A funcionar desde o dia 2 de Janeiro deste ano, o lar de idosos de Ervedal da Beira vai ser inaugurado na próxima terça-feira, 20 de Maio, numa cerimónia que contará com a participação do Bispo de Coimbra Albino Cleto.

Com 40 utentes, Lar de Ervedal da Beira vai ser inaugurado dia 20 de Maio

Imagem vazia padrão

 

Ao correiodabeiraserra.com, o padre Luís Costa explicou que para terça-feira foi definido um programa que ocupa todo o dia, sendo que a inauguração tem hora prevista para as 11h30, depois da celebração da eucaristia. O director do Centro Social e Paroquial de Ervedal da Beira já deu como confirmada a presença de entidades locais, mas disse ainda não ter tido qualquer resposta por parte do Governo.

No quinto mês de actividade, o lar de Ervedal da Beira dá resposta a 40 utentes, mas pretende a breve prazo poder chegar aos 45 e, mais tarde aos 50, fazendo uso total da sua capacidade física. Pese embora o número significativo de utentes institucionalizados, esta Instituição Particular de Solidariedade Social sente a pressão de uma longa lista de espera. Explicou contudo que alguns casos não são para entrada imediata, mas que “há uns quatro ou cinco utentes para entrada urgente e que deverão ser institucionalizados na próxima vaga”.

Do lado do governo, o Lar de idosos de Ervedal da Beira conta apenas com uma dúzia de acordos de cooperação, embora Luís Costa espere ainda este ano ver esse número aumentado.

O investimento de um milhão e 300 mil euros está a ser suportado pela IPSS – contraiu empréstimo com a Caixa de Crédito – que também contou com o apoio de 150 mil euros cedido pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, e de 100 mil euros oferecidos pelo empresário e benemérito António dos Santos Lopes. Para além disso, foi significativo o envolvimento da comunidade local na angariação de fundos para que a nova resposta social se tornasse realidade naquela que era considerada como uma zona “totalmente a descoberto”: a Cordinha.

O novo edifício prolonga as instalações do Centro de Dia e ocupa o edifício do Solar Marquês Sá da Bandeira, pertença da Câmara Municipal que cedeu o direito de superfície àquela IPSS para o fim explícito de lar de idosos. Dotado de 28 quartos, quatro salas de convívio, áreas de serviço, consultório médico, lavandaria, gabinetes de acção social e administrativos, uma cozinha e refeitório com capacidade para dar resposta a 90 pessoas, o novo lar de idosos do concelho é – segundo Luís Costa – um equipamento de referência.

Para além do apoio a idosos, a nova valência do Centro Social e Paroquial de Ervedal da Beira contribuiu para a empregabilidade na Cordinha. No total, foi criada mais uma dezena de postos de trabalho, com a particularidade de os mesmos serem ocupados por pessoas da Cordinha.

LEIA TAMBÉM

“O presidente diz que Oliveira está na moda. Adarnela só se for na moda da idade da pedra. Não tem água, nem saneamento”

Quem chega a Adarnela, no concelho de Oliveira do Hospital encontra uma localidade dividida entre …

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …