Candidatos dão “tudo por tudo” em comícios de encerramento de campanha

A menos de 24 horas para o encerramento da campanha eleitoral autárquica, ultimam-se os preparativos para os derradeiros comícios eleitorais. CDS, PSD  e PS prometem “grandes comícios de encerramento”.

Mobilizar o maior número de apoiantes. Este é o propósito transversal às candidaturas à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, por esta altura, concentram esforços na preparação daquele que é o derradeiro comício da campanha eleitoral autárquica. Das quatro candidaturas à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, três já marcaram encontro com o eleitorado que espera que lhe seja fiel na hora de “fazer a cruz” nas eleições do próximo domingo, 29 de setembro.

“Um grande comício de encerramento de campanha” é o que reserva a candidatura de José Vasco de Campos, pelo CDS-PP à Câmara Municipal. José Vasco de Campos tem encontro marcado com os apoiantes da candidatura centrista às 21h00 junto à rotunda do Cavaleiro. Um encontro que surge em jeito de corolário de uma campanha que primou, sobretudo na última semana, pelo contacto porta a porta nas várias freguesias do concelho e por um olhar crítico sobre os últimos quatro anos de governação autárquica. O candidato que elege a criação de emprego como a grande prioridade parte para uma eleição confiante de que os oliveirenses lhe saberão dar “uma oportunidade” e, com isso, assegurar a sua presença no próximo executivo municipal.

A apostar numa campanha composta por trabalho porta a porta, sessões de esclarecimento e pequenos comícios, a candidatura do PSD aposta, esta noite, num “mega jantar” que vai ter lugar no pavilhão Serafim Marques, em S. Paio de Gramaços, a partir das 20h00. Uma verdadeira prova de esforço atendendo àquilo que é o historial de jantares comícios realizados naquele espaço e de onde sobressai a capacidade de verdadeira mobilização. Recorde-se que há quatro anos, o pavilhão Serafim Marques ficou cheio por duas vezes, ao servir de palco às candidaturas do PSD e do movimento independente Oliveira do Hospital Sempre, com ambos os projetos políticos a conseguirem lotar o pavilhão de basquetebol. Um feito que a candidata Cristina Oliveira não tem dúvidas que venha a conseguir, confiante que está no facto de o concelho ser de tradição social democrata. “O concelho é e sempre foi PSD”, tem repetido a candidata à Câmara que se propõe a por termo à gestão municipal socialista, devolvendo os destinos do concelho ao PSD. No encontro com apoiantes da sua candidatura, Cristina Oliveira contará com o apoio do secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Luís Campos Ferreira.

A terminar uma campanha intensa no contacto com as populações – sucederam-se por todo o lado as sessões de esclarecimento e os comícios – a candidatura do PS queima “os últimos cartuchos” num palco onde há já quatro anos cantou antecipadamente a vitória. Em causa, o Largo Ribeiro do Amaral, onde a candidatura de José Carlos Alexandrino foi brindada com um banho de multidão e que, conta vir a repetir. Fruto do mau tempo que se tem feito sentir, o “grande comício de encerramento” foi deslocalizado para o piso inferior, o silo automóvel, a partir das 21h30. Confiante numa confortável maioria, os socialistas deverão centrar todos os esforços no apelo ao maior número de votos possível e na crítica àquela que é entendida como a principal adversária às autárquicas de 29 de setembro, a candidatura pelo PSD.

Do lado da candidatura da CDU, encabeçada por João Dinis não é conhecida até ao momento a calendarização de qualquer comício para este último dia de campanha.

Nota: A ordem com que os candidatos surgem referenciados no presente artigo respeita a ordem em que cada uma das candidaturas marca presença no boletim de voto.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

  • Erasmo de Roterdão

    Srª.Dra.Não sou de julgamentos de praça publica mas… há sempre um mas…

  • bimbo

    Grande Noite quase 1500 pessoas não é por acaso

  • Erasmo de Roterdão

    Quase foram mais no jantar que nas urnas..! Sempre me pareceu que, no PSD, são mais para comer à borla e à custa do orçamento..! E, contra factos…