Cintia Machado

Comer bem e barato é possível. Autora: Cíntia Machado

Há quem pense que uma alimentação equilibrada fica cara e que o peixe é um luxo inacessível para orçamentos mais reduzidos. Apesar de a proteína do peixe ser muito mais benéfica para a saúde do que a da carne, nem todas as famílias a incluem regularmente na lista de compras, por acharem que fica cara. Não é assim!

Para ter refeições de peixe, saborosas e nutritivas, não precisa de gastar uma fortuna. Aliás, ao contrário das ideias feitas que existem, os peixes mais baratos, disponíveis no mercado e capturados no nosso mar, como a cavala, o carapau ou a sardinha, são os mais benéficos para a saúde. São muito ricos em ácidos gordos polinsaturados, como os Ómega 3 e Ómega 6, substâncias muito importantes para a saúde, sobretudo ao nível do sistema circulatório e imunitário.

O peixe congelado é outra opção para refeições económicas e saudáveis, pois é mais acessível que a maioria do pescado fresco, tem os mesmos valores nutricionais e está sempre pronto a preparar. A descongelação é um processo e deve-se, de preferência, descongelar na embalagem de compra, no frigorífico. Não sendo possível, pode-se usar o micro-ondas ou optar pela cozedura sem previamente descongelar, em alguns casos.

Temos também que falar nas conservas portuguesas, acessíveis e versáteis, com que rapidamente se prepara uma refeição para toda a família, a preços controlados. O bacalhau é outra boa opção para cortar nos custos, mas não no sabor. Dependendo do seu tamanho, existe no mercado a preços acessíveis, e é um fiel amigo para a saúde e para a carteira.

Ou seja, o pescado proporciona refeições completas, do ponto de vista nutricional, e com elevados benefícios para a saúde e para a manutenção de um peso saudável. Claro que o peso calórico de uma refeição com peixe depende muito do modo de confeção. Deve-se privilegiar os cozidos, grelhados e, sempre que se adicionar gordura, o azeite deve ser a escolhida!

Já sabe, é possível comer bem e barato. Se procura uma alimentação equilibrada, corte nas calorias, mas não desista do sabor! Descubra tudo aquilo que o mar lhe oferece. Vá ao mercado e deixe-se tentar por um peixe diferente. Na secção de congelados, descubra as novidades! E lembre-se que não há só conservas de atum e sardinha!

Cintia Machado Autora: Cíntia Machado

LEIA TAMBÉM

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …

Deixar de fumar é possível com ajuda médica. Autora: Sandra Saleiro

Atualmente, quase dois milhões de portugueses continuam a fumar. Segundo dados da Organização Mundial de …