Candidatos fazem “sprint” final em comícios de encerramento

Os três principais candidatos às eleições autárquicas de domingo queimam hoje e amanhã os últimos cartuchos, numa campanha eleitoral como nunca se viu em Oliveira do Hospital.

As emoções estão ao rubro, e na candidatura de José Carlos Alexandrino pede-se a maioria absoluta. No movimento de eleitores independentes “Oliveira do Hospital, Sempre”, José Carlos Mendes tem superado todas as expectativas e a “onda roxa” acredita na vitória.

Com o eleitorado muito dividido, o candidato do PSD, Mário Alves, está entretanto a ter uma das suas piores experiências políticas em campanha eleitoral, e teme a abertura de um novo ciclo político.

Para o dia de encerramento da campanha, o PSD tem agendado para esta sexta-feira um comício, às 22h00, no salão polivalente do Agrupamento Brás Garcia de Mascarenhas; O PS vem para a rua e, a partir das 21h00, quer encher o local mais emblemático da cidade – o largo Ribeiro do Amaral.

À mesma hora, o movimento de eleitores independentes “Oliveira do Hospital, Sempre”, anuncia um mega-comício nas antigas instalações da Infinitum.

Renhidas estão também as eleições para a Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital. Os independentes concorrem com uma assistente social, Luísa Valles, enquanto que o PS aposta no empresário António Lopes. O PSD, candidata-se com um médico ortopedista, José António Madeira Dias.

LEIA TAMBÉM

PS vence Assembleia Municipal e PSD fica com a maioria das Juntas de Freguesia

 

Com António Lopes como cabeça de cartaz, o PS foi também o partido mais votado para a Assembleia Municipal.

José Carlos Alexandrino é o novo presidente da Câmara de Oliveira do Hospital

O PS conseguiu hoje um feito que não se repetia desde 1989. Alexandrino devolveu a Câmara Municipal aos socialistas.