CAULE soma seis ZIF constituídas

… de seis Zonas de Intervenção Florestal (ZIF). Este mês a associação viu ser publicada em Diário da República a criação das ZIF Terra Chã, Tábua Alva e Mondalva.

Terra Chã é a designação da ZIF, com área de 8276 hectares, à qual aderiram 714 proprietários e produtores florestais e abrange as freguesias de Bobadela, Lagares da Beira, Lajeosa, Lagos da Beira, Meruge, Nogueira do Cravo, Oliveira do Hospital, Penalva de Alva, São Paio de Gramaços e Travanca de Lagos, do concelho de Oliveira do Hospital.

A ZIF Tábua Alva tem a área total de 4632 hectares e integra as freguesias de Carapinha, Covelo, Espariz, Meda de Mouros, Mouronho, Pinheiro de Coja e Sarzedo, dos concelhos de Tábua e Arganil, e um total de 308 aderentes.

Com uma área de 6798 hectares, a ZIF Mondalva abrange as freguesias de Oliveira do Mondego, Paradela, São Paio do Mondego, São Pedro de Alva e Travanca do Mondego, do concelho de Penacova, e um total de 484 aderentes.

Às três agora criadas, a CAULE soma as ZIF Alva e Alvôco, Tábua Mondego e Lourosa, perfazendo um total de seis.

Em nota de imprensa enviada ao correiodabeiraserra.com, a CAULE congratula-se com as recentes publicações em Diário da República e lembra que as ZIF visam, prioritariamente, a gestão sustentável dos espaços florestais por uma única entidade, atendendo sempre às especificidades locais e aos interesses dos proprietários e produtores florestais.

Os objectivos das ZIF são – segundo a mesma nota – promover a gestão sustentável dos espaços florestais que as integram, bem como coordenar a protecção dos espaços florestais e naturais e reduzir as condições de ignição e de propagação de incêndios. De salientar ainda a importância das ZIF ao nível da coordenação da recuperação dos espaços florestais e naturais quando afectados por incêndios.

Por outro lado, uma ZIF visa dar coerência territorial e eficácia à acção da administração central e local e dos demais agentes com intervenção nos espaços florestais.

A Associação Florestal da Beira Serra lembra ainda que já se encontram abertos alguns concursos no âmbito do PRODER para diversas intervenções florestais, nomeadamente limpezas de matos e povoamentos. Para que possam obter apoios públicos para a realização de projectos, os proprietários aderentes às ZIF devem contactar a CAULE para os técnicos responsáveis por cada uma das ZIF avaliarem essa possibilidade.

LEIA TAMBÉM

CDU reclama transporte público até Ervedal da Beira e acusa Câmara de se esquecer de obras importantes

Os elementos da CDU representados na União das Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca …

Tábua inaugurou posto de carregamento de veículos eléctricos

A Câmara Municipal de Tábua inaugurou hoje o Posto de Carregamento de Veículos Eléctricos. O …