Comerciantes queixam-se de iluminação natalícia em abaixo-assinado

… como forma de protesto contra a deficiente iluminação natalícia que ali foi colocada pela Câmara Municipal. O abaixo-assinado que se encontra a circular pelos cerca de 40 estabelecimentos comerciais existentes na referida rua deverá ser amanhã remetido, via CTT, para o presidente da autarquia.

Já subscrito por cerca de metade dos lojistas, o abaixo-assinado foi o meio escolhido pelos comerciantes para manifestarem o “seu profundo desagrado” pelo facto de a Rua Professor António Ribeiro Garcia de Vasconcelos “não ter sido, mais uma vez, contemplada com iluminação natalícia condigna”. Os comerciantes queixam-se de o mesmo não acontecer noutras ruas da cidade, “algumas das quais com menos dinamismo e protagonismo comercial”.

Ao correiodabeiraserra.com alguns comerciantes já signatários revelaram-se concordantes com a medida que partiu de um grupo restrito de lojistas. “Isto é que é iluminação de Natal?” questionou uma lojista apontando o dedo a uma “fraca iluminação” que já foi colocada em algumas árvores da referida rua. A este diário digital, referiram ainda que a situação que se está a assistir este ano não é nova, porque tem acontecido o mesmo em anos anteriores. “Não estamos habituados a ter uma boa iluminação”, referiu outra lojista que, à semelhança dos restantes comerciantes preferem dar voz ao grupo e não em nome individual.

No abaixo-assinado – alguns comerciantes defendem que já deveria ter sido feito em anos anteriores – os lojistas lembram a importância da rua onde estão localizados, que conta com cerca de 40 espaços comerciais e é uma das principais entradas da cidade.

Os signatários do documento dizem estar perante um facto “discriminatório e potencialmente prejudicial”, já que – como sustentam – todos contribuem “de forma igual para os cofres da autarquia”.

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

O “Ciclone de Fogo” varreu aquela noite que o foi de (quase) todos os medos… Autor: João Dinis, Jano

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …