Capital dos Frutos Silvestres assina protocolo com Câmara Municipal de Gouveia

A empresa Capital dos Frutos Silvestres assinou ontem na Câmara Municipal de Gouveia o protocolo entre com a Associação de Jovens Agricultores de Portugal, para a criação da loja do Agricultor em Gouveia e em Midões (Tábua). Essas lojas de atendimento ao agricultor serão um espaço para apoio técnico, aconselhamento e para fazer os pedidos na plataforma da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (Drap).

O momento serviu também para um protocolo com o Município de Gouveia para a criação da primeira incubadora portuguesa de agricultura, onde se poderá fazer tudo para a criação de uma plantação, desde a concepção do negócio de qualquer pessoa até à sua comercialização.

“Assinatura de Protocolo de colaboração entre o Município de Gouveia e a empresa Capital dos Frutos Silvestres Lda, que decorreu hoje [ontem], nos Paços do Concelho. A assinatura deste protocolo visa a promoção e realização de um conjunto de tarefas nomeadamente, recepção de candidaturas, parcelário, recepção/informatização de declarações do SNIRA (Sistema Nacional de Informação e Registo de Animais), Serviço de aconselhamento agrícola, assistência técnica às medidas agro-ambientais, formação profissional, elaboração de projectos, incubação, escoamento e Marketing territorial”, resumem.

LEIA TAMBÉM

O ódio à escola. Autor: Renato Nunes

7h00. O despertador toca e Mauro enrola-se nos cobertores, assim que consegue silenciar o maldito …

Quem compra pássaros? Autor: Renato Nunes.

Todos os sábados, quando ainda mal amanhece, saio de casa em direcção ao mercado semanal. …