CLDS de Tábua promoveu terceira edição do Concurso de Ideias “Tábua de Sabores”

O Contrato Local de Desenvolvimento Social Tábua Caminha em Rede promoveu, no passado dia 8 de março, a terceira edição do concurso de ideias Tábua de Sabores.

A primeira edição, realizada em 2012, elegeu as Delícias de Tábua, da Pastelaria “Nova Flor”, como o doce típico do concelho. No ano passado, o concurso de ideias foi dirigido às sopas, tendo saído como vencedora a “Sopa Farta Brutos”. Uma vez que o restaurante vencedor da edição passada encerrou as suas funções no concelho de Tábua, a equipa do CLDS, em consonância com o júri, decidiu reatribuir o primeiro lugar, no passado sábado, ao restaurante classificado em segundo lugar. Deste modo , atualmente, a sopa típica do concelho de Tábua é a “Sopa Caseira”, do Snack Bar “O Tileira”, sediado na Catraia de Mouronho.

Destinado às empresas de restauração do concelho, convidaram-se, uma vez mais, todos os restaurantes e snack bares, num total de 21 entidades, para participarem neste terceiro concurso. O desafio que lhes foi lançado passava por prepararem um prato original, que tivesse como ingrediente principal a carne de ovelha, produto tipicamente tabuense.

Três empresas, oriundas de duas freguesias do concelho, aceitaram o desafio de criar um prato de carne de ovelha. A Pizzaria “Papo Seco”, sediada em Tábua, concorreu com a “Pizza do Caçoilo”. O Restaurante “O Mercado”, também de Tábua, apresentou a concurso o “Prato do Pucarinho”, servido em taxo de barro preto. O Restaurante “A Paparoca na Adega do Vieira”, estabelecimento localizado em Midões, fez-se representar pelo “Prato Beirão”.

Cada prato a concurso foi avaliado por um júri e pontuado individualmente, por cada elemento do júri, numa escala de 0 a 5, tendo em conta os critérios de apresentação, designação do prato, degustação, originalidade, viabilidade de comercialização, inclusão de produtos endógenos.

O vencedor foi o “Prato Beirão”, da autoria do Restaurante “A Paparoca na Adega do Vieira”. Trata-se de um rodízio de carne de ovelha, onde se podem degustar as mais diversas formas de confecionar este produto, nomeadamente os tacos de ovelha, os flaminguitos de ovelha, os pinchos de ovelha, os pimentos recheados de ovelha, a ovelha assada no forno e a ovelha estufada.

No final desta terceira edição fica composto o menu tabuense, com a “Sopa Caseira”, o “Prato Beirão” e as “Delícias de Tábua”, sugerindo-se que possam ser acompanhados pelo Vinho do Dão e pelo Queijo da Serra, produtos também característicos deste concelho beirão.

O CLDS Tábua, que tem como entidade promotora o Município de Tábua, como entidade coordenadora local da parceria a Santa Casa da Misericórdia de Tábua e como entidade gestora o ISS, I.P congratula-se com esta iniciativa que, uma vez mais, conseguiu promover o espírito empreendedor e de inovação dos participantes.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …