Peregrinos de Mortágua a caminho de Fátima atropelados mortalmente em Condeixa

Um despiste de um veículo ligeiro à saída de uma curva, em Condeixa, provocou hoje a morte de cinco peregrinos que caminhavam de Mortágua para Fátima. A autarquia de Mortágua, distrito de Viseu, já decretou já três dias de luto municipal, na sequência do acidente.

O acidente ocorreu na IC2 entre Coimbra e Condeixa, pelas 4h00, da manhã, quando um veículo ligeiro entrou em despiste. Foram colhidas nove pessoas, quatro das quais faleceram no local, uma morreu a caminho do hospital, existindo ainda três vítimas em estado grave. Entre os feridos estão crianças que pertenciam a uma equipa de 14 escuteiros que estava integrado no grupo de 80 pessoas.

O presidente da Câmara Municipal de Mortágua, José Júlio Norte, deslocou-se ao local, mal teve conhecimento do acidente e junto à igreja de Mortágua concentraram-se, durante a manhã, dezenas de pessoas, para receber o grupo de peregrinos que regressou a casa, em dois autocarros, depois de ter sido acolhido nas instalações dos bombeiros voluntários de Condeixa-a-Nova. Os peregrinos estão a ser acompanhados por uma equipa de psicólogos.

LEIA TAMBÉM

Mistério do consumo de mais de 1300 litros de água por dia em casa desabitada em Andorinha continua e proprietários ainda não sabem se vão ter ou não de pagar

Câmara Municipal de Oliveira do Hospital facturou menos 40 mil euros de água para não onerar vítimas dos incêndios

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital facturou no último mês de Outubro menos 38.133 …

Voluntários da Ordem de Malta visitam vítimas dos incêndios em Oliveira do Hospital e ouvem críticas à actuação das autoridades e autarquia

Logo à entrada da Quinta da Porfía, Seixo da Beira, Oliveira do Hospital, os sinais …