CDS/PP denúncia “estado degradado” da zona indústrial de Oliveira do Hospital onde não existe uma ETAR

A coligação liderada pelo CDS/PP considera que a zona indústrial  de Oliveira do Hospital está esquecida e abandonada. Os centristas acusam o executivo do PS, liderado por José Carlos Alexandrino, de ter abandonado totalmente a iniciativa privada no concelho nos seus oito anos que leva à frente do concelho.

“Temos a certeza que nenhum concelho cresce se não aparecerem novas empresas e se não foram apoiadas as que já existem. Mas esta zona é o exemplo do esquecimento e do abandono total da inicitiva privada em Oliveira do Hospital. Basta ver os arruamentos que estão entregues às ervas daninhas”, explicou o candidato à Assembleia Municipal por aquela força política, Luís Lagos, acrescentando que qualquer empresário dificilmente será tentado a instalar-se ali nas actuais condições. “Não terá um caminho fácil. Por isso, defendemos acabar com muita borucracia e isenção de taxas”, disse.

Luís Lagos não entende também como é que um excutivo quer atrair empresas se nem sequer contruiu uma ETAR na zona indústrial. “Os políticos enchem a boca com a indústria alimentar, mas como é possível instalar essas empresas sem uma ETAR. Ainda agora foi anunciado pelo executivo um investimento em ETARS no concelho, mas esta zona ficou esquecida, quando deveria ser um dos locais a ter um equipamento desses digno”, rematou.

O candidato à Câmara Municipal, por seu lado, mostrou a sua indignação por nos últimos oito anos nada ter sido feito naquele espaço. Nuno Alves classifica aquela zona como “degradada, esquecida, onde nada acontece”. “Não há ETAR, não existe saneamento em condições, é uma zona esquecida”, sublinhou, para concluir que o movimento que lidera vai dar “especial atenção àquele espaço, para atrair investimento”. “O que este executivo não conseguiu em oito anos, nós fizemo-lo em dois dias: preparámos um plano de investimento para o concelho”, concluiu.

LEIA TAMBÉM

Faleceu a romancista Ermelinda da Silva

A romancista Ermelinda da Silva natural de Vila Franca da Beira faleceu ontem e funeral …

Um ferido grave e outro ligeiro num despiste em Tábua

Um despiste esta tarde (18h04) na Estrada Municipal 1304, na freguesia de Vila Nova de …