Colheita para ajudar Gustavo Martins arranca domingo em Oliveira do Hospital

 

É já no próximo domingo, 20 de novembro, que os oliveirenses e demais interessados vão ter a oportunidade de contribuir para a resolução do problema de saúde – aplasia medular – que afeta o filho do jogador de Oliveira do Hospital, que se encontra ao serviço da seleção nacional Carlos Martins, e que hoje mesmo completa três anos de idade.

A colheita de sangue destinada a encontrar um dador compatível com o pequeno Gustavo Martins, estava inicialmente marcada para 3 de dezembro, mas foi antecipada com o objetivo de acelerar o processo de colheita e multiplicar o número de potenciais dadores, já que se mantém igualmente aquela data para a realização de uma segunda recolha.

A ação de colheita que resulta da união de esforços entre a Fundação Aurélio Amaro Dinis, Arcial e Câmara Municipal de Hospital vai decorrer no Hospital da FAAD a partir das 09h00 sob orientação de dois técnicos do Centro de Histocompatibilidade do Centro.

Com capacidade para efetuar um milhar de colheitas, a ação – as inscrições podem ser efetuadas através do número 238 600 284 – vai contar com toda a equipa de enfermagem do hospital da FAAD que voluntariamente se associou a esta causa.

Através da participação nesta ação, os dadores solidarizam-se e contribuem para que o drama que afeta a família de Carlos Martins seja ultrapassado e, ao mesmo tempo, beneficiam todos os doentes afetados com a doença ou outras do mesmo foro.

Entretanto, também no dia 26 de novembro decorrerá uma ação nacional de recolha de medula óssea, nos três centros de histocompatibilidade do país, com sede em Lisboa, Porto e Coimbra.

Tornado público na passada terça-feira, no final do jogo entre Portugal e a Bósnia, o problema de saúde que afeta o pequeno Gustavo está a gerar crescentes ondas de solidariedade que ganham cada vez maior expressão nas redes sociais.

Desde meio da manhã de hoje foram mais de 20 mil utilizadores do facebook que se associaram à causa do pequeno Gustavo. Neste momento, o espaço “Vamos ajudar o Gustavo” que apela à mobilização de todos, na procura de uma medula óssea compatível, já conta com 93 648 seguidores. “Ajudem o Gustavo a marcar este golo” é o desafio lançado.

LEIA TAMBÉM

Feridos nos fogos que afectaram Oliveira do Hospital estão isentos de taxas moderadoras e têm medicamentos gratuitos

As vítimas dos incêndios de Junho e de Outubro do ano passado, que afectaram, entre …

Problemas nos pés podem aumentar durante a gravidez. Autor: Francisco Oliveira Freitas

Durante o período de gestação, o aumento do peso corporal pode alterar a forma como …