Cerca de 250 crianças participam no Festival Infantil da Canção de Oliveira do Hospital

Cerca de 250 crianças, entre os cinco e os 12 anos, vão participar no IX Festival Infantil da Canção das IPSS do concelho de Oliveira do Hospital. O espectáculo realiza-se na próxima quarta-feira, pelas 14h30, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital e a organização está este ano a cargo da Fundação Aurélio Amaro Dinis, em conjunto com o Centro social e Paroquial do Seixo da Beira, as instituições vencedoras no ano passado.

Este evento surgiu há nove anos por iniciativa do Centro de Desenvolvimento sociocultural de Penalva de Alva e a partir daí o evento passou a realizar-se anualmente nas férias da Páscoa. “O objectivo é proporcionar o convívio entre as varias crianças que frequentam as varias instituições particulares de solidariedade social do concelho”, explica a organização.

Neste concurso, que contempla duas categorias (o pré-escolar e o ATL), vão participar as seguintes instituições: Obra D. Josefina da Fonseca, Centro Social e Paroquial do Seixo da Beira, Fundação Aurélio Amaro Diniz, Obra Eugénia Garcia Monteiro de Brito e Centro de Desenvolvimento Sociocultural de Penalva de Alva.

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

O “Ciclone de Fogo” varreu aquela noite que o foi de (quase) todos os medos… Autor: João Dinis, Jano

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …

  • Politicalex

    Ninguém comenta estas boas iniciativas? Só gostam é de serrar…quando é para festa, ninguém lhes ganha…São os melhores”mordomos” do País…Vamos lá a dar uma forcinha…

    • Assurancetourix Das Beiras

      Normalmente estou de acordo consigo. Mas atenção: esta iniciativa não é organizada pela CM, mas pelas IPSS. O que não quer dizer que os barões não aproveitem para se irem mostrar, ou fazer uns discursos. Ou que as IPSS não estejam pejadas de interesses e favores politiqueiros (continuo a achar que a política é uma atividade nobre). Mas é de louvar o esforço de educadores e auxiliares, que se dão ao trabalho de organizar este festival. Que vale o que vale, mas iniciativas no campo da cultura e da educação, organizadas por iniciativa privada, valem bem mais do que o ‘forrobodó’ populista que tem transformado os mandatos em campanhas autárquicas de quatro anos. Cumprimentos.

      • Guerra Junqueiro

        Caro Bardo;

        Não podia estar mais de acordo consigo.

        Cumprimentos
        Guerra Junqueiro

      • Politicalex

        Pois…é como diz…por eu saber que eles vão lá deitar a faladura e mais alguma coisa….