CDU insurge-se contra a transferência de alunos da Escola do 1º Ciclo de Ensino Básico de Senhor das Almas

Considerando que os seus direitos “estão a ser postos em causa pela decisão sobre a eventualidade de uma ‘transferência’ – forçada – dos alunos para outra escola”, o deputado municipal da CDU, Luís Almeida, referiu – numa declaração lida esta sexta-feira, na Assembleia Municipal (AM) –, que se essa transferência vier a acontecer, tal “significa o encerramento, de facto, da escola de Senhor das Almas”, e responsabiliza, por isso, a Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), o Governo e “todo o executivo municipal”.

Aquele membro da AM, que nas últimas eleições autárquicas encabeçou a lista da CDU à Junta de Freguesia de Nogueira do Cravo, apresentou ainda uma moção onde sustenta que “tendo em conta a vontade expressa pelos encarregados de educação da Escola de Senhor das Almas, a Assembleia Municipal solidariza-se com as suas justas e legítimas pretensões”.

Colocada à votação, a moção foi aprovada por maioria, com 16 votos a favor e 18 abstenções, oriundas da bancada do PSD. Porém , o autarca de Nogueira do Cravo, Adelino Henriques, levantou o braço em sinal de apoio à moção dos comunistas.

CDU defende construção de uma nova sala de aula e de refeitório na Escola de Senhor das Almas 

 Nesta moção, a CDU não só “recomenda” à DREC, ao Ministério da Educação, e à Câmara Municipal (CM), “que respeitem os direitos das crianças da escola e dos respectivos pais e encarregados de educação”, como também alega que a CM “deve executar aquilo que a Carta Educativa Municipal consagra e que é a construção de uma nova sala de aulas e de um refeitório na Escola de Senhor das Almas”.

Quem também se solidarizou com os protestos da comunidade educativa de Senhor das Almas, foi João Abreu. O autarca de Meruge, que elogiou o facto de esta questão ter sido levada à AM pelos próprios pais de alunos daquele estabelecimento de ensino básico, insurgiu-se contra o encerramento de escolas e defendeu a criação de condições “para que as crianças, no seu habitat natural, se possam desenvolver”.

“Estou solidário com estas pessoas. A minha freguesia já foi alvo da tentativa de encerramento da escola”, referiu aquele deputado municipal da CDU, dando conta de que actualmente a Escola do 1º CEB de Meruge tem duas turmas e 21 alunos.

Abreu apelou também no sentido de que “era importante conhecer a posição da câmara” sobre este assunto, mas o chefe do executivo oliveirense não esclareceu, contudo, se a CM está ou não disposta a construir uma nova sala de aulas e um refeitório na escola de Senhor das Almas.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …