No próximo dia 26 de Janeiro, o Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE) põe em marcha mais uma plantação de espécies de árvores nativas em áreas afectadas pelos incêndios no concelho de Seia.

CISE promove plantações em áreas ardidas

A iniciativa insere-se no programa de protecção da floresta que o município de Seia está a promover por intermédio do CISE. Segundo informação autárquica, o programa tem por objectivos principais florestar áreas afectadas pelos incêndios e sensibilizar a população para a necessidade da conservação da floresta nativa, através da promoção da utilização de espécies folhosas menos susceptíveis ao fogo. Para o efeito, durante o último Outono e com a participação do Clube da Floresta do Agrupamento de Escolas Dr. Abranches Ferrão procedeu-se à recolha de sementes de árvores nativas da região, tais como o Carvalho-alvarinho, o Carvalho-negral e o Sobreiro.

A actividade insere-se no programa “Vamos reflorestar a serra” iniciada no Inverno 2005/2006. Pretende-se assim, e aproveitando a iniciativa anterior, proceder a sementeiras/plantações de parte destas sementes em áreas do concelho de Seia que tenham sido afectadas pelos incêndios durante os últimos anos.

Outro objectivo passa por envolver a população e comunidade escolar num projecto demonstrativo e com efeitos práticos para a conservação da natureza. Trata-se, segundo a autarquia, de “um meio extremamente eficaz de sensibilização”.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …