Candidatos dão “tudo por tudo” em comícios de encerramento de campanha

A menos de 24 horas para o encerramento da campanha eleitoral autárquica, ultimam-se os preparativos para os derradeiros comícios eleitorais. CDS, PSD  e PS prometem “grandes comícios de encerramento”.

Mobilizar o maior número de apoiantes. Este é o propósito transversal às candidaturas à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, por esta altura, concentram esforços na preparação daquele que é o derradeiro comício da campanha eleitoral autárquica. Das quatro candidaturas à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, três já marcaram encontro com o eleitorado que espera que lhe seja fiel na hora de “fazer a cruz” nas eleições do próximo domingo, 29 de setembro.

“Um grande comício de encerramento de campanha” é o que reserva a candidatura de José Vasco de Campos, pelo CDS-PP à Câmara Municipal. José Vasco de Campos tem encontro marcado com os apoiantes da candidatura centrista às 21h00 junto à rotunda do Cavaleiro. Um encontro que surge em jeito de corolário de uma campanha que primou, sobretudo na última semana, pelo contacto porta a porta nas várias freguesias do concelho e por um olhar crítico sobre os últimos quatro anos de governação autárquica. O candidato que elege a criação de emprego como a grande prioridade parte para uma eleição confiante de que os oliveirenses lhe saberão dar “uma oportunidade” e, com isso, assegurar a sua presença no próximo executivo municipal.

A apostar numa campanha composta por trabalho porta a porta, sessões de esclarecimento e pequenos comícios, a candidatura do PSD aposta, esta noite, num “mega jantar” que vai ter lugar no pavilhão Serafim Marques, em S. Paio de Gramaços, a partir das 20h00. Uma verdadeira prova de esforço atendendo àquilo que é o historial de jantares comícios realizados naquele espaço e de onde sobressai a capacidade de verdadeira mobilização. Recorde-se que há quatro anos, o pavilhão Serafim Marques ficou cheio por duas vezes, ao servir de palco às candidaturas do PSD e do movimento independente Oliveira do Hospital Sempre, com ambos os projetos políticos a conseguirem lotar o pavilhão de basquetebol. Um feito que a candidata Cristina Oliveira não tem dúvidas que venha a conseguir, confiante que está no facto de o concelho ser de tradição social democrata. “O concelho é e sempre foi PSD”, tem repetido a candidata à Câmara que se propõe a por termo à gestão municipal socialista, devolvendo os destinos do concelho ao PSD. No encontro com apoiantes da sua candidatura, Cristina Oliveira contará com o apoio do secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Luís Campos Ferreira.

A terminar uma campanha intensa no contacto com as populações – sucederam-se por todo o lado as sessões de esclarecimento e os comícios – a candidatura do PS queima “os últimos cartuchos” num palco onde há já quatro anos cantou antecipadamente a vitória. Em causa, o Largo Ribeiro do Amaral, onde a candidatura de José Carlos Alexandrino foi brindada com um banho de multidão e que, conta vir a repetir. Fruto do mau tempo que se tem feito sentir, o “grande comício de encerramento” foi deslocalizado para o piso inferior, o silo automóvel, a partir das 21h30. Confiante numa confortável maioria, os socialistas deverão centrar todos os esforços no apelo ao maior número de votos possível e na crítica àquela que é entendida como a principal adversária às autárquicas de 29 de setembro, a candidatura pelo PSD.

Do lado da candidatura da CDU, encabeçada por João Dinis não é conhecida até ao momento a calendarização de qualquer comício para este último dia de campanha.

Nota: A ordem com que os candidatos surgem referenciados no presente artigo respeita a ordem em que cada uma das candidaturas marca presença no boletim de voto.

LEIA TAMBÉM

Dois detidos em flagrante em Tábua por cultivo de cannabis

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã deteve, ontem, dois homens com …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …

  • Erasmo de Roterdão

    Srª.Dra.Não sou de julgamentos de praça publica mas… há sempre um mas…

  • bimbo

    Grande Noite quase 1500 pessoas não é por acaso

  • Erasmo de Roterdão

    Quase foram mais no jantar que nas urnas..! Sempre me pareceu que, no PSD, são mais para comer à borla e à custa do orçamento..! E, contra factos…