Candidaturas medem forças na corrida à Câmara Municipal

Na contagem decrescente para as eleições autárquicas de 29 de Setembro, multiplicam-se os esforços de convencer o eleitorado. CDS-PP realiza esta noite o primeiro jantar comício na cidade. O PSD tem amanhã lanche – comício em Penalva de Alva. PS tem fim de semana repleto de comícios e arruadas, depositando elevadas expectativas nas iniciativas de domingo.

psalex

Outdoors, cartazes, info mails, páginas do facebook e propaganda sonora. Tudo isto e muito mais tem tomado conta do dia a dia dos oliveirenses. Nada de anormal atendendo ao momento eleitoral em que o país está mergulhado e Oliveira do Hospital não é exceção.

É de eleições autárquicas que se trata, com o povo de Oliveira do Hospital a ser desafiado a avaliar o trabalho feito no mandato autárquico que agora termina e a eleger a equipa que vai gerir os destinos do concelho por mais quatro anos.

E são quatro as opções: José Carlos Alexandrino (PS), Cristina Oliveira (PSD), José Vasco Campos (CDS) e João Dinis (CDU). Porém no que ao futuro presidente de Câmara diz respeito é sobretudo entre os dois principais partidos (PS e PSD) que se centra a luta política. De um lado, José Carlos Alexandrino, atual presidente e recandidato à Câmara Municipal pelo PS e por outro lado Cristina Oliveira, que pela primeira vez entra na luta eleitoral autárquica no concelho de onde é natural. Do lado do CDS-PP, José Vasco de Campos luta pelo lugar de vereador num executivo onde o candidato João Dinis pela CDU sabe de antemão que não consegue chegar.

psdcoCandidatos que com o decorrer da campanha eleitoral endurecem a luta política, com o recandidato pelo PS a ser objeto de críticas que lhe vão sendo arremessadas pelos cabeças de lista das três candidaturas adversárias. A dar tudo “pelas pessoas”, José Carlos Alexandrino não se deixa contudo esmorecer, fazendo questão de marcar presença em cada um das freguesias e localidades do concelho. Em jeito de sessões de esclarecimento, o ainda presidente apela à confiança dos oliveirenses a quem faz também questão de prestar contas do trabalho feito. Ações a que vai dar continuidade no decorrer do fim de semana, com a candidatura a esperar por fortes mobilizações no almoço de domingo em Nogueira do Cravo e no comício noturno, no mesmo dia, no Campo do Vasco da gama, em Seixo da Beira.

cds

Sem contas ainda para prestar ao povo, a candidata do PSD, Cristina Oliveira que garante que veio para ficar assentou arraiais por cá, levando igualmente por diante a missão de contactar com os oliveirenses nas várias freguesias e locais. Um trabalho que faz num “concelho laranja” e onde se mostra confiante no voto de um eleitorado que entende “social democrata”. No fim de semana, que é último antes das eleições de 29 de setembro, Cristina Oliveira vai igualmente desdobrar-se em comícios, perspetivando para o final da tarde de sábado, uma forte participação no lanche comício que tem agendado para Penalva de Alva.

A dar a cara pelo CDS-PP, José Vasco Campos dá igualmente o tudo por tudo no contacto com as populações. Para hoje o candidato centrista tem agendado um jantar comício num restaurante da cidade, onde espera juntar três centenas de oliveirenses. Uma primeira prova à capacidade de mobilização do jovem que promete “mais pela nossa terra”.

janoA pouco mais de uma semana para que ao povo seja devolvida a responsabilidade de escolher os novos autarcas, os vários candidatos submetem-se a verdadeiras provas de fogo que a atender pela capacidade de mobilização permitem antecipar os resultados das eleições de 29 de setembro.

LEIA TAMBÉM

Nelas declara estado de emergência municipal devido à seca

O presidente da câmara de Nelas fala em “racionamento de guerra” devido à seca, adiantando …

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …