CDS/PP de Oliveira do Hospital propõe 14 medidas para 100 dias de governação

No seu novo canal de comunicação de internet com os militantes – clique aqui para aceder ao blogue e às propostas formuladas pelo partido –, o CDS/PP deixa assim “14 medidas com que se compromete para o futuro”, desafiando mesmo o actual executivo camarário a pô-las em prática “nos seus últimos 100 dias de governação”.

As propostas apresentadas pelos populares são de vária ordem, e centram-se, sobretudo, na esfera social. Exemplos disso são a ideia da criação de um “Bilhete de Família”, destinado a conceder descontos aos utentes ao nível da utilização e do acesso a equipamentos colectivos, ou ainda a chamada “capitação das tarifas da água de uso doméstico”.

Nesta área, o CDS/PP, actualmente liderado por Maria José Falcão de Brito e Luís Lagos, propõe que se “tenham em consideração o número de elementos do agregado familiar e que sejam escalonadas em função da capitação dos consumos por lar, corrigindo assim o efeito indirecto de penalização e discriminação contra a família nos escalões de consumo doméstico”.

No sector da educação, a concelhia do partido liderado por Paulo Portas defende a “promoção de parcerias de pais, professores e entidades locais para actividades concertadas”, com a finalidade de abrir as escolas às populações.

Os cidadãos portadores de deficiência também não são esquecidos, já que o partido sustenta que é necessário “promover condições de acessibilidade para os cidadãos deficientes, tanto de um ponto de vista arquitectónico e de transportes públicos como perante as novas tecnologias de informação e de comunicação”.

Com a última das 14 medidas, o CDS avança com a criação de “conselhos consultivos municipais” nas áreas da cultura, educação, urbanismo, actividades económicas e combate à pobreza. A finalidade desta proposta é, conforme refere o blogue do partido, “incentivar a intervenção e participação da sociedade nas políticas definidas pelos órgãos autárquicos”.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …