Clube Seita lamenta acidente ocorrido no “Downtown” com jovem espectador

“Não sou contra o Downtown, só apelo à segurança do público. O meu filho João Nuno foi barbaramente atropelado por um ciclista e teve que levar 16 pontos num braço. Atenção à segurança…”, escreveu o pai do jovem acidentado, Jorge Costa, na secção de comentários deste diário digital.

Em reacção a este comentário de um leitor identificado, o Clube Seita refere ter considerado “em conjunto com a entidade federativa que as medidas de segurança utilizadas no traçado estavam ao nível para um evento deste género, mas não deixa de lamentar a ocorrência. “Lamentamos o sucedido e tomaremos em boa conta o apelo que faz para as condições de segurança, que no nosso entender eram as suficientes, mas que numa próxima realização iremos reforçar. Aproveitamos para enviar votos de rápidas melhoras para o João Nuno e lamentar mais uma vez o sucedido”, salienta o Clube Seita na mesma nota de imprensa.

O Clube que organizou esta prova conjuntamente com a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, não deixa no entanto de apelar ao bom senso do público que assiste a este tipo de eventos. “Não obstante no nosso entender todas as medidas de segurança estarem cumpridas, durante os treinos e durante a prova alertámos várias vezes através do sistema de som para a deficiente colocação de algum público, pois numa prova deste género, onde como compreende não podemos ter um comissário de pista para cada assistente e os atravessamentos são uma constante, os acidentes podem acontecer”, acrescenta a direcção do prestigiado clube oliveirense naquela nota de imprensa.

LEIA TAMBÉM

Gouveia recebe Campeonato Mundial Trial de motos

O Parque da Senhora dos Verdes, em Gouveia, vai receber, entre os dias 23 e …

Luís Mota voltou a vencer as 100 milhas do Oh Meu Deus – Ultra Trail Serra da Estrela

O atleta Luís Mota, do Clube do Benfica de Abrantes, venceu as 100 milhas do …