CM Oliveira do Hospital investe 150 mil euros em obras para o Call Center da Altice

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital celebrou ontem um contrato no valor de cerca de 150 mil euros para as obras que vão alterar e adaptar as instalações do Mercado Municipal de Oliveira do Hospital ao pleno funcionamento do Call Center da Altice. As obras, entregues por ajuste directo à Construtora Santovaiense – Construção Civil e Obras Públicas, Lda, devem estar concluídas no final de Janeiro do próximo ano.

O objectivo é dotar das condições necessárias o espaço utilizado pela Randstad que fornece serviços multinacional francesa que é proprietária da Meo. Até ao fim deste ano deverá dar trabalho a cerca de 50 colaboradores, prevendo a autarquia que no futuro possa chegar às duas centenas. A empresa, recorde-se, começou a operar em Oliveira do Hospital em 25 de Outubro, contando no imediato com cerca de 30 operadores e 70 formandos.

A autarquia anunciou também ontem que contratualizou, igualmente por ajuste directo à empresa PM Amaro, construções LDA, a empreitada de Execução de Silos e Muretes no perímetro do terreno do Estaleiro Municipal. A obra que representa um investimento de 43,199 mil euros tem também o prazo de conclusão previsto para o final de Janeiro.

Estas obras juntam-se a um conjunto de empreitadas contratualizadas em Novembro, num valor total de cerca de 789 mil euros. Neste grupo, encontram-se, entre outras, duas obras ligadas às ruínas romanas da Bobadela, como a Empreitada de Requalificação e Refuncionalização da Casa Amarela para Centro de Investigação e Promoção da Cidade Romana de Bobadela e ainda as obras de Musealização do Centro de Acolhimento e Interpretação e da Casa Paroquial – Musealização do Centro de Acolhimento e Interpretação de Bobadela.

LEIA TAMBÉM

CDS/PP pede ao Governo conclusão do IC6 até Oliveira do Hospital e construção do IC7 e IC37

O grupo parlamentar do CDS-PP recomendou ontem ao Governo a conclusão do Itinerário Complementar 6 …

Mistério do consumo de mais de 1300 litros de água por dia em casa desabitada em Andorinha continua e proprietários ainda não sabem se vão ter ou não de pagar

Câmara Municipal de Oliveira do Hospital facturou menos 40 mil euros de água para não onerar vítimas dos incêndios

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital facturou no último mês de Outubro menos 38.133 …