António Cruz

Carta aberta ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. Autor: António Cruz

Estive presente na última reunião da Assembleia Municipal do nosso concelho. Não sendo membro eleito do órgão municipal, fi-lo por ser um jovem preocupado com o futuro da minha terra, na perspectiva de poder ouvir o que os eleitos locais têm a dizer sobre a atual situação do nosso município. Como sabe, sou Presidente da JSD de Oliveira do Hospital. Exerço essa função por ser um jovem preocupado com o futuro do concelho onde vivo, que acredito na participação cívica como forma de melhorar a comunidade. Não estou na política contra ninguém, vim dar o meu contributo em prol de algo maior, neste caso Oliveira do Hospital.

É precisamente por ter esta perspetiva da atividade política que fiquei chocado com as suas declarações na Assembleia Municipal, concretamente no momento em que disse ser uma “… pena andarem por lá (Alvoco) alguns ignorantes que têm umas palas que só olham para a direita…”.

Enquanto jovem de Oliveira do Hospital fiquei com vergonha do Presidente da minha Câmara Municipal. Julgo ser completamente inapropriado, chegando mesmo a ser insultuoso, que um Presidente de Câmara chame, de viva voz e em reuniões gravadas, ignorantes aos munícipes que não concordam consigo.

A democracia é feita da pluralidade de opinião e de liberdade de expressão. Aqueles que pretendem contribuir para o desenvolvimento do nosso concelho devem ser enaltecidos e não insultados. Compreendo que o Sr. Presidente de Câmara não goste de ser criticado, mas entendo que tal sentimento não pode, nem nunca poderá, justificar que o Sr. insulte publicamente todos aqueles que consigo não concordam quanto ao futuro do concelho.

Na democracia em que acredito não existem “donos da razão”, uma vez que se assim fosse não se trataria de uma democracia mas sim de uma ditadura. Em democracia, e na democracia do nosso concelho, existem milhares de pessoas preocupadas com o nosso futuro coletivo que, abdicando do seu tempo pessoal, se envolvem na construção do concelho com que sonham. Esta gente do nosso concelho, a gente de que orgulhosamente faço parte, merece ser enaltecida e respeitada. Foi, por isso, vergonhoso ver o nosso Presidente de Câmara insultar todos aqueles com que não concorda, chamando-lhes “ignorantes” em plena Assembleia Municipal.

Senti a obrigação de lhe dirigir esta carta aberta, com conhecimento de todos (inclusive dos milhares de oliveirenses a quem chamou de ignorantes), para lhe pedir, publicamente, que não volte a insultar os seus munícipes e que, na próxima Assembleia Municipal, recupere a sua dignidade política e pessoal retratando-se perante todos e pedindo as merecidas desculpas a quem mal nenhum lhe fez, para além de democraticamente discordar de si.

Sem outro assunto, António Cruz

António CruzAutor: António Cruz

LEIA TAMBÉM

Caça praticamente proibida no concelho de Oliveira do Hospital até Maio de 2018

A caça está proibida até 31 de Maio de 2018 nas zonas consumidas pelos fogos, …

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

  • Deshidrófobo

    Entretanto, durante duas manhãs, seguidas, a água falta nas torneiras de nossas casas, em OH, e ninguém sabe de nada…
    O que é que se passa?
    Onde é que a câmara municipal informa as pessoas da cidade (?) de OH, a tempo e horas, destes cortes?