Candidato do PSD a Travanca promete “um presidente para todos os dias e não apenas para o fim-de-semana”

O PSD apresentou ontem publicamente a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Travanca de Lagos liderada por António Manuel dos Santos que disse recandidatar-se a um lugar que já ocupou por entender que aquela localidade precisa de “um presidente todos os dias e não apenas aos fins-de-semana”. “Entendi que Travanca merece mais e melhor e temos uma equipa que pode fazer essa diferença”, explicou o homem que pretende reassumir os destinos daquela Freguesia.

Sublinhando que as pessoas que fazem parte da sua lista estão ali de “livre vontade, sem pressões e para defenderem a população e não interesses pessoais”, António Manuel dos Santos que considera que os candidatos com esses princípos “estão do outro lado”, prometeu em breve apresentar o seu manifesto eleitoral. “Será composto por um conjunto de obras interessantes, ao mesmo tempo que vamos dar continuidade a projectos bons que estão prometidos, mas que este executivo não fez”, frisou, dando a título de exemplo a chegada da água à Adarnela. “A água vai chegar lá. Está prometida e nós queremo-la lá. Vamos dar mais atenção aos desfavorecidos”, rematou, lembrando ainda que não foi no seu mandato que o lar da localidade foi encerrado.

“Sei que procuraram passar essa ideia. É mentira. O presidente da Câmara naquele tempo, Mário Alves, disponibilizou-se a fazer as obras necessárias. Tinha mesmo orçamentado 400 mil euros que um ano depois foram desviados para outras obras ou, se calhar, para festas”, referiu, assegurando que um ano depois e após se ter constituído uma IPSS o lar foi encerrado. “Um ano depois de terem tomado posse abandonaram o projecto do Mário Alves e o lar encerrou” enfatizou o candidato social-democrata, pedindo à população para não se voltar a deixar enganar.

LEIA TAMBÉM

Faleceu a romancista Ermelinda da Silva

A romancista Ermelinda da Silva natural de Vila Franca da Beira faleceu ontem e funeral …

Um ferido grave e outro ligeiro num despiste em Tábua

Um despiste esta tarde (18h04) na Estrada Municipal 1304, na freguesia de Vila Nova de …

  • Andrade Oliveiraa

    Precisamos de gente presente e não ausente. Não são as publicações no face que tornam alguém presente. Posso publicar como se estivesse em Travanca e afinal estar sentado em Mafra.
    Hoje foi necessária uma “miserável” assinatura para um documento que seria urgente e teve que ficar para amanhã, porque um estava para Mafra, outro para Fátima e o outro em parte incerta (à já quatro anos). E estamos em stand by à espera que alguém se digne a aparecer e assinar um papel…
    Depois diz o povo “não se faz nada, tudo se perde”, claro porque quando é preciso NÃO ESTÃO, têm algo mais importante. Agora pergunto, se acontecer uma desgraça, um incêndio quem é que cá está da junta? Podem me responder: os bombeiros! Certo mas a proteção civil está representada no presidente da junta. ALGUEM SABE ONDE É QUE ELE FOI? Agora até está mais por cá, estamos em ferias escolares. E depois de dia ! de Outubro, vamos a Mafra assinar um documento ou vai via CTT?