Cem primeiras páginas que ‘abalaram’ Oliveira do Hospital

 

São 100 edições e 100 manchetes que poderão ter ajudado a abalar Oliveira do Hospital.

Desde a política, à economia, ao ambiente e património, às desigualdades sociais – e a tantos outros temas –, tudo passou por estas 100 edições que contêm cerca de duas mil e quinhentas páginas impressas nas rotativas.

De Março de 2006 – data em que saiu para a rua a II série do Correio da Beira Serra – até Março deste ano, o Correio da Beira Serra inaugurou, em Oliveira do Hospital, uma nova forma de fazer jornalismo, e foi o grande escrutinador do poder político local.

Relatámos decisões políticas insensatas e lesivas do interesse público; pusemos a nu um concelho onde – durante anos a fio – se andou a varrer para debaixo do tapete; Mostrámos os esgotos a céu aberto que escorriam em praticamente todas as freguesias do concelho; Tivemos sempre uma intervenção importante na defesa das questões ligadas ao ambiente e património; Demos visibilidade a quem, no anonimato – e de forma abnegada –, dirigiu instituições e trabalhou em prol dos outros.

Com um jornalismo de intervenção e de autêntico serviço público, inquietámo-nos com os problemas que mais afligiam os oliveirenses. Sempre estivemos ao lado da causa pública. Nestas 100 edições, estão inevitavelmente traduzidos muitos dos temas que marcaram a agenda política local nos últimos quatro anos.

Em vez de um jornalismo ‘sentado’, percorremos incansavelmente as 21 freguesias do concelho de Oliveira do Hospital e descobrimos um concelho adiado. Como um dia disse o Padre António Vieira, “nós somos o que fazemos. O que não se faz não existe. Portanto, só existimos nos dias em que fazemos. Nos dias em que não fazemos, apenas duramos.”

Foi sempre essa a filosofia editorial que nos norteou, pesem embora os muitos erros e omissões que cometemos.

O jornalismo faz-se de causas e para os cidadãos. E nesse prisma, o Correio da Beira Serra foi inequivocamente uma pedrada no charco.

Aqui ficam, para memória futura, as 100 capas do Correio da Beira Serra.

LEIA TAMBÉM

Comentários aos resultados eleitorais em Oliveira do Hospital. Autor: João Dinis, Jano

Grande vitória da CDU na Freguesia de Meruge!  A nível municipal, porém, sai muito ferida …

Pensar a República. Autor: Renato Nunes.

Não há pensamento sem tempo livre. Os feriados constituem, por isso, uma oportunidade privilegiada para …