CM do Carregal do Sal indignada com redução de funcionamento do centro de saúde

CM do Carregal do Sal indignada com redução de funcionamento do centro de saúde

A Câmara de Carregal do Sal contestou hoje a redução do horário de funcionamento do centro de saúde por considerar que prejudica os munícipes “no acesso próximo aos cuidados de saúde primários”. A autarquia, em comunicado, diz ter ficado a saber na sexta-feira que o novo horário será praticado a partir de dia 15, “penalizando a prestação de serviços aos utentes em cerca de duas horas por dia útil e quatro horas por dia aos fins-de-semana e feriados”.

O centro de saúde passará a estar aberto entre as 8h00 e as 18h00 nos dias úteis e entre as 9h00 e as 17h00 aos sábados, domingos e feriados. A Câmara, “de imediato, diligenciou contactos para inverter tal situação”, tendo abordado o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Dão Lafões.

Na resposta, o responsável do ACES confirmou a redução do horário e prometeu, “na medida do possível e até ao final do corrente ano”, tentar retomar o anterior. O director executivo do ACES Dão Lafões, Luís Soveral Botelho, explica que a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Carregal do Sal dispõe de cinco médicos, um dos quais em permanência na extensão de Cabanas de Viriato.

“A manutenção deste horário de funcionamento traduz-se em desgaste para todos os profissionais da UCSP de Carregal do Sal, designadamente para os médicos que aí prestam serviço, que, desde o mês de agosto de 2014, vêm manifestando claros sinais de fadiga”, explica, adiantando que “a manutenção do horário de funcionamento implicaria o reforço da equipa com a entrada de mais um médico, o que não se tem afigurado possível até ao momento”.

“A opção disponível passaria ou pelo encerramento (temporário) da extensão de saúde de Cabanas de Viriato ou pela reformulação (também temporária) do horário de funcionamento. Foi esta última via a ser seguida”, acrescenta.

A Câmara repudia, mesmo assim, esta situação e garante que “vai continuar a envidar todos os esforços para que os seus munícipes continuem a poder utilizar os serviços de saúde nos horários em vigor”.

 

LEIA TAMBÉM

GNR deteve traficante de droga em Celorico da Beira

O Núcleo de Investigação Criminal da Guarda da GNR deteve um homem com 54 anos …

Um morto em Viseu devido a acidente

Um homem de 35 anos morreu ontem à noite na sequência de um acidente na …