Carta ao Diretor

Ex.ma Sra. Diretora do Jornal “Correio da Beira Serra”. Na sequência da notícia publicada no vosso sítio de internet em 5 de Fevereiro de 2014 intitulada: “O senhor presidente da Câmara diz que cumpre a lei, mas neste momento está em incumprimento claro”, ao abrigo do direito de resposta, venho expor o seguinte:

Tenho pautado a minha atuação durante toda a vida por um conjunto de regras e valores que desde cedo me foram incutidos e dos quais não abdico aquando da defesa daquilo em que acredito.

Como tal, vendo o meu nome e o da minha esposa referidos nesta peça, repudio e refuto, de forma veemente, todas as afirmações nela contidas. Não me revejo neste tipo de linguagem, nem nesta forma de estar perante as situações.

Não pretendo fazer deste processo um circo mediático e muito menos contribuir para qualquer tipo de diálogo entre partes em praça pública. Neste sentido, abstenho-me de comentar todo o conteúdo da notícia, bem como de rebater acusações ou lançar dados verdadeiros, contrários a tudo o que nela é expresso. Refiro-me unicamente à acusação de inveja que considero de todo despropositada, visto que, na realidade, continuo a entender que o empreendimento pode ter importância para o desenvolvimento socioeconómico da freguesia e do concelho. Apenas não aceito que tal implique a lesão da dominialidade pública e o desrespeito pela memória das pessoas com as quais se deve e pode concertar.

Vivemos num estado de direito e, como tal, aguardo com serenidade os veredictos que emanarão dos órgãos competentes para decidir acerca de todo este processo.

Relativamente às acusações vertidas nesta entrevista, as explicações e o refutar de tudo o que de deselegante, indecoroso e falso é dito, será feito nos devidos locais.

José Carlos Nunes Mendes

LEIA TAMBÉM

IP3

Trânsito restabelecido em troço do IP3

A circulação no IP3, entre o nó do Lorvão e da Espinheira, na zona do …

IP3 cortado na zona de Penacova devido a avaria de pesado

A avaria de um pesado, pelas 14 horas, provocou o corte do trânsito no IP3, …

  • Olho vivo e pé ligeiro

    Ó Zézinho, vens agora com cartinhas para o director.
    Eleva-te, faz-te homem, sai debaixo das saias da tua mulher, pede desculpas ao teu cunhado e paga-lhe o prejuízo que lhe tens causado.
    Já devias ter visto a desgraça que estás a causar à terra e ás pessoas.

    • Maria, das Caldas de São Paulo

      Caro Júnior,

      Essa sua constante falta de respeito com as mulheres em particular, é que é preocupante! Esse machismo na sua idade fica-lhe tão mal.
      Ó filho, assim não arranja mulher que o queira!

      T.P.C:
      Escrever até adquirir respeito pelo próximo:

      AO LADO DE UM GRANDE HOMEM, ESTÁ SEMPRE UMA GRANDE MULHER.:)

      Os meus melhores cumprimentos,
      Da eterna “preocupada” com o seu caso clinico.

      • Amigo da onça

        O quê?
        Não me diga que a mulher queria ser vice presidente?

  • Francisco Cruz

    “Tenho pautado a minha atuação durante toda a vida por um conjunto de regras e valores “…
    “Como tal, vendo o meu nome e o da minha esposa referidos nesta peça”…
    “Não me revejo neste tipo de linguagem, nem nesta forma de estar perante as situações.”
    …”as explicações e o refutar de tudo o que de deselegante, indecoroso e falso é dito, será feito nos devidos locais.”

    PALAVRAS LEVA-AS O VENTO!

    AS AÇÕES SÃO AS QUE SE SEGUEM:

    VER ANEXO:
    Autor: José Carlos Nunes Mendes
    Réus: Cristiano da Cruz e Segurança Social
    O Autor apresentou queixa alegando que tinha sido trabalhador do sogro entre
    junho de 1971 e fevereiro de 1972, MENTIRA, e que não havia sido declarado à Segurança Social.

    OBJETIVO: Ganhar tempo de serviço para se APOSENTAR antecipadamente e, à conta do ZÉ Povinho!!!

    “Refiro-me unicamente à acusação de inveja que considero de todo despropositada, visto que, na realidade, continuo a entender que o empreendimento pode ter importância para o desenvolvimento socioeconómico da freguesia e do concelho.”

    Desde que comprei a propriedade e iniciei este projeto, já lá vão 5 anos, este senhor
    já entregou um vasto conjunto de queixas no Município, sempre a favor do aldeamento, não é verdade?

    Em 6 dias de trabalhos de vedação, o Município e a CCDRC rececionaram inúmeros
    mail’s, cartas e telefonemas e a fiscalização do Município deslocou-se às Caldas de S. Paulo, 5 vezes.

    Telefonaram e deslocaram-se a diversas instituições para obterem informação sobre o
    projeto, tentando obstaculizá-lo e, até, impedir o seu financiamento.

    Na quarta feira, dia 4 de fevereiro, foi publicada a entrevista que referia que a
    minha empresa detinha contrato de prospeção e pesquisa das águas sulfurosas e,
    na quinta feira, dia 5, foi à Direção Geral de Geologia e Energia (Lisboa),
    tentar … “anulá-lo”?

    TUDO ISTO POR, …” entender que o empreendimento pode ter importância para o desenvolvimento socioeconómico da freguesia e do concelho.”

    E se não tivesse esse entendimento do que seria capaz?

    Cumprimentos

    Francisco Cruz

    • INDIGNADO

      É este José Carlos Nunes Mendes, o homem que queria liderar o concelho?
      Valha-nos Deus, isto de querer receber em casa o fruto do suor de todos é mais um roubo.
      É este homem que vem para aqui com cartinhas!!! Vá trabalhar, que foi o que nunca fez na vida.

      • Maria, das Caldas de São Paulo

        Caro “indignado”,

        Fica aqui uma questão.
        “Come” tudo aquilo que lhe colocam no prato?
        O termo: “manipulação da opinião publica” diz-lhe algo?
        E falta de principios, valores morais, e injúrias à integridade das pessoas, é algo com o qual se identifica?

        Aparentemente sim!

        Quanto ao trabalho…espero que eu seu, tenha o mesmo reconhecimento, que o trabalho efectuado pelo Prof. José Carlos.

        Porque nesse caso será uma pessoa muito amada, acarinhada e respeitada.

        Os meus sinceros cumprimentos

        • Amigo da onça

          Qual trabalho?
          Querer ser presidente da câmara como a mulher o obrigava?
          É preciso ter categoria.

  • Gente desta Terra

    É triste vir para aqui lavar roupa suja!!!!!!! Principalmente quando a nossa já esta encardida a muito tempo!!!!!!!!!!!

  • Feiticeiro de Oh

    Caro Francisco,

    Considerando-me um atento Oliveirense e, depois do que já por aqui foi dito, não quero perder a oportunidade de lhe perguntar… não terá tido saudades minhas? Pois cá estou eu de novo para trocarmos mais umas ideias.

    Ultimamente vejo-o muito “colado” ao seu computador, a si e aos seus inúmeros e anedóticos pseudónimos. Mas quem sou eu para fazer recomendações médicas? Certamente que os olhos já estarão cansados… Durma um pouco.

    Não me quero despedir sem lhe deixar alguns conCelhos. Ficará à sua e inteira disposição a liberdade de os acatar.

    – Faça-se homenzinho.
    – Não traga ao debate argumentos fúteis.
    – Não faça acusações em vão.
    – Quer ver “obra”? Converse com as pessoas. Não as provoque.
    – Não seja incoerente nas suas convicções.
    – Reflicta sobre as suas última atitudes.

    E depois… acorde.

    Os meus sinceros cumprimentos.

    • Alfiu

      Por falar em pseudonimos, Feiticeiro de OH é apelido de familia?

      • Maria, das Caldas de São Paulo

        E as “Dúvidas” continuam….

    • Só uma duvida

      Ó feiticeiro, tenho uma duvida?
      Quero fazer uma obra num terreno meu na minha terra. Tenho o projecto de arquitectura e especialidades pronto, com que pessoas tenho que conversar para que a CMOH me passe o alvará?
      Olha, vai faz feitiços com os das “Caldas”.

      • Feiticeiro de Oh

        Só uma dúvida? Entre as Caldas e St. António ainda vai uma (considerável) distância.

      • Maria, das Caldas de São Paulo

        Caro “Dúvidas”,

        Saber não ocupa lugar, se sabe usar a internet para fazer comentários inuteís e ocos.
        Também deve saber fazer pesquisa e procurar as respostas à sua perguntinha.
        Não deve passar toda a sua vida a ser orientado por outros!
        Não é assim?!:)

        Caro feiticeiro. agradecemos de antemão a indicação do “Dúvidas” e teremos todo o prazer em conviver consigo.:)

        Os meus melhores cumprimentos

    • Feiticeiro de Oh

      Basta fazer #pseudonimos e vêm eles a correr aos saltinhos com as pedras do caminho no seu sapatinho.

      • Gente desta Terra

        Caro feiticeiro os pseudónimos são do Júnior!!!!!!!!

  • Ludibriado

    Todos nos somos carne para os canhões destes 2 respeitaveis senhores!

    • Maria, das Caldas de São Paulo

      Somos?! Então é melhor ter “olho vivo e pé ligeiro”. Não acha?!:)

      • Amigo da onça

        Olho vivo de modo a fitarem-te, pois têm que estar com um olho no burro e outro no cigano.
        E pé ligeiro para te enfiarem umas biqueiradas caso necessário.

        • Maria, das Caldas de São Paulo

          Oh “fintas”, não estar farto de dar “biqueiradas” no ar?!:)

  • Francisco Cruz

    Caro Feiticeiro
    Não tive qualquer tipo de saudade, pois não me ligo a pseudónimos! Continuo ao dispor para fornecer informação sobre o projet
    Se me vê “colado” ao computador, sugiro que consulte o seu oftalmologista, pois quando escrevo não me escondo por detrás de capas, máscaras, feitiços, psedónimos ou que quer que seja. IDENTIFICO-ME!
    A entrevista é bem a prova disso. Os comentários são da responsabilidade de quem os redigiu! O que posso adiantar-lhe é que repudio a linguagem e os ataques neles proferidos! Só isso!
    Quanto aos seus conCelhos, compreendo que se sinta defruadado. Terá de arranjar um ombro amigo, para verter essas lágrimas!
    Afinal, nem tudo o que parece, é!

    Tenho dito e nada mais a acrescentar!

    Cumprimentos

    Francisco Cruz

    • Maria, das Caldas de São Paulo

      Caro Senhor Francisco,

      O senhor IDENTIFICA-SE, e muito bem!

      O conteúdo da entrevista, os documentos publicados, os insultos e malidicências, são o exemplo da sua IDENTIDADE.

      E mais uma vez lhe digo…concordo consigo quando diz que repúdia a linguagem e os ataques!

      Começe a “domar” primeiro a sua linguagem e dos seus, e a ter menos “ataques de prepotência” e siga as recomendações sugeridas.

      Com os meus melhores cumprimentos.

  • Feiticeiro de Oh

    As minhas lágrimas são feitiços que lanço sem se ver.
    É ferida que dói e não se sente.
    É um descontentamento contente.
    São pedras que se lançam sem doer.

    Quer ser o meu ombro amigo?

  • Maria, das Caldas de São Paulo

    Este poema é para os meus familiares, amigos e vizinhos, ou seja, toda a população das Caldas de S.Paulo e amigos.
    Faço minhas as palavras do poeta Fernando Pessoa

    Porque a nossa maior riqueza é poder VER.:)

    DA MINHA ALDEIA vejo quando da terra se pode ver no Universo….
    Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer
    Porque eu sou do tamanho do que vejo
    E não do tamanho da minha altura…

    Nas cidades a vida é mais pequena
    Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.
    Na cidade as grandes casas fecham a vista a chave,
    Escondem o horizonte, empurram nosso olhar para longe de todo o céu,
    Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,
    E tornam-nos pobres porque a única riqueza é ver.

    Alberto Caeiro

    Um abraço do tamanho do Mundo, da vossa Maria.

    • Amigo da onça

      Amigos como tu, quanto mais longe melhor.
      Prefiro inimigos.
      Quando se trata assim os irmãos!!!

      • Maria, das Caldas de São Paulo

        Caro Júnior:) Tenho irmãos?! Continue a atirar o barro contra a parede, pode ser que daqui a muitos e longos anos, acerte!

        “Porque eu sou do tamanho do que vejo
        E não do tamanho da minha altura”…

        Os meus melhores cumprimentos 🙂

        • ALFIU

          Isso não será falta de vista ? …

  • Francisco Cruz

    Boa tarde

    O meu nome é Francisco Daniel Brito Cruz, filho do Prof.
    Francisco Cruz, promotor do Aldeamento Turístico 5* a construir em Caldas de
    São Paulo.

    Desde o dia 5 de Fevereiro, data da entrevista “o senhor
    presidente da câmara diz que cumpre a lei mas neste momento está em
    incumprimento claro”, vi o meu nome ser associado a diversos comentários com
    linguagem caluniosa, com a qual não me identifico, nem nela me revejo.

    NADA tenho contra o povo das Caldas de São Paulo e repudio a
    campanha que está a ser feita junto das pessoas dessa localidade, associando o
    meu nome a tais insultos.

    Quaisquer comentários ali escritos, com os mais diversos
    pseudónimos, não são da minha autoria.

    Quando sentir necessidade de comentar, tal como agora,
    IDENTIFICO-ME, não me esconderei atrás de quaisquer “títulos de identificação”.

    Nada mais a acrescentar

    Francisco Daniel Brito Cruz

  • Maria, das Caldas de São Paulo

    Caro Sr. Francisco Daniel Brito Cruz,

    Acerca de :”vi o meu nome ser associado”…Onde?! Não vi o seu nome a ser referido em nenhum dos comentários!!

    Mas se sentiu necessidade de nos esclarecer, nós agradecemos.

    Fiquei muito feliz por saber que TEM TUDO A FAVOR DO POVO DAS CALDAS, porque se NADA TEM CONTRA…!!

    “Quaisquer comentários ali escritos, com os mais diversos
    pseudónimos, não são da minha autoria.”

    Se fosse a si nem me preocupava com isso, a internet é uma “auto-estrada gigante” que a maioria de nós nem sabe usar, à excepção claro…dos verdadeiros profissionais, cujo trabalho é “policiar” e detectar os prevaricadores.:)

    Quanto a identificar-se, acho que faz muito bem.:)

    Os meus melhores Cumprimentos

    E estaremos sempre de braços abertos para a sua amizade, recentemente manifestada.:)

    Identificando-me: Maria, das Caldas de S.Paulo

  • Maria, das Caldas de São Paulo

    Caro Sr. Francisco Daniel Brito Cruz,

    Acerca de :”vi o meu nome ser associado”…Onde?! Não vi o seu nome a ser referido em nenhum dos comentários!!

    Mas se sentiu necessidade de nos esclarecer, nós agradecemos.

    Fiquei muito feliz por saber que TEM TUDO A FAVOR DO POVO DAS CALDAS, porque se NADA TEM CONTRA…!!

    “Quaisquer comentários ali escritos, com os mais diversos
    pseudónimos, não são da minha autoria.”

    Se fosse a si nem me preocupava com isso, a internet é uma “auto-estrada gigante” que a maioria de nós nem sabe usar, à excepção claro…dos verdadeiros profissionais, cujo trabalho é “policiar” e detectar os prevaricadores.:)

    Quanto a identificar-se, acho que faz muito bem.:)

    Os meus melhores Cumprimentos

    E estaremos sempre de braços abertos para a sua amizade, recentemente manifestada.:)

    Identificando-me: Maria, das Caldas de S.Paulo

  • Maria, das Caldas de São Paulo

    Caro Sr. Francisco Daniel Brito Cruz,

    Acerca de :”vi o meu nome ser associado”…Onde?! Não vi o seu nome a ser referido em nenhum dos comentários!!

    Mas se sentiu necessidade de nos esclarecer, nós agradecemos.

    Fiquei muito feliz por saber que TEM TUDO A FAVOR DO POVO DAS CALDAS, porque se NADA TEM CONTRA…!!

    “Quaisquer comentários ali escritos, com os mais diversos
    pseudónimos, não são da minha autoria.”

    Se fosse a si nem me preocupava com isso, a internet é uma “auto-estrada gigante” que a maioria de nós nem sabe usar, à excepção claro…dos verdadeiros profissionais, cujo trabalho é “policiar” e detectar os prevaricadores.:)

    Quanto a identificar-se, acho que faz muito bem.:)

    Os meus melhores Cumprimentos

    E estaremos sempre de braços abertos para a sua amizade, recentemente manifestada.:)

    Identificando-me: Maria, das Caldas de S.Paulo

  • Maria, das Caldas de São Paulo

    Caro Sr. Francisco Daniel Brito Cruz,

    Acerca de :”vi o meu nome ser associado”…Onde?! Não vi o seu nome a ser referido em nenhum dos comentários!!

    Mas se sentiu necessidade de nos esclarecer, nós agradecemos.

    Fiquei muito feliz por saber que TEM TUDO A FAVOR DO POVO DAS CALDAS, porque se NADA TEM CONTRA…!!

    “Quaisquer comentários ali escritos, com os mais diversos
    pseudónimos, não são da minha autoria.”

    Se fosse a si nem me preocupava com isso, a internet é uma “auto-estrada gigante” que a maioria de nós nem sabe usar, à excepção claro…dos verdadeiros profissionais, cujo trabalho é “policiar” e detectar os prevaricadores.:)

    Quanto a identificar-se, acho que faz muito bem.:)

    Os meus melhores Cumprimentos

    E estaremos sempre de braços abertos para a sua amizade, recentemente manifestada.:)

    Identificando-me: Maria, das Caldas de S.Paulo

  • Maria, das Caldas de São Paulo

    Caro Sr. Francisco Daniel Brito Cruz,

    Acerca de :”vi o meu nome ser associado”…Onde?! Não vi o seu nome a ser referido em nenhum dos comentários!!

    Mas se sentiu necessidade de nos esclarecer, nós agradecemos.

    Fiquei muito feliz por saber que TEM TUDO A FAVOR DO POVO DAS CALDAS, porque se NADA TEM CONTRA…!!

    “Quaisquer comentários ali escritos, com os mais diversos
    pseudónimos, não são da minha autoria.”

    Se fosse a si nem me preocupava com isso, a internet é uma “auto-estrada gigante” que a maioria de nós nem sabe usar, à excepção claro…dos verdadeiros profissionais, cujo trabalho é “policiar” e detectar os prevaricadores.:)

    Quanto a identificar-se, acho que faz muito bem.:)

    Os meus melhores Cumprimentos

    E estaremos sempre de braços abertos para a sua amizade, recentemente manifestada.:)

    Identificando-me: Maria, das Caldas de S.Paulo

  • Maria, das Caldas de São Paulo

    Caro Sr. Francisco Daniel Brito Cruz,

    Acerca de :”vi o meu nome ser associado”…Onde?! Não vi o seu nome a ser referido em nenhum dos comentários!!

    Mas se sentiu necessidade de nos esclarecer, nós agradecemos.

    Fiquei muito feliz por saber que TEM TUDO A FAVOR DO POVO DAS CALDAS, porque se NADA TEM CONTRA…!!

    “Quaisquer comentários ali escritos, com os mais diversos
    pseudónimos, não são da minha autoria.”

    Se fosse a si nem me preocupava com isso, a internet é uma “auto-estrada gigante” que a maioria de nós nem sabe usar, à excepção claro…dos verdadeiros profissionais, cujo trabalho é “policiar” e detectar os prevaricadores.:)

    Quanto a identificar-se, acho que faz muito bem.:)

    Os meus melhores Cumprimentos

    E estaremos sempre de braços abertos para a sua amizade, recentemente manifestada.:)

    Identificando-me: Maria, das Caldas de S.Paulo