão na Elite 2. Nas duas classes “Nacional” a luta também deve ser intensa, pelo que tudo se conjuga para uma bela jornada de Enduro.

LEIA TAMBÉM

O Bava da Bola

Um tal Bava, Zeinal de primeiro nome, foi presidente executivo durante anos da PT. Em …

Aquela máquina…

Dois golos de Cristiano Ronaldo e um de André Silva asseguraram a vitória de Portugal …