Concurso de requalicação do IP3 deve avançar ainda este ano

O ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, disse hoje, na Assembleia da República, que o primeiro concurso para a requalificação do Itinerário Principal 3 (IP3), entre Viseu e Coimbra, deverá ser lançado este ano. O governante reafirmou a solução de aumentar o “número de faixas, onde tecnicamente for possível”, da infra-estrutura, sem “colocar portagens, sem onerar as populações” e que “tudo será feito” para que o primeiro concurso de obra deste projecto de requalificação “seja lançado este ano”.

O ministro explicou que as várias soluções que foram equacionadas para a estrutura, como uma “auto-estrada, com impactos ambientais seríssimos”, ou “acabar com o IP3 e a alternativa não portajada”. Por isso, foi decidido avançar com uma verba até 140 milhões de euros, do Orçamento do Estado, para a requalificação, incluindo o “traçado mais sensível na zona da Livraria do Mondego”.

O ministro reafirmou o objectivo de dotar o IP3 de perfil de auto-estrada, sempre que possível, sendo que a “ideia é fazer requalificação integral da via”. O ministro garantiu ainda não estarem a ser transferidas verbas  dos fundos comunitários das regiões de coesão, até porque seria contra os regulamentos

 

LEIA TAMBÉM

Acidente no IP3 provoca duas mortes, dois feridos e corte da via nos dois sentidos

Um acidente entre dois veículos ligeiros, seguido do despiste de um pesado e de um …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve traficantes em Coimbra

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, electricista e com 29 anos, em Coimbra, por …