Carta Aberta: Férias Ocupadas

E tendo umas férias ocupadas, normalmente perderia tempo para analisar o que se passa à minha volta e na minha terra, mas afinal ainda consegui. Mas não fui o único a ter férias ocupadas… Em Oliveira do Hospital, a Junta de Freguesia organizou pela primeira vez o Campus de Férias – Eu ouvi alguns relatos, vi algumas das crianças a passear pela cidade e hoje também pude observar as fotografias disponibilizadas no Facebook oficial da edilidade.

Estou muito satisfeito, estou verdadeiramente contente com este trabalho da Junta, porque esta foi uma actividade completa e que se preocupou em dar uma visão maior do nosso concelho aos mais pequenos. É importante que os naturais da nossa cidade aprendam a estimá-la mais do que a criticá-la.

É importante que as entidades locais organizem estas actividades e ofereçam aos pequenos cidadãos aquilo que eles merecem por direito – o seu concelho. Ver estas crianças a descobrirem o nosso património histórico e natural, mas acima de tudo a descobrirem o convívio com outras crianças e outras realidades, aproveitando as férias para o seu crescimento pessoal é sem dúvida alguma um motivo de orgulho.

Este projecto, que dá uma nova dimensão ao conceito de férias ocupadas, terá sido, para além de uma experiência cheia de novos saberes para as crianças inscritas, também de um enriquecimento muito importante para os seus monitores e organizadores. Trabalhar com crianças, as portadoras da verdade e dos sentimentos mais puros, é gratificante, e para mim foi também gratificante poder ouvir esses pequenos testemunhos que referi ou ver as imagens ‘reveladoras’ de tudo o que se passou.

À equipa da Junta de Freguesia de Oliveira do Hospital, pelo caminho de forte interacção com as populações e pela nova presença que tem dado a esta entidade autárquica, provando que esta tem espaço para existir e uma lógica completamente superior à que muitas vezes lhe foi dada, deixo o meu agradecimento, que espero que sirva de incentivo.

Sei que muitas vezes a crítica gratuita é mesmo o caminho mais fácil para muita gente e, por isso mesmo, faço este elogio público, inteiramente merecido. Obrigado, mais uma vez e parabéns por em tão pouco tempo desenvolverem um trabalho tão significativo e importante.

Pedro Coelho

Estudante universitário de comunicação social

LEIA TAMBÉM

Comentários aos resultados eleitorais em Oliveira do Hospital. Autor: João Dinis, Jano

Grande vitória da CDU na Freguesia de Meruge!  A nível municipal, porém, sai muito ferida …

Pensar a República. Autor: Renato Nunes.

Não há pensamento sem tempo livre. Os feriados constituem, por isso, uma oportunidade privilegiada para …