Condutores apanhados ao telemóvel enquanto conduzem aumentou assustadoramente

A GNR registou, em 2015, quase 29 mil infracções cometidas por pessoas que conduziam enquanto falavam ao telemóvel. Estes números traduzem-se num aumento de quase 30 por cento relativamente ao ano anterior. Os números são assustadores. “As pessoas não têm a real percepção da gravidade de usar o telemóvel enquanto conduzem”, disse ao jornal I, o major Marco Cruz.

“Os factores de risco estão identificados”, sublinhou a mesma fonte, garantindo que ainda assim “a fiscalização mais direccionada e mais assertiva que a GNR tem desenvolvido tem contribuído para a redução do número de vítimas”.

O jornal I explica que 31 por cento dos condutores escrevem SMS enquanto conduzem, uma prática que prejudica a atenção e os reflexos dos condutores, transformando os mais jovens em idosos de 70 anos. Só o facto de falar ao telemóvel enquanto se está ao volante aumenta 23 vezes a probabilidade de acidente.

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …

Subida de temperatura e risco elevado de incêndios no interior nos próximos dias

Onde de calor vai continuar, com as temperaturas a rondar os 30 graus

O calor vai continuar a fazer-se sentir no continente, com as temperaturas a rondar os …