CAULE vê aprovado primeiro Plano de Gestão Florestal

 

A CAULE – Associação Florestal da Beira Serra viu aprovado, em meados de abril, o seu primeiro Plano de Gestão Florestal que vinha a ser elaborado desde 2009 e que, entre outros aspetos, permite que a entidade gestora apresente candidaturas a diversas medidas de apoio do PRODER – Programa de Desenvolvimento Rural, que de outra forma estariam fora do alcance dos proprietários e produtores florestais da ZIF.

Também validado pela assembleia-geral de aderentes depois do período de consulta pública, o Plano de Gestão Florestal, agora aprovado pela Autoridade Florestal Nacional, reporta-se à Zona de Intervenção Florestal (ZIF) Moura Alva que abrange as freguesias de Aldeia das Dez e Avô (concelho de Oliveira do Hospital), Anceriz, Benfeita, Cerdeira, Moura da Serra, Pomares e Vila Cova do Alva (concelho de Arganil), com uma área total de 4380 hectares.

Trata-se de um instrumento que, de acordo com a CAULE, possui caráter obrigatório para todos os proprietários ou produtores florestais aderentes à ZIF que o subscrevem e aplicam. As operações silvícolas mínimas constantes no documento devem ser cumpridas por todos os proprietários ou produtores florestais da área territorial da ZIF.

De caráter “estruturante e fundamental”, o PGF promove a administração dos espaços florestais e, de acordo com as orientações definidas no Plano Regional de Ordenamento Florestal do Pinhal Interior Norte, determina no espaço e no tempo, as intervenções de natureza cultural e de exploração dos recursos, visando a produção sustentada dos bens e serviços por eles proporcionados e tendo em conta as atividades e os usos dos espaços envolventes, reguladas por condições de natureza económica, social e ecológica.

O PGF incorpora também os princípios desenvolvidos no Plano Específico de Intervenção Florestal (PEIF) da ZIF, já aprovado, e executados no território, respeitando o Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios (PMDFCI) e outros planos especiais de ordenamento do território, bem como os interesses dos proprietários e produtores florestais.

LEIA TAMBÉM

CDU reclama transporte público até Ervedal da Beira e acusa Câmara de se esquecer de obras importantes

Os elementos da CDU representados na União das Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca …

Tábua inaugurou posto de carregamento de veículos eléctricos

A Câmara Municipal de Tábua inaugurou hoje o Posto de Carregamento de Veículos Eléctricos. O …