À Boleia Autor: André Duarte Feiteira

Carta aberta ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital: Autor André Feiteira

Sr. Presidente José Carlos Alexandrino,

Confesso que as suas palavras, na Assembleia Municipal de 13 de Dezembro, me deixaram bastante preocupado. Sem que o assunto estivesse na ordem do dia e, sem que nada o fizesse prever, o senhor presidente insultou publicamente o órgão de comunicação social CBS dizendo que este pratica um “jornalismo parasitário”. Desde já, gostaria de lhe avivar a memória, porque talvez o senhor presidente tenha tido um problema de expressão. Um ser parasitário é aquele que vive às custas dos outros, o parasita vive em associação com outros seres dos quais retira os meios para a sua sobrevivência.

O capitalismo, quer se goste ou não, é um sistema económico que confere aos privados o controle sobre os meios de produção e distribuição, logo, apelidar um órgão privado de praticar uma actividade “parasitária” não só não soa bem como até revela alguma ignorância. Apesar de existir uma aparente tentativa, que em alguns casos até parece ter surtido efeito (mas deve ser apenas impressão minha), de moldar os órgãos de comunicação social à imagem da Câmara Municipal, interferindo de alguma forma na sua direcção. Quero-lhe dizer que, no que respeita ao CBS, também me parece estar equivocado, onde pelo que assisto, nem a própria administração se intromete na linha editorial.

Abordada já a definição de parasitário, gostaria de lhe frisar duas ou três breves notas sobre jornalismo. O jornalismo consiste na divulgação de factos e informações, e é o que faz o CBS que, ao contrário do que se vê por aqui, não confunde jornalismo com publicidade, são áreas distintas! A publicidade é a difusão pública de produtos ou serviços, que visa dar uma visão favorável sobre os mesmos. Por sua vez, o jornalismo, deve transmitir a visão real dos acontecimentos. Caso a função da comunicação social local fosse promover a autarquia, qual seria a função da página municipal? Pois é senhor presidente, é por isso que existem diferentes áreas profissionais. É preciso diferencia-las, para não confundir publicidade com jornalismo. Esse jornalismo parasitário de que fala, deu a conhecer aos leitores, além das muitas actividades realizadas pelo nosso município, que a Joana Neves de Oliveira do Hospital brilha em Londres, que o João Quaresma, também de Oliveira do Hospital, deu a conhecer a gastronomia portuguesa pela Europa, que a autarquia limpou com as máquinas municipais o terreno privado do engenheiro Belmiro de Azevedo e, entre muitas outras, que os fontanários em Alvôco das Várzeas devem permanecer sem água, “pois se a água pode ser vendida para quê oferecê-la?”. E, tudo isto foi ou não foi real, senhor presidente? Os jornais devem transmitir a realidade, posteriormente e, caso haja necessidade, as instituições, indivíduos e colectividades visadas se sentirem que não foram convenientemente ouvidas, sempre podem utilizar o direito de resposta. E tenho lido uns poucos, incluindo alguns que me parecem deslocados do contexto da notícia.

Mas, senhor presidente, diga-me, houve alguma notícia que foi fantasiada? O que me criou mais preocupação nas suas palavras foi o local onde foram ditas. Disse com um ar insultuoso que o CBS praticava um jornalismo parasitário, curiosamente é o CBS que fornece as informações e o guião para a maioria das intervenções na Assembleia Municipal.

Para finalizar senhor presidente, há um aspecto em que concordo consigo, não é parasitário, mas acertou quando disse que é jornalismo, pois pelo que se pode observar, muitos já deixaram essa actividade faz tempo, tornando-se agentes publicitários. O CBS, mantendo-se fiel às directrizes jornalísticas faz o que um jornal deve fazer, um jornalismo isento, idóneo e que tenta retractar a realidade como ela é.

A liberdade de expressão foi adquirida em 25 de Abril de 1974, da mesma forma que a usou para denegrir publicamente o CBS, tomei a liberdade de lhe explicar estes dois conceitos. Publicidade não é jornalismo!

Cordialmente,

André Feiteira

Porta-voz dos Números. Autor: André FeiteiraAutor: André Feiteira

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

O “Ciclone de Fogo” varreu aquela noite que o foi de (quase) todos os medos… Autor: João Dinis, Jano

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …

  • Pense nisso

    Caro André,

    Permita-me confrontá-lo com o seguinte: serão as suas
    habilitações académicas suficientemente vastas e abrangentes que lhe
    possibilitem ter assaz competência de ajuizar relativamente a direitos e deveres
    do jornalismo? Gostaria que me respondesse a esta questão.

    Perdoe-me o abuso de linguagem, mas já que estamos numa
    onda de pseudo-jornalismo, quero lembrá-lo que o jornal que diz defender não é
    o exemplo mais sólido de um jornalismo isento e coerente. Você sabe bem disso,
    não preciso de recuar 5 anos para lhe explicar, estarei certo?

    Termino com uma passagem de um artigo que li recentemente.
    Esta é para você reflectir, à devida dimensão.

    “Um país só pode ser tão bom quanto os meios de comunicação social que tem.”

  • Carlos

    Há quem não tenha medo de lutar para que o medo acabe. Parabéns André

  • Habitante do Burgo

    É bem verdade, a comunicação local está limitada, a maioria das noticias apenas transmitem as boas novas da CMOH. Parece que o tempo da censura regressou.

  • Iletrado

    E é preciso habilitações neste concelho? A avaliar pelos técnicos de comunicação e pelas equipas multidisciplinares penso que a 4ª classe é suficiente, desde que, se cacique um pouco!

  • Rui P.

    E quem fala assim não é gago.

  • Marco

    Continue a defender os seus ideais, pode não vencer a batalha, mas irá com toda a certeza vencer muitas guerras. Abraço Marco

  • Zé Manel

    São questionáveis, para não dizer pior, os critérios jornalísticos de um órgão que, em vez de se focar no que se passa na AM, escolhe o ângulo ‘O que António Lopes faz na AM’ para dar notícias. Há muitos mais deputados eleitos e muito mais trabalho político a acontecer no concelho que vocês optam por não noticiar.

    Não digo que não seja noticiável que um antigo presidente da AM passe a vida a dizer bacoradas demagógicas e, em muitos casos, com pouco fundo de verdade, é noticiável sim senhor. Mas chega a ser ridículo o concelho ficar bem colocado no ranking da transparência e vocês fazerem uma volta gigante para tentar contrariar os factos ou mesmo optarem por títulos como «
    Alexandrino pondera baixar o preço da água que no mês de Março sofreu um violento aumento.» – não vou esclarecer uma pessoa que diz ter formação no quão errado está tudo isto, não só a nível ético, mas também jornalístico. Vão lavar a cabeça a burros!

    • Guerra Junqueiro

      Já se perguntou tanta vez quem é a administração da BLC3, qual a relação com a CMOH e não dão respostas.
      O Mário Alves e o Paulo Rocha questionaram 14 vezes o que se passava com o cfé central e não obtiveram resposta, os mesmos perguntaram 12 vezes qual era a função e o vencimento de Henrique Barreto na BLC3 e nunca obtiveram resposta, tal como nunca respondeu o valor que este recebeu de 750€ por ter feito uma página de facebook que demora 10 minutos a fazer.
      Todas as questões levantadas na ultima AM não obtiveram resposta, assim como ainda não foi dada resposta a todas as questões pedidas por escrito por António Lopes.
      Afinal onde está a ética? Onde está a transparência?
      Se precisar que lhe volte a lavar a cabeça, é só pedir.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

      • Zé Manel

        Leia melhor as actas sobre o Café Central. E tem a certeza que os 750 euros foram para criar a página? Não seriam antes para a manter actualizada?

        Obrigado por ser tão prestimoso, não sabia que tinha jeito para cabeleireiro.

        • Guerra Junqueiro

          Até hoje, o contrato e as facturas justificativas dos 750€ não são conhecidas. Coloque aqui a justificação, pois o Sr Presidente nunca respondeu convincentemente a este item assim como todos os outros.
          As actas sobre o “Café Central” estão aí nos comentário, por isso não vale a pena negar. Pior, dá a sensação que o Presidente tudo fez para que o arrendatário nada pague. Com um bocadinho de sorte, a CMOH, ainda tem que o indemnizar, como o dinheiro é de nós todos, e não sai da conta dele, o mais natural é ir comemorar lá para os lados de Midões.

          Cumprimentos
          Guerra Junqueiro

          • Sr. Viegas

            Caro Guerra Junqueiro, não se apoquente, é tudo gente séria!

          • Guerra Junqueiro

            Esqueci-me de terminar, dizendo-lhe mais uma vez que disponha. Peço-lhe é que não abane muito a cabeça, faz muita corrente de ar com as orelhas.

            Cumprimentos
            Guerra Junqueiro

      • ups!

        Lembremos também uma determinada administrativa/secretária, que comprou um determinado apartamento com uma determinado ordenado que rondava os 1500€? Não se lembra?

        • Guerra Junqueiro

          O caso da administrativa não deve vir em acta, pois se viesse eu já teria dado conta.
          Os casos que referi, são públicos e publicados, estão em actas aprovadas. Gosto de discutir com documentos e conhecimento da causa. Não gosto “ups” de ser apanhado sem defesa.

          Cumprimentos
          Guerra Junqueiro

      • JPCRUZ

        Caro amigo ,
        Eu próprio perguntei a senhor Presidente da câmara quanto anualmente a BLC3 recebia diretamente e indiretamente? quanto ficou a hipoteca da antiga ACIBEIRA? quanto é que ficará as obras da antiga sede da ACIBEIRA? Não tive respostas sobre estas perguntas . assim sendo a “gamela” continua para os boys

    • Combate

      Podes concretizar,ó “Zé Manel”..? Ele disse, lá na AM que o que afirmava provava.Deixou o documentos e desafiou o presidente a provar o que diz. Até o mandou ler a folha 103 da Acta, para se ver quem mente..Também lhe disse que, por causa das mentiras e das afirmações caluniosas já estava duas vezes arguido…

      • Zé Manel

        Combate, podia assinar como Presidente destituído que a gente não levava a mal! Se há tantos documentos e tantas provas, avance para a justiça com um processo por gestão danosa. Até agora, só fumaça.

        • Aperta Zés

          Ainda mais??? Ele já não se aguenta com os que lá tem.
          Mas não te preocupes, já que pedes, pode ser que te façam a vontade.

        • Combate

          Já lá está…Achas que a ele é preciso assobiar..?Vocês pensam que ele brinca… não deu até 15 de Janeiro para lá porem tudo? No outro dia tinha lá estado a inspeção e estava tudo bem. Agora, que ele pediu o resultado da auditoria, já estão no contraditório..! Se estava tudo bem contraditório para quê? Não disse que ia começar a divulgar tudo nos jornais? Achas que ele não cumpre..? Tanta transparência porque nunca respondeu objectivamente às perguntas sobre o Barreto? há 12 actas em mais de 6 meses..! É muita ” legalidade e transparência”.Deixai-vos andar…não queria estar no vosso lugar…

    • Eu é mais bolos

      Zé Manel mostra algum bom senso, faz como o José Severino num sketch do Herman Enciclopédia e fale só sobre o que sabe, que não parece ser muito. No caso do Severino “era mais bolos.”. O seu parece ser mais “bajulação a troco de uns euros”. Fale sobre isso. Só sobre isso. Entende? Não? Veja lá. E citando Abílio Guerra Junqueiro: disponha sempre que precise de lavar a cabeça.

  • Sr, Agente

    Oh Zé Manel, pergunta ai aos assessores de comunicação da CMOH quais os cursos superiores que têm…A Politíca infelizmente ainda não dá equivalência superiores e, quando dá, acontece o que acontece com o Sócrates…Aqui ainda não foram presos, mas já andam a ser investigados, cuidado!

  • João C.

    Olééé

  • Ruka

    Amigo André, tão bem te percebo.

  • Ricardo Saraiva

    Ainda há juventude com massa crítica. Muito bem jovem

  • Miguel Lopes

    Fortíssimo André, continue no bom caminho

  • Sim, senhor!

    O chamado bailinho da Madeira!

  • Sr. Viegas

    Que saudades do meu tempo de juventude, a altura em que temos força para ir à luta. Que se contagie este efeito por toda a juventude, pois os que se dizem pro-activos com este executivo, sabem bem porque lá estão e como lá foram parar! O caminho mais difícil raramente é apontado como o que deve ser seguido, mas no fim, ahh no fim, no fim sabe sempre melhor. Cumprimentos, Sr. Viegas

  • Comunicação Social

    A Folha de Couve e a os rapazes dos filmes da disney parecem o panfleto LIDL!

  • ups

    Tanto texto para dizer coisa nenhuma!! Ainda faltam os comentários dos alter-egos do costume para fazer as queixas do costume!

  • Eu é mais bolos

    Caro André, devo-lhe dizer que nem tudo o que vejo no CBS me agrada. Mas tem uma enorme vantagem sobre a concorrência: a coragem de escrutinar o poder e de não se vergar a quem confunde a Estrada da Beira, com a Beira da Estrada, denunciando muitos dos casos pouco dignificantes que se passam cá pelo burgo. O Independente, o meu amigo não se recordará, sempre um jornal identificado como uma determinada linha editorial, mas por boas e más razões, a verdadeira oposição a Cavaco Silva. Fez cair ministros. Denunciou casos de corrupção. Oliveira do Hospital precisa de um jornal como o CBS. De alguém que dê voz aos descontentes com os atropelos desta rapaziada das festas e futebol. Que não esteja dependente da boa vontade do Sr. Presidente. Os meus parabéns e continuem.

  • Politicalex

    “Ups” : Tens razão..! Mas, também, o vice presidente da Câmara dar uma de irritado, negar que o apoio ao ensino superior baixou de 70 para 50 mil, quando ele baixou mesmo é capaz de ser grave. Fica provado que não sabia o que lá estava.Sendo que tem sido o líder do partido e vai voltar a ser…Era bom que eles também virassem um bocadinho de “alter egos” na função…O Alex defendeu o Beira Serra em 2006 pelos motivos que ele agora faz.É capaz de ficar feio.Deu 2 entrevistas contra o Lopes , num mês. Ao Lopes não perguntaram nada. Ele é sempre questionado, como mandam as regras. E diz que é jornalismo de sargeta? Não gosta da fruta? O CBS não lhe pede nada nem lhe cobra nada.tem deles que é contratos de 500 euros mês”para o ordenado do Jornalista”.O “terror do Mário Alves” virou director de comunicação!!! Isso sim, é jornalismo..!

  • ups!

    Erro meu… afinal o de sempre, anda sempre com as mesmas palavras da boca. Estranha-me que com um pseudónimo tão elaborado tenha assuntos tão limitados.É sempre uma aventura ver estes comentários, mas já dizia o outro “zangam-se as comadres descobrem-se as verdades” . Não perco esta novela de alter-egos do costume.nem por nada!

  • Politicalex

    Faz muito bem.Bom, bom, é comprar lugar cativo na 1ª fila, para não perder pitada. O preço é uma agradável surpresa.O espectáculo, já vi bem pior e, paguei..!

  • Publico

    “nem a própria administração se intromete na linha editorial.”
    Parece que foi dito na Assembleia:
    “Vou MANDAR PUBLICAR nesse jornal os meus numeros ”
    Quem tera dito tal afirmacao?
    Sera que alguem acredita que este blog e imparcial?
    Sera que alguem acredita que a administracao nao se intromete na linha editorial?
    A ser assim a Liliana ainda esraria a trabalhar no pasquim.

    • Guerra Junqueiro

      Tenho lido muitos direitos a respostas que “mandaram” publicar.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

  • António Lopes

    Ouviu mal; “Vou passar a mandar para todos os Jornais” Como dizia o vosso correlegionário , Manuel Alegre, a mim ninguém me cala” Não foi isto que ouviu? .Publicar, pois, é capaz de ser só este, Se o director assim o entender.Nem tudo é notícia de jornal.É que, não tem muito tempo, mandei a vários jornais para ser publicado como publicidade.Só a Comarca de Arganil se disponibilizou.Viu alguém escrever sobre o “golpe de Estado”? É todos os dias que se demite um presidente de AM? Viu alguma notícia ou pergunta ao visado? É isso o bom jornalismo? Mas viu 2 entrevistas do Presidente da Câmara, contra mim.Alguém me deu o obrigatório, legalmente, direito ao contraditório? Publica-se alguma notícia no CBS sem que a Câmara ou os visados sejam ouvidos? Nem sempre respondem.Questionados são sempre.E não é um favor.É um dever, previsto e recomendado no Código dos Jornalistas.Depois, “escrever é ser do contra.O dever de um jornal é escrutinar o poder.Todo o poder”.Caixas de ressonância, com avença, podem ser tudo menos informação…E contra factos…

  • Pedro Sousa

    Quem estava supernervoso foi aquele palestrante que espalhou os papeis pelo chão.
    Tem estado tão alterado que se esqueceu do regimento… Ou por desconhecimento ou por falta de educação lá continua a interromper a Assembleia com comentários que nao o dignificam como deputado.
    Foi para isto que foi eleito? Foi esta forma de ser que prometeu aos eleitores?
    Melhores personagens Só mesmo a “nata” do PPD que se senta ao fundo da sala e sai de lá com o rabinho entre as pernas e com as orelhas a arder quando lhes referem factos que evidenciam tanta competencia.

    • Guerra Junqueiro

      Caro Pedro Sousa;

      Os papeis caíram aquele que os leu, compreendeu e discutiu.Já os outros, entre eles, aqueles que os fizeram, não os leram, não os compreenderam, não os discutiram e como é lógico não os conseguiram defender.
      A “nata” do PSD, saiu de lá a doer-lhe a barriga de tanto rir com as tristes figuras feitas pelo executivo e seus partner’s políticos.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

  • Ana Isabel Mota

    Caro André, as tuas aulas de ciências naturais do 8.º ano estão muito esquecidas. Ler este texto revelou que a conhecida falta de talento para a escrita e a obsoleta ideologia política, que já por si me deixam reticente, ainda se fazem acompanhar de gralhas sobre biologia. E embora a minha área de formação seja ciência política e relações internacionais, considero-me ecléctica o suficiente para te dar umas luzes acerca de relações bióticas interespecíficas. Vamos lá? Então é assim, é um paradoxo falares em “parasitas que vivem em associação com outros seres”… porque vivendo em associação deixa de ser parasitismo e passa a ser simbiose. Ou seja, no parasitismo só um dos intervenientes beneficia sendo que o hospedeiro é prejudicado e claro, são independentes um do outro. Já a simbiose, é quando vivem em ASSOCIAÇÃO porque é uma forma de ambos ganharem. É o caso dos líquenes! (consultar imagem)

    Respeitosos cumprimentos,

    Ana

    • António Lopes

      Isto ainda vai virar universidade…Já que o a opção ESTGOH perdeu para a bola, acho muito bem enveredar-se por este caminho.Também eu, aprendi alguma coisa.Obrigado.Assim e com foto, é muito bonito.Espero que as “noite boas” anónimas que por aqui andam, ganhem coragem com o seu exemplo…

    • Caladinha eras poeta

      Ana, muito obrigado pela aula de biologia. Já vi que domina a biologia, as ciências políticas e as relações internacionais…bravo! No entanto, e com tanta graduação, acaba por perder tempo a fazer este tipo de comentário…deve ter sido electricidade a mais…Com tanta sabedoria deves trabalhar para a NASA, ou então está em casa, à espera que ao cair em graça seja recrutada pela CMOH. Se fosse boa em qualquer das áreas que referiu, não fazia comentários mesquinhas, o problema é que quando ninguém nos gaba sentimos a necessidade de o fazer. Parabéns pelas graduações

      • Ana Isabel Mota

        Ser recrutada pela CMOH, porquê? Porque ponho aqui o meu nome e dou a cara pelas minhas opiniões?
        Só te incomoda que eu tenha coragem de dizer o meu nome porque gostas de comentar na sombra… se calhar tu é que não queres perder o “recrutamento”. Obrigado pelos parabéns, mas não os aceito. A minha mãe ensinou-me a desconfiar de desconhecidos.

        MOSTRA O TEU NOME!

        • Rita

          Quem “põe” são as galinhas…senhora graduada!

          • Ana Isabel Mota

            Que meta, então. Ou que coloque, como preferir.

    • Nuno V.

      Oh Amiga, poupe-nos, ou contribui para o debate com algo sério ou vá-se encher de moscas!

      • Ana Isabel Mota

        É algo sério! Significa que este espaço de opinião e o seu interveniente constroem textos cheios de gralhas e sem cultura.
        Eu contribuo para o debate alertando para falhas que acho ser necessário serem colmatas.

    • Lérias

      óh Amiga, e cortares os pulsos? Topas?

    • toina

      pfff, que toninha..

    • Guerra Junqueiro

      Cara Ana Mota;

      Fico satisfeito que tenha pelo menos estudado no 8º ano, pena é que não tenha estudado o suficiente, levando-a a fazer este comentário que só demonstra que nem uma pequena procura na “Wikipédia” se deu ao trabalho de fazer. Os Parasitas, gostam que façam o trabalho por eles, como tal, deixei-me parasitar um pouco e trabalhei o suficiente para a esclarecer.
      Fica então a saber, que o parasitismo, é a ASSOCIAÇÃO entre seres vivos, na qual existe um ser apenas que se beneficia, sendo um dos associados prejudicado nessa relação desarmónica.

      Já no que respeita à ideologia politica, embora a defina como obsoleta, parece-me que é a quem tem tirado isto da crise, e posto a justiça a funcionar deixando estabelecimentos prisionais como o de Évora sair do estado de obsoletismo.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

      • Ana Isabel Mota

        E o senhor a bater na mesma tecla… tudo o que disse no segundo parágrafo está certíssimo, com excepção da palavra associação. Ou seja, esteve a fazer um trabalho tão útil em ir à wikipédia, trouxe a definição correcta mas o problema prende-se com o significado da palavra “associação”. Significa normalmente que dois ou mais elementos se unem em torno de um objectivo. O que não é o caso! O parasita invade para seu benefício e o hospedeiro quer tudo menos associar-se ao parasita, antes pelo contrário normalmente associa-se a outros animais que são predadores desses parasitas. É o caso de algumas aves que se alimentam dos parasitas do gado….

        Quanto ao resto…. quer mesmo que me dê ao trabalho de enumerar nomes de pessoas do PSD com problemas com a polícia?

        • cavalcanti

          Demonstra nada saber de associação.A definição que deu qualquer burrinho a sabe.Todos sabemos que associar tem que ter dois ou mais elementos com o mesmo objectivo. `Foi copiar e mandar boca é mesmo parasita.Parece que fugiram muitos para a Câmara.É uma delas? Não parasite tanto. Pratique associativismo e voluntariado e assim será alguém “graduado”

          • Ana Isabel Mota

            Não, não copiei. E não me chame parasita porque que eu saiba nunca retirei proveito de ninguém. Quanto à câmara, se lá trabalhar pode crer que é por mérito próprio. E para sua satisfação pratico associativismo e voluntariado e desde os 14 anos. Só não entendo de onde vem tanto rancor contra o facto de ser graduada quando eu nem sequer usei isso como forma de me sobrepor a ninguém… será inveja? Fique a saber que ninguém é mais que o outro porque teve a oportunidade de frequentar o ensino superior.
            Se o senhor não me conhece, ou se conhece é muito mal por isso tenha tento na língua. Porque eu só falo com educação, e olhe que não é porque andei 3 anitos a estudar. Chama-se carácter e a si, a julgar pelo seu comentário, falta-lhe bastante.

          • Malhadinhas

            Aninha, pela sua rica saúde, vista o pijama e vá dormir. Está na hora. Com tantas habilitações ainda resolve aqui alguns dos problemas de Hilbert e nós não precisamos de mais provas da sua elevada cultura. Vá, vá dormir. Isso…

          • Toina xuxalista

            Esta até diz em público que vai ter que emigrar…tenham pena da menina, é só mais um tacho, arrumem-no lá para os lados do burgo.

          • Ana Isabel Mota

            E se emigrar? Você tem alguma legitimidade para me julgar?
            Preferia que ficasse aqui à espera que a segurança social me governasse e não tentasse o meu próprio sustento? E se alguma vez o disse em público, estou no direito de o fazer a vida é minha, posso fazer o que bem me apetecer desde que não prejudique terceiros. Se sente incomodado, vá meter-se na sua vida. Não preciso que tenham pena de mim, e muito menos que me arranjem um tacho, se calhar é você que quer ou já tem tacho e por isso é que tem medo de dar a cara para me dizer o que disse! Tenha vergonha! E uma coisa lhe garanto, se há pessoa que está desempregada e mesmo assim não quer tachos nenhuns, sou eu! Eu cá não tenho medo de trabalhar e lutar pelas coisas!

          • Aninhas

            Nunca fiz nada da vida, o que tenho foi-me dado, mas como me chamo Aninhas e mando uns bitaites a enaltecer (como se já não houvesse muito boa gente paga para fazer tal coisa) o senhor presidente, não se arranja ai uma cadeira? Tente como assessora, ouvi dizer que nem precisa das habilitações que tem, e é paga ao km…

          • Ana Isabel Mota

            Trabalho todos os dias agarrada a uma máquina de costura! Porque infelizmente ainda não tive dinheiro para realizar mestrado.
            E o que tenho foi-me dado com o suor dos meus pais.
            Além do mais, nesta página ainda não me viu escrever nem bem nem mal do presidente uma única vez. E agora diga-me, se já acabei o curso em Julho, ora só agora em Dezembro é que me lembrei de tentar tacho político? E por acaso não seria mais fácil pedir directamente do que tentar ficar bem vista por aqui? Deve achar que utilizo o meu nome só para saberem quem sou na CMOH, fique a saber que uso o meu nome porque não preciso de me esconder atrás de pseudónimos falsos para dizer o que penso!

        • Guerra Junqueiro

          Não vou perder mais tempo consigo.
          Procure a palavra “associação”, e depois estou aberto ao seu pedido de desculpas.

          Cumprimentos
          Guerra Junqueiro

          Parasitismo
          Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

          Parasitismo (do grego παράσιτος, parásîtos: de pará, ao lado, junto de + sîtos, alimento), podendo significar “aquele que come ao lado de outro”1 é a associação entre seres vivos, na qual existe um ser apenas que se benefícia, sendo um dos associados prejudicado nessa relação. Desse modo, surge o parasita, agente agressor e o hospedeiro, agente que abriga o parasita. O parasita por sua vez, retira os nutrientes do ser o qual está hospedado, representando uma relação desarmônica. Os exemplos mais comuns são o de verminoses (causadas por vermes), o que muita das vezes pode levar o hospedeiro à morte, porém sem essa intenção,pois se o hospedeiro morrer o parasita também morrerá. Os seres que vivem à custa do hospedeiro podem ser de dois tipos: ectoparasitas (fora do corpo do hospedeiro) e endoparasitas (dentro do corpo do hospedeiro)2

          • Ana Isabel Mota

            Pedido de desculpas?!?
            Já cantava o grande Palma: “Deixa-me rir…”
            Sua excelência é que faz comentários baseados num site pouco fidedigno e ainda me acusa a mim de ter estudado pouco!

          • Sr. Viegas

            Não perca o seu precioso tempo caro Abílio Manuel Guerra Junqueiro, uma vez pedra, pedra até morrer!

          • Guerra Junqueiro

            Como lhe disse, nem um pouco de tempo despendeu procurando na Wikipedia, quanto fidedignidade da mesma não me prenunciei.
            Mas como para si, o “grande Palma” é o do “Deixa-me rir…”, estamos conversados, já que para mim, o “grande Palma” morreu em 25/10/1992, não fumava do que fazia rir e operou uma descolonização, até hoje a tarefa mais complicada deste “novo” Portugal.

            Cumprimentos
            Guerra Junqueiro

  • João Quaresma

    Alguém referiu o CBS durante a Assembleia?
    Acho que enfiaram a carapuça!

    • António Lopes

      Desde sempre, é o único que tem honras de discussão, em sede de Assembleia Municipal…Já assim era antes. Tal era a qualidade que o Município até cá veio recrutar…

  • António Lopes

    Tem outros que reúnem para estudar a melhor forma de o calar…Por exemplo, a ele não lhe deram acta da Assembleia de 26 de Abril porque ainda não estava aprovada.Para defender o Município alegaram há mais de um mês o que foi aprovado sábado.Quem estava nervoso era quem estava a desmentir e a negar os números que estavam a apresentar.Se fizessem o trabalho como devem, não precisavam de dar certos espectáculos.O que se disse e mantem é que ia publicar nos comentários.E vou.Como qualquer outro leitor o pode fazer.Aqui paga-se para que possam dizer mal do dono..Não lhes doa a mão nem ganhem calos nos dedos.Com verdade tudo.Se for mentira, eu defendo-me.O jornal, como foi dito, para os pôr lá foi uma maravilha.Agora, parece que não gostam do veneno..! É para saberem o que custou aos anteriores..!

  • António Pereira

    Quem não gosta do veneno não apaga COBARDEMENTE os comentários e não bloqueia IP’s

    • António Lopes

      Não digo que duvido.Tenho a certeza que não.A menos que não respeitem as regras. Se assim fosse não estava cá…

      • regras

        Onde estão as regras?

        • António Lopes

          Código Deontológico.Para hoje já chega.Como falta aquela coisa que escreveu acima e só, COBARDEMENTE anónimo, consegue dizer algo, troco sim, mas enquanto interessa aos leitores todos.O CBS e os factos falam por si.Tem mais algum jornal aberto, por aqui? Sem “rede”? E sem subsídio, também…A liberdade tem um preço e poucos o querem pagar. Nem para por o próprio nome !!!

  • Rita

    Muito muito bem!

  • Paula

    Fácil é ser levado pelo poder, difícil é combate-lo.

  • Carlos Santos

    Olééééé…

  • ressabiados

    Para quem esteve na assembleia o que se percebeu das palavras do presidente da autarquia é que o Beira Serra anda numa de jornalismo parasitário porque copia as notícias dos outros jornais cá da terra. Ultimamente e depois de o caso ser mais do que evidente lá começou a dar numa de dama séria e a citar a origem das notícias. Tudo o mais que se diga é a confusão que três ou quatro ressabiados que se apoderaram do blogue querem semear. É normal que depois de uma assembleia este jornal só traga notícias a defender o chefe Lopes? Isto é jornalismo?

    Enxerguem-se pá.

    • Vai pró lume

      O CBS dá 10 vezes mais noticias do que os outros todos juntos, o resto é musica.
      E mais, dá-as sem sufismos e com verdade, não é por exemplo como as noticias que saíram na “Folha de Couve” e “Centro Tó”. Porque não escreveram e mostraram as respostazinhas que levaram o inginhero Tula, professoreco Alex e companhia limitadíssima (de cérebro). Pois é, não gostam de mostrar a verdade. Meteram o rabinho entre as pernas e ainda ninguém os viu.

    • Guerra Junqueiro

      Não assistiu à AM? Nota-se, é que se tivesse assistido, sabia que de todos, o único que não precisa de defesa é o Lopes. Defendeu-se bem e atacou melhor.
      Estou à espera de ver a defesa do Sr Presidente e do restante grupo parasitário nos órgãos de comunicação pagos pelo regime. Vamos ver que figura vão fazer?

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

  • o bobo

    Sabem o que é que dói ao milhões? Foi ter perdido o lugar de rainha de inglaterra por culpa dele mas quando já muitos avisavam que ele c. sempre à saida, ninguém levou os avisos a sério. Mas infelizmente por onde passou é a história da vida dele. Sabem o que é que lhe vai acontecer? Vai morrer asfixiado com o próprio veneno. Já ninguém lhe passa charuto. Daqui a pouco cá está ele a responder a estes comentários. Faz o papel dele. O de bobo da corte. É um papel que o “homem” sabe fazer.

    • Guerra Junqueiro

      Pelos vistos, tu ainda lhe vais passando algum charuto.
      Reclamar pela verdade, pelos direitos, pela justiça, pela igualdade de oportunidades é cuspir veneno? Então prepare-se, pois vai ter que levar com muito mais deste veneno.
      Quanto a ser bobo, não vi muitos risos. É capaz é de ir dar para chorar. Vamos ver.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

    • António Lopes

      De facto foi uma pena.Sempre que cá vinha um membro do Governo lá estava eu…não falahava a uma festa.Deitava discurso em todo o lado..! Beijava as idosas todas…!E o rendimento que aquilo dá, como é que posso viver sem ele? Antigamente costumava dizer que eu era um “case study”..? Agora sou bobo? O meu ar de chateado..! Vai ter muito “bbo”para aturar…Sugiro que eleve o discurso.A Câmara que eleve a competência.Deu dó ver o que aquela gente sabia do que estavam a defender. O que me custa, foi apoiar uma candidatura que se está a revelar, em tudo, pior que o que combati anteriormente.Como sempre disse:”o dia que se portar igual leva o mesmo tratamento”…Eu, sou dos que cumpro a palavra..!

    • Malhadinhas

      Bobo, vê bem. O homem, que eu saiba, nem fuma, para que queria ele os charutos. Acho que querias dizer: já ninguém lhe passa os cheques daquilo que ele emprestou e que certa escória se recusa a pagar. Como não têm vergonha, nem coluna vertebral, andam na rua como se nada fosse. Ó Bobo será que tu não lhe deves nada? Será? Pensa bem. Devo-te dizer que ao abandonar esta cambada, da qual pareces fazer parte, o homem só subiu na minha consideração. Pelo menos, há por cá um homem que chama os bois pelos nomes e não se aproveita das circunstâncias. Serias capaz, Bobo? Olha que cada vez mais gente como eu, interessada no desenvolvimento de Oliveira do Hospital, se vão juntando às ideias dele. Tem cuidado Bobo, que ainda acabas desempregado, porque me pareces daqueles que sem a bandeirinha vais viver para debaixo da ponte.

  • Chuck Noris

    Gosto deste tipo, a frontalidade agrada-me.

  • Napoleão

    La revolucion Compadre!

  • António Maria

    Sim senhor, alguém com eles no sítio.

  • Ulvária

    Muito bem, um artigo inteligente, bem escrito, verdadeiro. Parabéns, temos necessidade de mais pessoas a escreverem assim.

  • JPCRUZ

    parabéns amigo por este artigo

  • Zé Montanelas

    Uma carta aberta que apenas peca por curta, mas no exposto até que dá uma chapada de luva branca ao Alex, que quando se usava do CBS era tudo bonito, agora que está do outro lado barricada já desdenha, pois Alex sabes nós não temos memória curta, por isso cá estaremos para vir por a nú tudo o que esteja mal neste concelho doa a quem doer, tempos pena.

    Alex em vez de te preocupares com o CBS preocupa-te em fazeres o teu trablaho como deve der e organiza garotada que te rodeia, porque OHP neste momento é o concelho da chacota e festarola, aliás os concelhos vizinhos esperam que assim continue.

    Espero que mantenha os textos no CBS com despido de preconceitos.

  • Olga

    Que atitude, muito bem!

  • António Lopes

    Informado da vontade de tudo ser feito no sentido de eliminar, ou minimizar ,a minha intervenção cívica e política, nomeadamente ao nível da intervenção, na Assembleia Municipal, fiz saber ao Presidente em exercício daquele orgão, que passaria a enviar, aos jornais Regionais, toda a minha correspondência com a AM,nomeadamente os requerimentos.Porque apesar dos discursos escritos serem medidos, em termos de tempo, para não ultrapassem os 5 minutos. não tenho conseguido chegar ao fim,por me mandarem terminar… anunciei, à Assembleia Municipal, que passaria a publicar os meus discursos e intervenções, sobre a forma de comentário,contrariando, assim, a tentativa de me silenciarem.E como esta plateia do CBS é bem maior que a habitual participação de Municípes na AM, penso, ficamos todos a ganhar.Até porque, aqui, só lê quem tiver interesse.Lá quem estiver tem que ouvir.

    Orçamento 2014-2015

    Orçamento que nos é apresentado, pouco ao nada difere dos que aqui temos aprovado, ao longo dos anos. As rubricas ou capítulos, como queiram, são sempre as mesmas, o dinheiro, esse, é cada vez menos, as prioridades são iguais.Analisando as contas aprovadas em Abril, relativas a 2013,o mapa de execução que nos foi apresentado no ponto 1, o orçamento para 2014 e este que hoje estamos a discutir,
    tem umas pequenas engenharias mas nenhuma novidade.

    Em definitivo, aconteça o que acontecer, a matriz é sempre a mesma.Educação e formação profissional não muda porque a responsabilidade maior é do Estado, e está transferida para a autarquia.O grau de execução é o mais elevado, porque não pode
    ser de outra maneira.

    A Cultura Desporto Juventude e Tempos Livres é o capitulo privilegiado deste executivo. As rubricas “Apoio aos Clubes e Associações Desportivas” e “Associações Desportivas sem fins Lucrativos são as “meninas dos olhos” deste executivo com um grau de execução próximo dos 100%. Para ser rigoroso 99,32%..!

    É o item rei do orçamento Municipal,em termos de execução financeira.E como
    as críticas são muitas, inventou-se uma originalidade.Corta-se ao “irmão mais velho”(Apoio aos Clubes) e aumenta-se ao “irmão mais novo” “Associacões Desportivas. sem fins Lucrativos”,que vai levando a fatia que se corta ao “mais velho”.

    Em 2013 foram orçamentados 407,5 mil euros para apoio aos clubes e 25
    mil para as associações desportivas.Não sei bem qual é a diferença destas duas rubricas Portanto, 432,5 mil.Destes, foram concedidos 416 543, 77 euros o que equivale a 96,31%!!! Em 2014 foram orçamentados 300 mil para o Apoio aos Clubes, e 100 mil,
    4 vezes mais, às associações. Logo,um total de 400 mil euros.Neste orçamento, o apoio aos clubes desce para 280 mil e o apoio às associações sobe para 150 mil !!! Portanto 430 mil.Recapitulando, 432,5 em 2013, 400 mil em 2014, 430 mil,mais 30 mil, em 2015.

    Dito de outra maneira, falte onde faltar para a bola não pode faltar..Nao é difícil compreender porquê..! Pessoalmente, nada tenho contra a bola.O que tenho são prioridades e, não são estas.

    E, onde é que falta? O apoio à natalidade teve orçamentado, nos mesmos três anos, 125 mil em 2013, cem mil o ano passado, 126 mil este ano.Só que, em 2013 foram gastos neste subsídio 34 051,67 euros, isto é 27,24%.!!! em 2014 a rubrica Família, Solidariedade e Acção social, tem nas Gops 750.mil O mapa do ponto I fala-se em 539 900 00 euros e foram gastos,até 30 de Novembro, 185 876,71 euros, o mesmo é dizer 34,43%.!!! No ensino superior, estavam orçamentados, em 2013 , 66 mil euros. Foram gastos, no total, 52 888 50 euros, o que representa 80,13% Em 2014 estavam orçamentados 70 mil euros para este apoio.Não sei quanto foi gasto.Mas sei que,neste
    orçamento,baixou para 50 mil.

    Todos sabemos como está o emprego, como está a carga fiscal, as dificuldades com que vivem as famílias.Num artigo de opinião, publicado na Comarca de Arganil, com a devida vénia,o nosso conterrâneo professor Telmo Miranda, vem dizer-nos esta coisa
    horripilante.No Concelho de Oliveira do Hospital, por cada criança que nasce temos dez óbitos..! Eu, nem quero acreditar na crueza destes números. A ser verdade, e não tenho números para desmentir,quantos seremos daqui a uns anos? Não ignoro os estudos que apontam para 6 milhões de Portugueses, dentro de 40 anos.Por
    aqui a razia, parece, vai ser bem maior.

    Perante este quadro negro, o que faz o nosso executivo? Gasta, este ano até 30 de Novembro, menos de 200 mil euros no apoio à familia. Em 2013 gastaram-se considerando todos os apoios 233 323,59, 54,32 % ,do orçamentado. Na Cultura Desporto Juventude e Tempos Livres vejam na lista anexa às GOPs a verba destinada à juventude e tempos livres e vejam a verba destinada ao apoio aos clubes e associações
    Desportivas. Para dizer que, definitivamente, a opção deste executivo é clara.Os números não deixam mentir.

    Como se não bastasse, a água foi aumentada 67% o IRS é aplicado na taxa máxima. Senhor Presidente da Câmara: deixemos as nossas quezílias pessoais de lado, um minuto, e deixe que lhe pergunte aqui, diante de todos os representantes do Concelho: Foi isto que andámos, de braço dado, a prometer às pessoas? É isto o TUDO PELAS PESSOAS” de que falámos na campanha? O senhor não é mesmo capaz de fazer melhor e não é capaz de descortinar que há mais Concelho para lá do desporto? O senhor é o principal responsável, em termos executivos, por mais de 20 mil almas. que já não sabem o que fazer das suas vidas.

    O senhor é responsável por combater esta terrífica desertificação.O senhor não pode ter este jugo de um aumento de 67% de água e 5% de IRS, em cima das pessoas que já não sabem como pagar.Tenho consciência da diminuição da receita.Tenho consciência das dificuldades orçamentais. Não sou dado a demagogias. Não lhe exijo obra, mas exijo aquilo que o senhor aqui assumiu, que deixaria o que tivesse que deixar para ajudar as pessoas, perante as dificuldades que já então eram bastante acentuadas..

    Isso era verdade na campanha é verdade, e com que agravamento, hoje. Por isso, se votasse, e não voto em ponto nenhum , não podia votar favoravelmente este orçamento.Faço-lhe um apelo, em nome das famílias carenciadas, em nome do combate à desertificação, em nome dos jovens que têm direito à educação e a um futuro, em nome da fixação das pessoas.Se é para cortar, se tem que cortar e admito que sim, corte nas festas, corte na incubação do que não é incubável,corte no desporto de competição, mas não tire o pão da boca dos Oliveirenses mais carenciados, não lhe enfernize a vida mais do que já está,não deixe Oliveira do Hospital virar um
    deserto.A história não perdoará a quem prosseguir estas políticas.

    Da minha parte não quero, com o meu silêncio, ser cúmplice destas politicas.Para
    terminar,queria fazer um reparo. Nos termos da lei o orçamento é o único documento que esta assembleia não pode alterar. Ou aprova ou reprova. Alterar só com o acordo da Câmara. É aqui e neste momento, que a Câmara tem a possibilidade de marcar o cunho da governação, fazendo aprovar o seu orçamento. Pergunto: Sabendo-se os eventos festas e feiras que compõem o calendario do Concelho, porque não vêm elas descriminadas , com as devidas dotações? Porque não vem a lista, que existe, das diversas associações desportivas culturais e recreativas com os subsídios previstos
    atribuir? Porque andamos em todas as Assembleias a fazer essas aprovações se podem ficar definidas e aprovadas aqui, com o orçamento..? Não basta falar de transparência. É preciso exercitá-la.

    Obrigado

  • jaquimzinho

    Acho piada ao caga cêntimos,também conhecido como bobo da corte. Diz ele que não recebe nada da Câmara que é um mãos largas e tem um jornal (parece que não está em nome dele, mas isso não interessa nada) que não faz publicidade a nada. No entanto, basta andar com a página para baixo e ver no fundo um grande anúncio da escola profissional Eptoliva, que, por acaso, é financiada essencialmente pela Câmara Municipal. Então afinal também mamas ó Lopes?!!!!

    • Malhadinhas

      Ai Jaquimzinho, que bem estavas caladinho. Falas daquilo que não sabes….. Anda lá vai mas é beber uma mini.

  • onde pára o jornalista?

    Para se acabar com a conversa. Diga lá caro moço arauto do jornalismo idependente, qual é afinal o seu número da Carteira Profissional de Jornalista que não o estou a ver aqui na lista:

    http://www.ccpj.pt/jornalistas/jornalistas.htm

    • Eu é mais bolos

      Mas desde quando para escrever artigos de opinião é necessário carteira profissional. Deve ser uma secção nova descoberta por esse intelecto manhoso. O que faltava é que um cidadão para manifestar a sua opinião precisasse da autorização da Comissão da Carteira Profissional de Jornalista ou da Entidade Reguladora da Comunicação Social. Nabo. Aprende a distinguir as coisas. Já viste alguma notícia assinada pelo André? Se não viste e já que sabes tanto, sabes também que a responsabilidade das notícias que não se encontram assinadas são da exclusiva responsabilidade do director do jornal que me parece ter mais que competência para isso. Olha que a carteira dele aparece lá, mas parece que nem assim tem direito a falar com os senhores do burgo. Já agora que tal a Entidade Reguladora da Comunicação Social verificar quais os meios cá do Burgo financiados pelo erário público (CMOH), o que como deves saber, dada a tua bruta sapiência, é ilegal, como é ilegal os jornalistas recolherem ou receberem percentagem sobre a publicidade. Que tal questionares isso, sapiência bruta?

    • António Lopes

      E para escrever um artigo de opinião é preciso ter carteira profissional? E os que a têm não sabem que não devem angariar publicidade nem fazer fretes?

  • António Lopes

    Se sim, apresente a factura e o recibo..! Recente… sendo possível assine o nome..ofender sem dar a cara identifica quem escreve…Está de acordo com o que se pretende defender…E se tivesse o CBS não é uma casa de caridade…Mas, não tem…

  • picaretas

    Que banho…

  • Pesquisa

    Depois de ler uns comentários fiquei a saber que o João Paulo utiliza a Wikipedia como fonte fidedigna.
    Está tudo dito… Até o Guerra Junqueiro deve estar à volta na sepultura.

    • Malhadinhas

      Pesquisa, vamos pesquisar. O Abílio Guerra Junqueiro referiu o seguinte: “Como lhe disse, nem um pouco de tempo despendeu procurando na Wikipedia, quanto fidedignidade da mesma não me prenunciei”. O Pesquisa precipitou-se. Tem de comprar uns óculos de ver ao perto.

      • Atento

        Ou aprender a ler…

  • Camilo de Castelo Branco

    Malhadinhas, Guerra Junqueiro, Joao Paulo Albuquerque…. enfim tudo em um.

    “prEnunciei”
    Nem Guerra Junqueiro nem Aquilino Ribeiro davam erros de lesa-pátria.

    • Guerra Junqueiro

      Peço desculpa pelo erro, não dei conta. Deve ler-se um “o” e não um “e”.
      A Pátria (com letra grande) que me perdoe.
      Já o seu “a” de Camilo, deve ler-se um “e”. A Pátria perdoa.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

      • Guerra Junqueiro

        Desculpe, o seu “i” é que deve ser trocado pelo “e” e não o “a”.

        Cumprimentos
        Guerra Junqueiro