Candidatura da ESTGOH: Alves reagiu em reunião de Câmara e candidato da CDU reuniu com director

“Não sei se trouxe ou não à reunião. Para mim, isso é pouco importante. Importante era tentar encontrar uma solução”, esclareceu o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, em reunião pública do executivo, depois de interpelado pelos vereadores socialistas Maria José Freixinho e José Ribeiro de Almeida.

Na opinião do presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital as “hipóteses de solução” para as futuras instalações da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) não devem ser desprezadas, para que “amanhã, ninguém diga que não há uma solução em Oliveira do Hospital porque o presidente da Câmara rejeitou esta ou aquela hipótese”.

Segundo explicou o autarca, o objectivo da candidatura aos fundos do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), que acabou por ser chumbada, era de “tentar aproveitar aquela hipótese” e depois, em caso de viabilização, levar o assunto à reunião do executivo e Assembleia Municipal, para evitar a criação – “como porventura outros fariam”, referiu – de “factos políticos”.

O que Mário Alves também clarificou é que “quem tem maioria decide”. “Mesmo que vocês fossem contra, nós estaríamos sempre em condições de viabilizar”, sustentou o autarca tomando o exemplo das Grandes Opções do Plano e do Orçamento que foram votados desfavoravelmente pelos socialistas, mas que foram colocados em marcha pela maioria social-democrata.

Candidato da CDU reuniu com director da ESTGOH e insiste na construção de instalações na zona urbana da cidade

“É necessário libertar a ESTGOH da prisão”. Quem o diz é o candidato da CDU à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital depois de, também anteontem, se ter reunido com o director daquele estabelecimento de ensino.

Insistente na tese de que as futuras instalações da ESTGOH devem ser construídas de raiz, João Dinis volta a defender em comunicado enviado ao correiodabeiraserra.com que tal venha a acontecer “nos terrenos adquiridos para esse efeito, há cinco anos, pela Câmara Municipal dentro da freguesia de Oliveira do Hospital”.

Assumindo o caso ESTGOH como uma das prioridades da candidatura CDU, João Dinis aponta também o dedo aos Serviços Sociais ao dispor dos alunos que entende como “muito insatisfatórios”, já que as condições actuais não permitem à escola assegurar os apoios sociais aos alunos bolseiros que ultrapassam mais de um terço dos 600 que frequentam a escola.

Apontada como “outro dos graves problemas da ESTGOH”, a falta de financiamento proveniente do Orçamento de Estado é também citada pelo candidato, que acaba por denunciar a incapacidade da escola para pagar salários, acabando por penalizar os alunos e os conduzir ao abandono.

Em face deste cenário, Dinis atira responsabilidades ao Governo PS a quem “compete concretizar e muito rapidamente” as prioridades da ESTGOH, por “durante estes últimos quatro anos, nem construir a ESTGOH, nem a deixar construir”.

No rol dos responsáveis, João Dinis inclui também a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, criticando a “candidatura quase clandestina ao QREN para a construção das novas instalações da ESTGOH na ACIBEIRA”.

“Trata-se de um erro estratégico que, nem sequer ficaria significativamente mais barato – custaria mais de cinco milhões de Euros – do que construir tudo de raiz dentro da zona urbana da Cidade”, sublinha o candidato.

O candidato da CDU desafia ainda os candidatos de outros partidos políticos a pronunciarem-se “pública e inequivocamente” sobre a futura localização da ESTGOH.

Não deixa contudo de sublinhar o “milagre” conseguido até aqui pela equipa da ESTGOH que consegue manter a escola organizada e em funcionamento naquelas exíguas instalações. “Aliás uma verdadeira prisão da qual é necessário libertar a ESTGOH”, remata o candidato.

LEIA TAMBÉM

Incêndios adiam da tomada de posse do executivo da autarquia oliveirense

A catástrofe que se abateu sobre Oliveira do Hospital, com os incêndios, levou a uma …

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …