Cem primeiras páginas que ‘abalaram’ Oliveira do Hospital

 

São 100 edições e 100 manchetes que poderão ter ajudado a abalar Oliveira do Hospital.

Desde a política, à economia, ao ambiente e património, às desigualdades sociais – e a tantos outros temas –, tudo passou por estas 100 edições que contêm cerca de duas mil e quinhentas páginas impressas nas rotativas.

De Março de 2006 – data em que saiu para a rua a II série do Correio da Beira Serra – até Março deste ano, o Correio da Beira Serra inaugurou, em Oliveira do Hospital, uma nova forma de fazer jornalismo, e foi o grande escrutinador do poder político local.

Relatámos decisões políticas insensatas e lesivas do interesse público; pusemos a nu um concelho onde – durante anos a fio – se andou a varrer para debaixo do tapete; Mostrámos os esgotos a céu aberto que escorriam em praticamente todas as freguesias do concelho; Tivemos sempre uma intervenção importante na defesa das questões ligadas ao ambiente e património; Demos visibilidade a quem, no anonimato – e de forma abnegada –, dirigiu instituições e trabalhou em prol dos outros.

Com um jornalismo de intervenção e de autêntico serviço público, inquietámo-nos com os problemas que mais afligiam os oliveirenses. Sempre estivemos ao lado da causa pública. Nestas 100 edições, estão inevitavelmente traduzidos muitos dos temas que marcaram a agenda política local nos últimos quatro anos.

Em vez de um jornalismo ‘sentado’, percorremos incansavelmente as 21 freguesias do concelho de Oliveira do Hospital e descobrimos um concelho adiado. Como um dia disse o Padre António Vieira, “nós somos o que fazemos. O que não se faz não existe. Portanto, só existimos nos dias em que fazemos. Nos dias em que não fazemos, apenas duramos.”

Foi sempre essa a filosofia editorial que nos norteou, pesem embora os muitos erros e omissões que cometemos.

O jornalismo faz-se de causas e para os cidadãos. E nesse prisma, o Correio da Beira Serra foi inequivocamente uma pedrada no charco.

Aqui ficam, para memória futura, as 100 capas do Correio da Beira Serra.

LEIA TAMBÉM

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …

E porque digo eu que o Futebol Clube do Porto é a equipa de futebol mais próxima de jogar como faz o Real Madrid? Autor: João Dinis

Tipo “declaração de interesses”, digo que sou Benfiquista desde que me conheço (tenho 64 anos) …