Conselhos Executivos garantem: “está tudo a postos para o novo ano lectivo”

Amanhã dá continuidade ao ritual, à semelhança do que também vai acontecer nos restantes agrupamentos do concelho de Oliveira do Hospital. Contudo, é na segunda-feira, 15 de Setembro que o arranque do novo ano lectivo passa a ser oficial. Por parte das escolas: “está tudo a postos” e as expectativas “são as melhores”.

Por agora ultimam-se os preparativos para acolher os novos alunos e continuar a acompanhar os que se mantém na respectiva escola. A indicação dada ao correiodabeiraserra.com pelos conselhos executivos é de que será dada continuidade a todos os projectos existentes nas escolas, bem como aos clubes e actividades de apoio.

Os Cursos de Educação e Formação (CEF) assumem-se também como verdadeiras alternativas para alunos que não se revêem no percurso curricular regular, pelo que se nalgumas escolas se mantém os mesmos cursos, noutras assiste-se à abertura de novos cursos.

O ensino do Inglês, Educação Musical e Educação Física são as disciplinas que continuam a integrar as Actividades de Enriquecimento Curricular ao nível dos alunos do primeiro ciclo de ensino básico.

No Agrupamento de Escolas Brás Garcia de Mascarenhas – com um total de 1349 alunos – o novo ano lectivo vai ter cheiro a tinta fresca, já que a sede foi alvo de beneficiação na pintura. A curiosidade foi avançada pelo presidente do Conselho Executivo (CE), Luís Ângelo, que não deixou de se revelar apreensivo relativamente às obras que neste ano serão realizadas na EB1 da cidade. “As obras interferem sempre, mas esperamos que os incómodos sejam mínimos”, referiu ao correiodabeiraserra.com, acrescentando que, este ano, espera pela chegada de mais computadores ao abrigo do Plano Tecnológico, bem como pela colocação dos cartões magnéticos e sistema de videovigilância.

Destaque para o encerramento da EBI de Aldeia de Nogueira e para o encaminhamento dos 12 alunos para Nogueira do Cravo. Na contagem decrescente, Luís Ângelo assegurou que o “Agrupamento há já 15 dias que está preparado para o arranque”, ao mesmo tempo que referiu que todos os horários foram elaborados com o maior cuidado. Sublinhou, no entanto, que o novo ano deverá ser marcado por alterações, devido à entrada em vigor do novo modelo de gestão nas escolas.

Também nos Agrupamentos de Escolas da Cordinha (405 alunos), Lagares da Beira (300 alunos) e Vale do Alva (353 alunos), os jovens terão à sua disposição todo um conjunto de projectos, clubes e actividades de apoio, bem como os Cursos de Educação e Formação.

Continuam a ser privilegiadas as Tecnologias de Informação e Comunicação, destacando-se a preocupação das escolas em apetrechar as salas de aula com computadores, quadros interactivos e outros equipamentos, sublinhando-se contudo a parceria com o Plano Tecnológico posto em marcha pelo governo. Tome-se o exemplo do projecto “Cordinha Virtual” que vai ser dinamizado no Agrupamento de Ervedal da Beira por todos os alunos de cada ano e de cada turma.

“Tentamos sempre dar as melhores condições aos nosso alunos”, referiu Ernesto Gouveia presidente do CE de Lagares da Beira, destacando o facto de neste ano lectivo devido ao ajuste dos horários dos autocarros, já ter sido possível alargar o período lectivo até às 17h35. “Os nossos alunos já vão poder realizar mais actividades”, referiu.

“Estamos motivados e já temos pronta toda a organização do novo ano lectivo”, afiançou também Adelaide Calado, membro do CE do Agrupamento do Vale do Alva.

Decidido em manter activo o “binómio: sucesso educativo e reduzido abandono escolar”, o presidente do CE da Cordinha, Carlos Carvalheira, confessa que se “o novo ano for igual ao do ano passado já é muito bom”. Não deixou contudo de se mostrar reticente quanto à entrada em vigor do novo modelo de gestão das escolas.

Apesar das tentativas, o correiodabeiraserra.com não conseguiu até ao momento estabelecer um contacto com o conselho executivo da Secundária da cidade que reservou para amanhã a atribuição de medalhas aos alunos que concluíram aquele grau de ensino.

Também amanhã, a Eptoliva – Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil promove, no auditório da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo da cidade, uma cerimónia de recepção aos novos alunos. Na ocasião, será também apresentado o programa de incentivo ao Estudo e ao Mérito Escolar e entregues os prémios referentes ao último ano lectivo.

LEIA TAMBÉM

EPTOLIVA distinguida nos prémios Ciência na Escola

A EPTOLIVA (Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil) foi a escola da …

Os pais da exclusão… Autor: Renato Nunes

Biblioteca Nacional de Lisboa, 29 de Setembro de 2017. Depois de mais um dia de …